...
quarta-feira ,28 fevereiro 2024
Home / Entretenimento / Carnaval 2023: Bloco Chuchu Beleza presta tributo a carnavalescos que se foram

Carnaval 2023: Bloco Chuchu Beleza presta tributo a carnavalescos que se foram

Acer­vo (Eni)

O cuiqueiro Said (Luiz Carlos Santos ), passistas Dona Claudete e Dona Luciana,  Dona Nicinha na ala das baianas são o(a)s homenageados.

Publicado em 28/01/2023 — 13:30 Por Eni


O tem­po pas­sa, a vida muda, mas as pes­so­as espe­ci­ais que ador­me­cem na mor­te jamais são esque­ci­das.

Retorno de Marte
Zé Vitor e Tiago Braga — Voz de Tiago Braga


“Cadê Sayd cadê sua cuica
Nos alegrou em tantos carnavais
Partiu bem cedo antes do combinado
Saiu Sayd, saiu não voltou mais.

Chuchu beleza fez viagem para marte
Numa viagem que tanto sonhou
Levar o samba aos Ets e Marcianos
Infelizmente um ritmista não voltou
Também nossas passistas não voltaram
Dona Claudete e Dona Luciana
Que desfilavam com pompa alegria
Cadê Nicinha junto a ala das baianas.

Cadê Sayd cadê sua cuica…

A nave que levou nossos sambistas
Na volta tomou rumo ignorado
No pensamento ainda vejo eles sambando
Pareço estar sonhando acordado
Chuchu beleza quer prestar uma homenagem
Já faz dois anos que sentimos falta suas
Não chorem foliões não chorem não
Bateu saudade mais a vida continua”

O sam­ba Retor­no a Mar­te, assi­na­do por  Zé Vitor e Tia­go Bra­ga,   enre­do em home­na­gem  a car­na­va­les­cos do Blo­co Chu­chu Bele­za  que par­ti­ram. Ale­gria e des­con­tra­ção,  cos­tu­mam ser a tôni­ca dos des­fi­les.

Com des­ta­ca­da atu­a­ção pela pre­ser­va­ção do sam­ba  em Tocos do Moji, o músi­co e com­po­si­tor Zé Vitor, des­de 2010, vem ale­gran­do e con­ta­gi­an­do com seus sam­bas atra­vés do tem­po com suas letras que retra­tam o car­na­val  no  Blo­co Chu­chu Bele­za.

Em rit­mo de pré car­na­val, pas­sis­tas, rit­mis­tas e par­ti­ci­pan­tes apos­tam no suces­so des­te car­na­val.

Acer­vo (Eni) — Car­na­val 2010 — Ao cen­tro o músi­co e com­po­si­tor Zé Vitor a direi­ta o músi­co e comer­ci­an­te Val­mir

Zé Vitor ou sim­ples­men­te Zezi­nho, empla­cou, entre outros suces­sos os sam­bas:

Home­na­gem ao Zé da Car­ma —  Car­na­val 2010

Sam­ba enre­do —  (Tocos do Moji) — Car­na­val 2011

His­tó­ri­as que o povo con­ta — Car­na­val 2012

Rique­zas e Bele­zas Natu­rais — Car­na­val 2013

Reci­cla­gem e meio ambi­en­te — Car­na­val 2014

Chu­chu Bele­za brin­can­do de ser cri­an­ça,   traz a ale­gria e espe­ran­ça! — Car­na­val 2015

Chu­chu Bele­za traz o cir­co na  ave­ni­da —     Car­na­val 2016

Pra ver a Ban­da pas­sar  — Lira­to­cos­mo­ji­e­nen­se 90 anos de tra­di­ção — Car­na­val 2017

Tema cine­ma — Car­na­val 2018

Dez anos de Chu­chu Bele­za — Car­na­val 2019

Chu­chu Bele­za vai pra Mar­te  — Car­na­val 2020

Chu­chu Bele­za retor­no a Mar­te — Car­na­val 2023

                                                               

Acer­vo (Eni) — Car­na­val 2011 — O músi­co e com­po­si­tor Zé Vitor

Por (Eni)

Você pode Gostar de:

Chuvas no Rio de Janeiro 01

Governo agiliza ações para reduzir impacto das chuvas no estado do Rio

Repro­du­ção: © REUTERS / Ricar­do Moraes/Direitos Reser­va­dos Serão investidos R$ 4,3 bi em obras visando …