...
quinta-feira ,25 julho 2024
Home / Esportes / Bia Haddad vai às oitavas na simples e avança nas duplas de Wimbledon

Bia Haddad vai às oitavas na simples e avança nas duplas de Wimbledon

Repro­dução: © Reuters/Dylan Martinez/Direitos Reser­va­dos

Parceria de Stefani também vence na estreia e volta a atuar no domingo


Pub­li­ca­do em 08/07/2023 — 22:32 Por Agên­cia Brasil — Rio de Janeiro

ouvir:

A tenista brasileira empla­cou neste sába­do duas vitórias seguidas no Torneio de Wim­ble­don, em Lon­dres (Inglater­ra). Na dis­pu­ta de sim­ples, a número 13 do mun­do avançou às oitavas de final ao emplacar um dup­lo 6/2 sobre a rom­e­na Sorana Cirstea (37), após 1h30 de jogo. Foi mais um tri­un­fo na lista de feitos históri­cos da paulis­tana de 25 anos neste ano. Hoje Bia encer­rou um jejum de 21 anos, des­de que o mineiro Andrè Sá se clas­si­fi­cou às oitavas na gra­ma lon­d­ri­na. Já entre as mul­heres, Bia se aprox­i­mou de façan­ha ain­da mais longín­qua, pro­tag­on­i­za­da por Maria Esther Bueno, pen­ta­cam­peã de Wimbledon:ela foi a últi­ma brasileira a avançar às quar­tas do torneio, em 1976. 

“Hoje eu ven­ci mais um jogo con­tra uma jogado­ra perigosa na quadra de gra­ma. Fiz um jogo muito con­sciente, muito firme. Saquei bem, con­segui devolver bem e fiz bons ralis de fun­do. Em relação ao tênis eu saio sat­is­fei­ta e prepara­da para seguir firme no torneio. Ain­da não sei quem vai ser a min­ha adver­sária. Vou ago­ra des­cansar, cuidar do cor­po e me preparar para a próx­i­ma roda­da,” disse a brasileira, que vol­ta à quadra na segun­da-feira (10) con­tra a cazaque Ele­na Rybak­i­na, em horário ain­da a ser definido pelos orga­ni­zadores do Grand Slam lon­dri­no.

Na sequên­cia da clas­si­fi­cação na chave de sim­ples, Bia voltou à quadra para a estreia nas duplas, ao lado da bielor­rus­sa Vic­to­ria Azaren­ka. As tenistas, campeãs em maio do Mas­ters 1000 de Madrid, levaram a mel­hor, por  2 sets a 0 (6/4 e 7/5), sobre a parce­ria da japone­sa Mako­to Ninomiya com a espan­ho­la Cristi­na Bucasa. Had­dad e Azaren­ka terão pela frente na segun­da roda­da a rus­sa Vera Zvonare­va e a alemã Lau­ra Siege­mu­nd. O due­lo está pre­vis­to para  segun­da (10).

Quem tam­bém estre­ou com pé dire­ito nas duplas foi a paulista Luisa Ste­fani, em parce­ria com a france­sa Car­o­line Gar­cia. Campeãs no mês pas­sa­do do WTA 500 de Berlim, as tenistas der­ro­taram as norte-amer­i­canas Ash­lyn Krueger e Caty McNal­ly por 6/3 7/6 (7/3). Ste­fani e Gar­cia voltam às 7h deste domin­go (9) para a segun­da roda­da con­tra a norte-amer­i­cana Tay­lor Towsend e a canadense Ley­lah Fer­nan­dez.

“Óti­ma estreia aqui, primeira vitória em Wim­ble­don. Muito feliz com o jogo. Uma que­bra no primeiro set e no segun­do fechamos bem no tie-break. Ago­ra, vamos para a próx­i­ma, pedreira con­tra a Ley­lah e Tay­lor, que enfrenta­mos em Roland Gar­ros. Vamos bus­car essa revanche, vamos pra cima. Valeu pela tor­ci­da”, disse Ste­fani, 14ª no rank­ing de duplas da Asso­ci­ação de Tênis Fem­i­ni­no (WTA na sigla em inglês).

Na sequên­cia, a par­tir das 8h20, a dupla da car­i­o­ca Ingrid Gamar­ra Mar­tins com a bielor­rus­sa Lidziya Maroza­va dis­putam a segun­da roda­da con­tra as rom­e­nas Ana Bog­dan e Jaque­line Cris­t­ian. Ingrid e Lidziya estrear­am com vitória na sex­ta (7) con­tra as britâni­cas Alice Bar­nett e Olivia Nicholls, por 2 sets a 0 (6/0 e 6/3).

Edição: Cláu­dia Soares Rodrigues

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasil fecha delegação para Paris 2024 com inédita maioria de mulheres

Repro­dução: © Divulgação/COB Gênero feminino engloba 55% dos 277 representantes do país nos Jogos Publicado …