quarta-feira ,24 fevereiro 2021
Home / Esportes / Brasil será sede de competições pan-americanas de ginástica

Brasil será sede de competições pan-americanas de ginástica

Rio de Janeiro - Atletas da seleção brasileira de ginástica artística, categorias adulto e juvenil, treinam no Centro de Treinamento do Time Brasil, no Parque Olímpico. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
© Fernando Frazão/Agência Brasil (Reprodução)

Um dos torneios é classificatório aos Jogos Olímpicos de Tóquio


Publicado em 22/01/2021 – 12:38 Por Juliano Justo – Repórter da Tv Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo – São Paulo

O Campeonato Pan-Americano adulto de Ginástica Artística, Rítmica e de Trampolim e a Copa Pan-Americana de Clubes de Ginástica de Trampolim serão realizados no Brasil no mês de junho. A confirmação aconteceu nesta quinta-feira (21) através da União Pan-Americana de Ginástica (UPAG). A cidade-sede e as datas dos torneios ainda não foram definidas.
Anteriormente, o direito de organizar os eventos era da federação norte-americana, a USA Gymnastics. O plano era fazer as competições em Birmingham, no Alabama. Mas, nesta quinta-feira (21), os americanos abriram mão da prioridade de sediar os torneios e a presidente da Confederação Brasileira de Ginástica, Luciene Resende, confirmou a candidatura brasileira, que já havia sido apresentada em setembro de 2020. “É claro que a possibilidade de disputar em casa uma competição importantíssima, classificatória para a Olimpíada, é um trunfo muito valioso. Com a confirmação de que poderemos organizar a competição, estamos ainda mais confiantes de que poderemos assegurar vagas olímpicas para a Ginástica do Brasil”, disse Luciene.

CBG Ilona Peuker, Palestras, 2018nov23 | Foto: RicardoBufolin/CBG
Luciene Resende – Presidente da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) – Ricardo Bufolinrbufolin@hotmail (Reprodução)

O direito de sediar um evento como o Campeonato Pan-Americano, na avaliação de Luciene, tem um significado que transcende a teórica elevação das chances de classificação olímpica. “É sempre importante realizar grandes competições e divulgar ainda mais o nosso esporte. Isso é fundamental para atrairmos novos praticantes para a modalidade”, acrescenta a dirigente.

Edição: Marcio Parente

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

41451257424_082bc5024e_o

Troféu vivo e carbono zero: a vertente sustentável da Copa Verde

© Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados (Reprodução) Viés ambiental é peculiaridade da competição, que está na reta final …