...
domingo ,21 julho 2024
Home / Esportes / Alessandro Rodrigo da Silva é prata no arremesso de peso F11

Alessandro Rodrigo da Silva é prata no arremesso de peso F11

Repro­dução: © Wan­der Roberto/CPB/Direitos Reser­va­dos

O paulista da classe de deficientes visuais chegou à marca de 13m89


Pub­li­ca­do em 30/08/2021 — 10:55 Por Pedro Peduzzi — Repórter da Agên­cia Brasil — Brasília

O Brasil obteve mais uma pra­ta nes­ta segun­da-feira (30) no atletismo na Par­alimpía­da de Tóquio 2020. Dessa vez, no arremes­so de peso Classe F11 (defi­cientes visuais), com Alessan­dro Rodri­go da Sil­va. O paulista de San­to André, que ficou cego dev­i­do a tox­o­plas­mose, con­seguiu faz­er um arremes­so de 13m89, dis­tân­cia super­a­da ape­nas pelo ira­ni­ano Mah­di Ola­di, que obteve a medal­ha de ouro com um arremes­so de 14m43.

Em 2019, Alessan­dro foi ouro no lança­men­to de dis­co e bronze no arremes­so de peso, durante o mundi­al de Dubai. Foi tam­bém ouro nes­sas duas modal­i­dades nos Jogos Para­pan-Amer­i­can­dos Lima 2019.

A coleção de medal­has de ouro do atle­ta inclui, ain­da, as obti­das no lança­men­to de dis­co do Mundi­al Lon­dres (2017) e dos Jogos Par­alímpi­cos Rio 2016; e dois ouros no arremes­so de peso e lança­men­to de dis­co dos Jogos Para­pan-Amer­i­canos de Toron­to, em 2015.

banner_toquio2021

Edição: Gus­ta­vo Faria

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Copa América: Brasil enfrenta Uruguai em busca de vaga nas semifinais

Repro­dução: © Vitor Silva/CBF/Direitos Reser­va­dos Partida será disputada a partir das 22h deste sábado (6) …