...
quinta-feira ,25 julho 2024
Home / Esportes / Brasil vence Argentina e conquista o 33º título Sul-Americano de vôlei

Brasil vence Argentina e conquista o 33º título Sul-Americano de vôlei

Repro­dução: © William Lucas/Inovafoto/CBV

Seleção brasileira fez 3 sets a 1 na final realizada em Brasília


Pub­li­ca­do em 05/09/2021 — 15:36 Por Agên­cia Brasil — Rio de Janeiro

Após perder a medal­ha de bronze para os argenti­nos na Olimpía­da de Tóquio 2020, a seleção brasileira de vôlei mas­culi­no sen­tiu um gostin­ho de revanche na final do Campe­ona­to Sul-Amer­i­cano 2021. Na par­ti­da final real­iza­da em Brasília na man­hã deste domin­go (5), o Brasil venceu a Argenti­na por 3 sets a 1, com par­ci­ais de 25/17, 24/26, 25/18 e 25/18, e con­quis­tou o 33º títu­lo da com­petição.

Em votação real­iza­da no site da Con­fed­er­ação Brasileira de Volei­bol (CBV), o líbero Maique foi escol­hi­do pelo públi­co como o mel­hor jogador da final e ficou com o Troféu VivaVôlei.

“Sou muito elétri­co até no dia a dia e ten­to colo­car essa min­ha ale­gria den­tro de quadra para con­ta­giar o time. A ren­o­vação é sem­pre impor­tante e estou muito feliz com esse títu­lo. A sen­sação de estar na seleção e rep­re­sen­tar o nos­so país é inde­scritív­el. Quero agrade­cer a toda comis­são téc­ni­ca, aos jogadores e aos torce­dores por todo o apoio”, comem­o­rou Maique em entre­vista ao site da CBV.

O lev­an­ta­dor Brun­in­ho foi eleito o mel­hor jogador do Sul-Amer­i­cano. Ele falou sobre a con­quista, já pen­san­do no bom iní­cio do ciclo olímpi­co para Paris 2024.

“Sabe­mos da respon­s­abil­i­dade que é vestir a camisa da seleção brasileira e nos dedicamos muito para isso bus­can­do vencer sem­pre que é pos­sív­el. Foi uma con­quista muito impor­tante para dar moral aos mais jovens como o Vac­cari e o Adri­ano que foram muito bem. Começamos um novo ciclo com o pé dire­ito. O Brasil entra sem­pre para vencer e quan­do con­quis­ta­mos esse obje­ti­vo é muito bom”, disse Brun­in­ho.

O Campe­ona­to Sul-Amer­i­cano con­tou com as seleções do Brasil, Argenti­na, Chile, Colôm­bia e Peru. Ao chegar à final, brasileiros e argenti­nos garan­ti­ram vagas no Mundi­al de 2022, na Rús­sia.

Edição: Gus­ta­vo Faria

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Bia Haddad cai para Danielle Collins na terceira rodada de Wimbledon

Repro­dução: © Matthew Childs/Reuters/Proibida a Repro­dução Tenista brasileira cai de produção após paralisações por chuva …