sábado ,8 maio 2021
Home / Noticias / Caixa libera lote de auxílio emergencial para 206 mil pessoas

Caixa libera lote de auxílio emergencial para 206 mil pessoas

Saque do auxílio emergencial
Reprodução: © Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Quem teve pedido negado terá dez dias para contestar


Publicado em 27/04/2021 – 17:09 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Cerca de 206,1 mil trabalhadores informais que corrigiram informações no cadastro foram incluídos na nova rodada do auxílio emergencial, anunciou a Caixa Econômica Federal nesta terça-feira (27). Os contemplados receberão o benefício a partir de 16 de maio, junto com o pagamento da segunda rodada, quando serão creditadas duas parcelas nas contas poupança digitais.

Após a segunda parcela, esse público será incorporado ao calendário tradicional e receberá a terceira e a quarta parcelas nas datas estabelecidas. A relação dos beneficiados pode ser consultada no portal consultaauxilio.cidadania.gov.br, no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo telefone 111.

Segundo o Ministério da Cidadania, foram aprovados 206.126 novos benefícios. Desse total, 142.531 têm direito à cota de R$ 150 (pessoas que moram sozinhas), 39.719 receberão R$ 250 e 23.876 mulheres chefes de família que sustentam a casa sozinhas receberão R$ 375.

O trabalhador que teve o pedido processado, mas continuou com o benefício negado, terá dez dias para contestar a decisão.

Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Ouça a matéria da Radioagência Nacional

Edição: Nádia Franco

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasília, DF, Brasil: Antenas. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Movimento Antene-se une entidades para implementar tecnologia 5G

Anatel e MCom querem que municípios desburocratizem legislação Publicado em 04/05/2021 – 15:00 Por Pedro …