...
sábado ,13 abril 2024
Home / Noticias / Cidades serranas do Rio alertam população para chegada de temporal

Cidades serranas do Rio alertam população para chegada de temporal

Repro­du­ção: © Fer­nan­do Frazão/Agência Bra­sil

Municípios foram cenários de tragédias em anos anteriores


Publicado em 21/03/2024 — 17:38 Por Agência Brasil — Rio de Janeiro

ouvir:

As três mai­o­res cida­des da região ser­ra­na do Rio de Janei­ro — que já foram cená­rio de tra­gé­di­as cau­sa­das por chu­vas inten­sas em anos ante­ri­o­res — anun­ci­a­ram medi­das de pre­ven­ção ao tem­po­ral que está pre­vis­to para atin­gir todo o esta­do entre esta quin­ta-fei­ra (21) e o domin­go (24).

Com a che­ga­da das chu­vas, o Cen­tro Naci­o­nal de Moni­to­ra­men­to e Aler­tas de Desas­tres Natu­rais (Cema­den) man­tém o aler­ta de ris­co de des­li­za­men­tos, inun­da­ções e enxur­ra­das para o esta­do.

Teresópolis

A cida­de de Tere­só­po­lis anun­ci­ou que as aulas nas esco­las públi­cas estão sus­pen­sas nes­ta sex­ta-fei­ra (22) e reco­men­dou que a rede par­ti­cu­lar faça o mes­mo. Segun­do o pre­fei­to, Vini­cius Claus­sen, há 23 mil alu­nos nas 100 esco­las muni­ci­pais da cida­de.

O muni­cí­pio mon­tou um gabi­ne­te de cri­se pre­ven­ti­vo e fez ori­en­ta­ções aos mora­do­res de áre­as de ris­co. A cida­de tem 25 sire­nes de aler­ta em 16 comu­ni­da­des, e a reco­men­da­ção é que os mora­do­res que não tenham outros locais para se abri­gar bus­quem os pon­tos de apoio da Defe­sa Civil.

O prin­ci­pal pedi­do do pre­fei­to, porém, foi para que os mora­do­res de áre­as de ris­co bus­quem a casa de um fami­li­ar em área segu­ra para se abri­gar antes mes­mo do iní­cio das chu­vas.

“Se você mora em áre­as de ris­co, pro­cu­re se abri­gar na casa de fami­li­a­res até domin­go”, dis­se o Claus­sen.

Nova Friburgo

A cida­de de Nova Fri­bur­go tam­bém anun­ci­ou a sus­pen­são das aulas des­ta sex­ta-fei­ra (22) na rede públi­ca e esten­deu a reco­men­da­ção à rede pri­va­da. A medi­da foi ado­ta­da por­que vári­as uni­da­des esco­la­res são pon­tos de apoio em caso de emer­gên­cia e tam­bém para garan­tir a flui­dez do trân­si­to.

Segun­do a pre­fei­tu­ra, todos os pon­tos de apoio já estão sen­do abas­te­ci­dos com itens de higi­e­ne, lim­pe­za, dor­mi­tó­rio e ali­men­ta­ção. “Todos os veí­cu­los de ser­vi­ços e socor­ros estão abas­te­ci­dos para atu­a­rem, caso neces­sá­rio”, acres­cen­ta.

Petrópolis

A Defe­sa Civil Muni­ci­pal de Petró­po­lis ori­en­ta que a popu­la­ção que resi­de em áre­as de ris­co de des­li­za­men­tos fique aten­ta aos sinais de solo enchar­ca­do. Entre eles, estão racha­du­ra no solo, muros ou pare­des embar­ri­ga­dos e árvo­res ou pos­tes incli­na­dos.

O muni­cí­pio afir­ma que as equi­pes ope­ra­ci­o­nais da Defe­sa Civil foram refor­ça­das, as linhas emer­gen­ci­ais foram ampli­a­das e as equi­pes de moni­to­ra­men­to e comu­ni­ca­ção seguem acom­pa­nhan­do a evo­lu­ção do cená­rio para atu­a­li­zar a popu­la­ção da for­ma mais céle­re e ante­ci­pa­da pos­sí­vel.

“Em caso de ven­tos for­tes, a ori­en­ta­ção é fechar bem jane­las e por­tas, não esta­ci­o­nar veí­cu­los ou ficar pró­xi­mo de árvo­res, tor­res de trans­mis­são e pla­cas de sina­li­za­ção”, afir­ma tex­to publi­ca­do nas redes soci­ais.

Edi­ção: Líli­an Beral­do

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

BNDES abre concurso em 2024 para 150 vagas de nível superior

Repro­du­ção: © Fer­nan­do Frazão/Agencia Bra­sil Edital deve ser divulgado no segundo semestre Publicado em 09/04/2024 …