...
quarta-feira ,28 fevereiro 2024
Home / Educação / Conferência no DF vai orientar plano de educação, diz ministro

Conferência no DF vai orientar plano de educação, diz ministro

Repro­du­ção: © José Cruz/Agência Bra­sil

Sociedade civil discutirá o setor em evento até o dia 30 de janeiro


Publi­ca­do em 28/01/2024 — 22:01 Por Luiz Clau­dio Fer­rei­ra — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

O minis­tro da Edu­ca­ção, Cami­lo San­ta­na, par­ti­ci­pou da aber­tu­ra da Con­fe­rên­cia Naci­o­nal de Edu­ca­ção, em Bra­sí­lia (DF), nes­te domin­go (28). Ele des­ta­cou que o docu­men­to a ser ela­bo­ra­do até o dia 30 vai ori­en­tar o pla­no de edu­ca­ção a ser entre­gue como pro­je­to de lei ao Con­gres­so Naci­o­nal.

O even­to con­ta, ao lon­go das dis­cus­sões, com cer­ca de 2,5 mil pes­so­as, incluin­do repre­sen­tan­tes de vári­os seg­men­tos edu­ca­ci­o­nais e seto­res soci­ais, além de enti­da­des que atu­am na edu­ca­ção.

Con­fi­ra a pro­gra­ma­ção do even­to no link.

Na aber­tu­ra do even­to, dian­te de estu­dan­tes, pro­fis­si­o­nais e repre­sen­tan­tes de enti­da­des de todo o país, enu­me­rou as difi­cul­da­des que o gover­no encon­trou no iní­cio de 2023 no cam­po da edu­ca­ção e quais foram as ações imple­men­ta­das. “Para recons­truir o MEC, foi neces­sá­rio recom­por orça­men­to”, exem­pli­fi­cou. Ele acres­cen­tou a neces­si­da­de de aper­fei­ço­ar pla­ne­ja­men­to (no qual está inse­ri­do o pla­no de edu­ca­ção), esta­be­le­cer par­ce­ri­as e melho­rar os ser­vi­ços pres­ta­dos.

Ele defen­deu que as pro­pos­tas a serem deba­ti­das duran­te a Con­fe­rên­cia Naci­o­nal de Edu­ca­ção são resul­ta­dos de dis­cus­sões rea­li­za­das em mais de 1,3 reu­niões em pelo menos 4,3 mil muni­cí­pi­os em todas as uni­da­des fede­ra­ti­vas do Bra­sil. Ele lamen­tou a série de difi­cul­da­des encon­tra­das e garan­tiu que os pro­fes­so­res bra­si­lei­ros vol­ta­rão a ser valo­ri­za­dos. O minis­tro con­tex­tu­a­li­zou que as desi­gual­da­des soci­ais são pro­ble­má­ti­cas.

“Ain­da é uma rea­li­da­de dura que mui­tas vezes a úni­ca boa ali­men­ta­ção que uma cri­an­ça ou um jovem vai ter duran­te o dia é quan­do vai à esco­la (…) Tem Esta­do com menos de 30% de cri­an­ças alfa­be­ti­za­das ”. O minis­tro ain­da des­ta­cou que a edu­ca­ção foi con­tem­pla­do com os recur­sos do Pro­gra­ma de Ace­le­ra­ção do Cres­ci­men­to (PAC) e que have­rá con­di­ções de ingres­so no ensi­no supe­ri­or dos mais pobres. “Tere­mos o Fies Soci­al e o Prou­ni”.

Edi­ção: Mar­ce­lo Bran­dão

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Prefeitura do Rio proíbe uso de celulares em sala de aula e no recreio

Repro­du­ção: © Rove­na Rosa/Agência Bra­sil Decreto foi assinado nesta sexta-feira Publi­ca­do em 02/02/2024 — 10:24 …