...
quarta-feira ,24 julho 2024
Home / Noticias / ABL tem última eleição do ano para escolha de imortal

ABL tem última eleição do ano para escolha de imortal

Repro­dução: © reprodução/Facebook

Dez candidatos concorrem à cadeira 2


Pub­li­ca­do em 16/12/2021 — 06:02 Por Alana Gan­dra — Repórter da Agên­cia Brasil — Rio de Janeiro

A  Acad­e­mia Brasileira de Letras (ABL) elege hoje (16), em sessão híbri­da no Petit Tri­anon, sede da insti­tu­ição, no Rio, o novo ocu­pante da cadeira 2 de seu quadro de mem­bros efe­tivos, vaga com a morte, no dia 9 de setem­bro deste ano, aos 93 anos, do filó­so­fo, pro­fes­sor e mag­istra­do Tar­cí­sio Padil­ha.

Con­cor­rem à sucessão dez can­didatos, entre eles duas mul­heres. Será eleito aque­le que alcançar a maio­r­ia abso­lu­ta dos votos. Os can­didatos são, por ordem de inscrição: Ser­gio Bermudes, Gabriel Chali­ta, Eduar­do Gian­net­ti da Fon­se­ca, Samia Mace­do, Antônio Helio da Sil­va, José Hum­ber­to da Sil­va Hen­riques, Eloi Ange­los Guio D’Aracosia, Jeff Thomas, José William Vavruk, Joana Rodrigues e Alexan­dre Figueire­do.

Após a votação, o novo pres­i­dente da ABL, jor­nal­ista Mer­val Pereira, pro­ced­erá à tradi­cional queima dos votos. Antes de Tar­cí­sio Padil­ha, ocu­param a cadeira 2 Coel­ho Neto (fun­dador), João Neves da Fon­toura, João Guimarães Rosa e Mário Palmério.

Esta é a quin­ta e últi­ma eleição deste ano de novos imor­tais da ABL. Nor­mal­mente, não teria ocor­ri­do todo esse movi­men­to, ou acú­mu­lo de eleições, em um mes­mo perío­do. Mas, em razão da pan­demia de covid-19, a ABL ficou sem suas sessões acadêmi­cas pres­en­ci­ais. Somente quan­do a insti­tu­ição voltou a ter as sessões no for­ma­to vir­tu­al, primeira­mente, e depois no modo híbri­do, é que os trâmites para ocu­pação das cadeiras pud­er­am ser retoma­dos.

Os novos imor­tais eleitos em 2021 foram a atriz Fer­nan­da Mon­tene­gro, para a cadeira 17, que foi do jurista Afon­so Ari­nos de Mel­lo Fran­co; o com­pos­i­tor e ex-min­istro da Cul­tura Gilber­to Gil, para a cadeira 20, ocu­pa­da ante­ri­or­mente pelo jor­nal­ista Muri­lo Melo Fil­ho; o cirurgião Paulo Niemey­er, para a cadeira 12, que per­tenceu ao críti­co literário Alfre­do Bosi; e o romancista e advo­ga­do José Paulo Cav­al­can­ti para a cadeira 39, do ex-vice-pres­i­dente da Repúbli­ca, Mar­co Maciel.

Edição: Graça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Dia do Amigo: relação é fundamental para a saúde mental, diz psicóloga

Repro­dução: © Marce­lo Camargo/Agência Brasil Especialistas ressaltam que ter amizades é importante desde a infância …