...
quarta-feira ,19 junho 2024
Home / Noticias / Comporta é aberta para escoar água do centro de Porto Alegre

Comporta é aberta para escoar água do centro de Porto Alegre

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil

Medida facilita retorno de águas do Guaíba ao leito natural


Publicado em 17/05/2024 — 18:44 Por Daniella Almeida — Repórter da Agência Brasil — Brasília

O Depar­ta­men­to Muni­ci­pal de Água e Esgo­tos de Por­to Ale­gre (Demae) abriu na tar­de des­ta sex­ta-fei­ra (17) a com­por­ta núme­ro 3, da Ave­ni­da Mauá esqui­na com a rua Padre Tomé. A ope­ra­ção durou cer­ca de 1 hora. O obje­ti­vo da ação é esco­ar água do cen­tro his­tó­ri­co da cida­de, local de con­cen­tra­ção de comér­cio, ban­cos, museus e cen­tros cul­tu­rais, para que vol­te ao seu lei­to natu­ral do Guaí­ba.

A medi­da foi toma­da após aná­li­se téc­ni­ca que apon­ta redu­ção de 40 cen­tí­me­tros de volu­me de água naque­le pon­to. Na manhã des­ta sex­ta-fei­ra, o Lago Guaí­ba esta­va no nível de 4,69 metros. A cota de inun­da­ção é de 3 metros. O nível recor­de do lago foi regis­tra­do em 6 de maio, quan­do bateu a mar­ca his­tó­ri­ca de 5,33 metros.

Em nota, o dire­tor-geral do Demae, Mau­rí­cio Loss, expli­cou que a aber­tu­ra da com­por­ta faci­li­ta­rá o esco­a­men­to da água e pos­si­bi­li­ta­rá o aces­so às casas de bom­bas 17 e 18, no cen­tro da cida­de, para reto­mar a ope­ra­ção.

“Com a dimi­nui­ção do nível do Guaí­ba, iden­ti­fi­ca­mos uma dife­ren­ça de 40 cm entre a água da Ave­ni­da Mauá em rela­ção ao Cais, por isso con­se­gui­mos abrir a com­por­ta e dar mai­or vazão ao flu­xo”, expli­cou.

As com­por­tas foram fecha­das em 2 de maio para con­ter o avan­ço das águas do Lago Guaí­ba que já inun­da­vam a capi­tal gaú­cha. A medi­da foi toma­da devi­do a falhas no sis­te­ma de con­ten­ção e de bom­be­a­men­to plu­vi­al, des­de que as águas avan­ça­ram rumo ao cen­tro da cida­de. Essa foi a mai­or enchen­te da his­tó­ria da capi­tal.

A ope­ra­ção de aber­tu­ra do por­tão con­tou com um rebo­ca­dor de navi­os, apoio da Guar­da Civil Metro­po­li­ta­na de São Pau­lo e equi­pes do depar­ta­men­to muni­ci­pal que admi­nis­tra o tra­ta­men­to de água e esgo­tos na capi­tal. O órgão infor­ma que segue moni­to­ran­do a aber­tu­ra de outras com­por­tas do Guaí­ba.

Limpeza

Nos pon­tos onde a água bai­xou e estão secos, a Pre­fei­tu­ra de Por­to Ale­gre reco­lheu 545 tone­la­das de resí­du­os diver­sos, entu­lhos e lodo, de segun­da-fei­ra (13) até esta sex­ta-fei­ra. Soman­do-se às 365 tone­la­das da sema­na ante­ri­or, são 910 tone­la­das cole­ta­das. As ope­ra­ções de lim­pe­za segui­rão com mai­or inten­si­da­de após as águas do Guaí­ba bai­xa­rem no cen­tro da cida­de, segun­do a pre­fei­tu­ra.

Veja imagens do centro de Porto Alegre:

Edi­ção: Fer­nan­do Fra­ga

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Com chuvas previstas para domingo, população de Canoas fica em alerta

Repro­du­ção: © Gus­ta­vo Mansur/ Palá­cio Pira­ti­ni Prefeitura vai reforçar a limpeza de ruas e bocas …