...
quinta-feira ,20 junho 2024
Home / Economia / Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil

Consumidores não pagarão mais porque bandeira está verde


Publi­ca­do em 21/06/2022 — 18:37 Por Well­ton Máxi­mo – Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia
Atu­a­li­za­do em 22/06/2022 — 07:07

A Agên­cia Naci­o­nal de Ener­gia Elé­tri­ca (Ane­el) apro­vou hoje (21) o novo rea­jus­te das ban­dei­ras tari­fá­ri­as, que inci­dem na con­ta de luz em caso de escas­sez hídri­ca ou qual­quer fator que aumen­te o cus­to de pro­du­ção de ele­tri­ci­da­de. Os aumen­tos irão de 3,2% a 63,7%, depen­den­do do tipo da ban­dei­ra.

Os aumen­tos não enca­re­ce­rão as con­tas de luz por­que, des­de abril, a ban­dei­ra tari­fá­ria está ver­de, quan­do não ocor­re cobran­ça adi­ci­o­nal. Os valo­res entra­rão em vigor em 1º de julho e serão revi­sa­dos em mea­dos de 2023.

Segun­do a Ane­el, a alta refle­te a infla­ção e o mai­or cus­to com as usi­nas ter­me­lé­tri­cas em 2022, aci­o­na­das em momen­tos de cri­se hídri­ca.

Con­fi­ra os novos valo­res das ban­dei­ras tari­fá­ri­as:

Ban­dei­ra ver­de: sem cobran­ça adi­ci­o­nal;
Ban­dei­ra ama­re­la: +59,5%, de R$ 1,874 para R$ 2,989 por megawatt-hora (MWh);
Ban­dei­ra ver­me­lha pata­mar 1: +63,7%, de R$ 3,971 para R$ 6,500 por megawatt-hora (MWh);
Ban­dei­ra ver­me­lha pata­mar 2: +3,2%, de R$ 9,492 para R$ 9,795 por megawatt-hora (MWh).

Des­de 16 de abril, vigo­ra no Bra­sil a ban­dei­ra ver­de, quan­do foi ante­ci­pa­do o fim da ban­dei­ra de escas­sez hídri­ca. Segun­do o Ope­ra­dor Naci­o­nal do Sis­te­ma Elé­tri­co (ONS), a ban­dei­ra ver­de será man­ti­da até dezem­bro, por cau­sa da recu­pe­ra­ção dos níveis dos reser­va­tó­ri­os das usi­nas hidre­lé­tri­cas no iní­cio do ano.

*Maté­ria alte­ra­da às 7h07 do dia 22/6 para cor­re­ção dos valo­res das ban­dei­ras tari­fá­ri­as

Edi­ção: Fábio Mas­sal­li

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Número de mortes por enchentes no RS aumenta para 176

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil Corpo não identificado foi encontrado em Venâncio Aires Publicado em …