...
sábado ,22 junho 2024
Home / Esportes / Brasil encerra Olimpíada com seu melhor desempenho de todos os tempos

Brasil encerra Olimpíada com seu melhor desempenho de todos os tempos

hebert_conceicao_boxe_toquio_ouro_no_olho (1)

Repro­du­ção: © Wan­der Roberto/COB/Direitos Reser­va­dos

Número de ouros iguala Rio. Total de medalhas é o maior na história


Publi­ca­do em 08/08/2021 — 12:25 Por Igor San­tos — Repór­ter da TV Bra­sil — Rio de Janei­ro

A cam­pa­nha bra­si­lei­ra na Olim­pía­da de Tóquio ter­mi­nou com a melhor per­for­man­ce do país em uma edi­ção de Jogos Olím­pi­cos. Por diver­sas óti­cas, o resul­ta­do no Japão repre­sen­tou um mar­co, um avan­ço cin­co anos após sedi­ar o even­to.

O qua­dro de meda­lhas mos­trou o Bra­sil em 12º lugar, melhor clas­si­fi­ca­ção na his­tó­ria. Em 2016, a posi­ção final do país foi 13º.

Segun­do o cri­té­rio de dis­tri­bui­ção de meda­lhas de acor­do com o nai­pe, o Bra­sil tam­bém supe­rou a cam­pa­nha em casa, até então a melhor em Jogos Olím­pi­cos. A dele­ga­ção con­quis­tou exa­ta­men­te a mes­ma quan­ti­da­de de ouros e pra­tas que há cin­co anos (sete ouros e seis pra­tas), mas obte­ve dois bron­zes a mais (oito a seis).

Estes dois bron­zes foram a dife­ren­ça tam­bém para regis­trar o mai­or núme­ro total de pódi­os do país em uma edi­ção olím­pi­ca. Foram 21, con­tra 19 no Rio.

“Entre­ga­mos o que tínha­mos como meta, que era supe­rar o Rio 2016. Estar em 12° lugar no mun­do, numa com­pe­ti­ção com 206 paí­ses, é um índi­ce impor­tan­te. Tenho con­vic­ção que o tra­ba­lho foi fei­to com mui­to gos­to, von­ta­de e deter­mi­na­ção. Entre­ga­mos o que tínha­mos como meta, e esta­mos satis­fei­tos com o resul­ta­do”, dis­se o pre­si­den­te do Comi­tê Olím­pi­co do Bra­sil (COB), Pau­lo Wan­der­ley, em entre­vis­ta cole­ti­va.

Além de uma quan­ti­da­de nun­ca antes vis­ta, mui­tas das con­quis­tas do Bra­sil repre­sen­ta­ram tam­bém fei­tos impres­si­o­nan­tes ou iné­di­tos.

Rebe­ca Andra­de, da ginás­ti­ca artís­ti­ca, foi a pri­mei­ra mulher bra­si­lei­ra a subir duas vezes no pódio em uma mes­ma Olim­pía­da (foi ouro no sal­to e pra­ta no indi­vi­du­al geral).

A ska­tis­ta Rays­sa Leal, de 13 anos, se tor­nou a meda­lhis­ta mais jovem da his­tó­ria olím­pi­ca do Bra­sil e a mais nova do mun­do des­de 1936. Ela foi pra­ta na pro­va do stre­et.

O tênis, com a dupla for­ma­da por Luí­sa Ste­fa­ni e Lau­ra Pigos­si, trou­xe o bron­ze, pri­mei­ra meda­lha olím­pi­ca da his­tó­ria da moda­li­da­de para o Bra­sil.

Em alguns casos, atle­tas bra­si­lei­ros par­ti­ci­pa­ram de momen­tos memo­rá­veis dos Jogos. Ali­son dos San­tos con­quis­tou o bron­ze nos 400 metros com bar­rei­ras, em uma pro­va em que os três pri­mei­ros colo­ca­dos supe­ra­ram o anti­go recor­de olím­pi­co.

No total, 13 moda­li­da­des dife­ren­tes meda­lha­ram para o país, outra mar­ca iné­di­ta.

Segun­do dados divul­ga­dos pelo COB, o inves­ti­men­to para a Mis­são Tóquio 2020 ultra­pas­sou os R$ 46 milhões. Ago­ra, as pre­mi­a­ções pelas meda­lhas che­ga­rão a R$ 4,6 milhões.

“Nos­sa pre­pa­ra­ção para Tóquio come­çou em 2013, com um cus­to total apro­xi­ma­do de R$ 65 milhões, sen­do R$ 46 milhões esse ano. Esse cus­to teve o impac­to do enfren­ta­men­to à pan­de­mia [de covid-19] e tam­bém uma vari­a­ção cam­bi­al de dólar e euro que trou­xe gran­de impac­to para a nos­sa orga­ni­za­ção. E nós temos entre­ga­do os resul­ta­dos espor­ti­vos. Foi assim no Pan de Lima, nos Jogos Mun­di­ais de Praia, em Doha, e foi assim em Tóquio”, reve­lou o dire­tor-geral do COB, Rogé­rio Sam­paio.

O Comi­tê Olím­pi­co tam­bém divul­gou que che­gou ao fim dos Jogos sem nenhum caso de Covid-19 na dele­ga­ção. Segun­do as infor­ma­ções do Comi­tê, dos 317 atle­tas que defen­de­ram o país em Tóquio, 303 rece­be­ram pelo menos uma dose da vaci­na con­tra a doen­ça e 259 rece­be­ram as duas.
banner_toquio2021

Edi­ção: Fábio Lis­boa

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Endrick decide e Brasil bate México em preparação para a Copa América

Repro­du­ção: © Rafa­el Ribeiro/CBF/Direitos Reser­va­dos Seleção brasileira joga mal, mas triunfa por 3 a 2 …