...
sexta-feira ,1 março 2024
Home / Saúde / Casos prováveis de dengue se aproximam de 400 mil no país em 2024

Casos prováveis de dengue se aproximam de 400 mil no país em 2024

Repro­du­ção: © Reuters/Paulo Whitaker/Direitos Reser­va­dos

Ministério da Saúde confirma 54 mortes neste início de ano


Publi­ca­do em 07/02/2024 — 22:38 Por Pedro Rafa­el Vile­la — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

O Bra­sil já regis­tra, ape­nas nes­te ano, um total de 392.724 casos pro­vá­veis de den­gue, de acor­do com núme­ros divul­ga­dos pelo Minis­té­rio da Saú­de nes­ta quar­ta-fei­ra (7). O minis­té­rio tam­bém con­fir­mou 54 mor­tes pela doen­ça no país. Outros 273 óbi­tos estão sen­do inves­ti­ga­dos para saber se são decor­ren­tes da den­gue.

De acor­do com o Pai­nel de Moni­to­ra­men­to do minis­té­rio, a popu­la­ção femi­ni­na repre­sen­ta 54,9% dos casos, enquan­to pes­so­as do sexo mas­cu­li­no somam 45,1%. Mais de 143,2 mil dos casos pro­vá­veis estão con­cen­tra­dos na popu­la­ção entre 30 e 49 anos de ida­de.

A explo­são de casos de den­gue em diver­sas regiões do país fez com que ao menos qua­tro esta­dos – Acre, Minas Gerais e Goiás –, além do Dis­tri­to Fede­ral, decre­tas­sem situ­a­ção de emer­gên­cia em saú­de públi­ca. O muni­cí­pio do Rio de Janei­ro tam­bém está em situ­a­ção de emer­gên­cia.

Esti­ma-se que o Bra­sil pode con­ta­bi­li­zar mais de 4,1 milhões de casos em 2024.

Com 135.716 casos pro­vá­veis, Minas Gerais é o esta­do com mais diag­nós­ti­cos da arbo­vi­ro­se. Em segui­da, apa­re­cem São Pau­lo (61.873), Dis­tri­to Fede­ral (48.657), Para­ná (44.200) e Rio de Janei­ro (28.327). Na aná­li­se do coe­fi­ci­en­te de inci­dên­cia por 100 mil habi­tan­tes, a capi­tal fede­ral lide­ra com 1.727,2 casos por 100 mil habi­tan­tes. Em segui­da estão Minas Gerais (660,8) e o Acre (539,1).

A gra­ve situ­a­ção vivi­da pelo DF deve fazer ante­ci­par o iní­cio da vaci­na­ção para esta sex­ta-fei­ra (9), infor­mou o gover­no local. A capi­tal fede­ral vai rece­ber um total de 194 mil doses da vaci­na.

Em todo o país, as doses estão sen­do dis­tri­buí­das para 521 muni­cí­pi­os sele­ci­o­na­dos pelo Minis­té­rio da Saú­de para ini­ci­ar a vaci­na­ção na rede públi­ca. As cida­des com­põem um total de 37 regiões de saú­de que, segun­do a pas­ta, são con­si­de­ra­das endê­mi­cas para a doen­ça. Serão vaci­na­das cri­an­ças e ado­les­cen­tes de 10 a 14 anos de ida­de, fai­xa etá­ria que con­cen­tra mai­or núme­ro de hos­pi­ta­li­za­ções por den­gue, atrás ape­nas dos ido­sos.

Em pro­nun­ci­a­men­to à nação na noi­te des­sa ter­ça-fei­ra (6), a minis­tra da Saú­de, Nísia Trin­da­de, fez um ape­lo para que a popu­la­ção ado­te cui­da­dos para evi­tar a pro­li­fe­ra­ção de cri­a­dou­ros do mos­qui­to trans­mis­sor da den­gue den­tro de casa. Segun­do a minis­tra, 75% dos focos estão loca­li­za­dos nas resi­dên­ci­as.

arte dengue

Repro­du­ção: Arte/Agência Bra­sil

Edi­ção: Mar­ce­lo Bran­dão

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Mortes por dengue chegam a 113 no país; 438 óbitos são investigados

Repro­du­ção: © Fabio Rodri­gues-Poz­ze­bom/ Agên­cia Bra­sil Dados foram atualizados nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde …