...
quarta-feira ,17 abril 2024
Home / Noticias / Aluno que esfaqueou colegas no Rio tinha acompanhamento psicológico

Aluno que esfaqueou colegas no Rio tinha acompanhamento psicológico

Repro­du­ção: © Tomaz Silva/Agência Bra­sil

Adolescente já mostrava comportamento agressivo e era atendido


Publi­ca­do em 06/05/2022 — 15:55 Por Ake­mi Nitaha­ra – Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

O ado­les­cen­te que agre­diu a faca­das três cole­gas de 14 anos den­tro da Esco­la Muni­ci­pal Bri­ga­dei­ro Edu­ar­do Gomes, na Ilha do Gover­na­dor, zona nor­te do Rio de Janei­ro, na manhã de hoje (6), já vinha apre­sen­tan­do com­por­ta­men­to agres­si­vo. Ele esta­va sen­do acom­pa­nha­do em um Cen­tro de Aten­ção Psi­cos­so­ci­al Infan­til (Cap­si) da pre­fei­tu­ra.

O jovem tam­bém ficou feri­do nas mãos e foi aten­di­do pelo Ser­vi­ço de Aten­di­men­to Móvel de Urgên­cia (Samu) no pró­prio colé­gio, onde ficou acom­pa­nha­do da Patru­lha Esco­lar e do Con­se­lho Tute­lar enquan­to aguar­da­va os pais.

A infor­ma­ção é do pre­fei­to, Edu­ar­do Paes, que este­ve na esco­la no fim da manhã e con­ver­sou com a dire­to­ria.

“Pare­ce que era uma cri­an­ça que já vinha apre­sen­tan­do alguns pro­ble­mas, mas a gen­te ain­da não tinha nenhu­ma posi­ção mais for­mal, ain­da tem que con­ver­sar com o pes­so­al da saú­de, ter mais infor­ma­ções. Gra­ças a Deus e à cora­gem de um pro­fes­sor, pare­ce que as cri­an­ças estão sem qual­quer ris­co, sem qual­quer peri­go”, dis­se Paes.

Os jovens foram leva­dos para o Hos­pi­tal Muni­ci­pal Evan­dro Frei­re. Segun­do o pre­fei­to, o jovem esta­va em uma cha­ma­da de vídeo no momen­to em que agre­diu os cole­gas e o celu­lar dele foi apre­en­di­do pela polí­cia.

“A infor­ma­ção que eu tenho é que ele esta­ria em uma cha­ma­da de vídeo, pare­ce que ele já tinha fei­to algu­ma auto­mu­ti­la­ção. Os pais dele esti­ve­ram aqui, a mãe e o padras­to. São aulas temá­ti­cas aqui, pare­ce que era um momen­to que eles esta­vam indo de uma aula para outra. O pro­fes­sor está pres­tan­do depoi­men­to, ago­ra vamos aguar­dar a inves­ti­ga­ção poli­ci­al”.

O dele­ga­do titu­lar da 37ª DP (Ilha do Gover­na­dor), Mar­cos Hen­ri­que con­fir­mou as infor­ma­ções do pre­fei­to.

“Eu con­ver­sei com a mãe dele, ele já vinha apre­sen­tan­do alte­ra­ção no com­por­ta­men­to, esta­va fazen­do tra­ta­men­to psi­co­ló­gi­co e hoje acon­te­ceu essa tra­gé­dia. Mas pelo que a gen­te foi infor­ma­do, as víti­mas estão fora de peri­go.”

Edi­ção: Maria Clau­dia

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasília (DF) 26-03-2024 Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, falando sobre a decisão da CCJ durante coletiva. Foto Lula Marques/ Agência Brasil

Lira critica Padilha; ministro reage com vídeo de Lula

Repro­du­ção: © Lula Marques/ Agên­cia Bra­sil Deputado fez declaração ao ser questionado sobre prisão de …