segunda-feira ,21 junho 2021
Home / Noticias / Confira transmissão de eclipse raro pelo Observatório Nacional

Confira transmissão de eclipse raro pelo Observatório Nacional

A partial solar eclipse is seen as the sun rises to the left of the United States Capitol building, Thursday, June 10, 2021, as seen from Arlington, Virginia. The annular or “ring of fire” solar eclipse is only visible to some people in Greenland, Northern Russia, and Canada. Photo Credit: (NASA/Bill Ingalls)
Reprodução: © NASA/Bill Ingalls/Direitos reservados

É o eclipse anular, mais bem visto no Canadá, Rússia e Groenlândia


Publicado em 10/06/2021 – 08:25 Por Victor Ribeiro – Repórter da Rádio Nacional – Brasília

Um eclipse solar bastante especial, mas que não foi visível para quem mora no Brasil, aconteceu nesta manhã. O melhor lugar de visibilidade do fenômeno foi a faixa que vai do centro-sul do Canadá, passa pela Groenlândia e termina no nordeste da Rússia. Nessas regiões, ocorreu o que os pesquisadores chamam de eclipse anular.

É quando a sombra da Lua, que fica entre a Terra e o Sol, não é suficiente para cobrir a nossa estrela. Mas é quase. No auge do eclipse anular, foi possível ver um aro de fogo solar ao redor da Lua. O eclipse parcial pôde ser visto na costa leste da América do Norte e no norte da Europa e da Ásia.

O próximo eclipse anular visível no Brasil será no dia 14 de outubro de 2023.

Alguns canais transmitiram esse espetáculo natural pela internet. Entre eles, o do Observatório Nacional, no YouTube. De acordo com a instituição, o eclipse desta quinta-feira começou por volta das 5h da manhã e o ponto máximo foi às 7h42, no horário de Brasília.

O fim do eclipse parcial será às 10h11, de acordo com o Observatório Nacional. “Importante ressaltar que esses horários não são todos para um mesmo local, mas sim para o primeiro local que vai ver o início e o último local que vai ver o fim. Em um determinado local a duração do eclipse anular é de somente alguns minutos”, explica o Observatório Nacional.

live foi conduzida e comentada pela pesquisadora do Observatório Nacional Josina Nascimento e pelo astrônomo James Solon, do Grupo de Astronomia de Pernambuco (AstroPE).

Confira a transmissão do Observatório Nacional:

 

Edição: Kelly Oliveira

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

O Senado Federal realiza sessão especial em comemoração aos 111 anos da imigração japonesa no Brasil.

Atividades virtuais marcam 113 anos da imigração japonesa no Brasil

Instituição faz transmissão online do Ofício Budista Publicado em 18/06/2021 – 06:00 Por Camila Maciel …