...
quarta-feira ,24 julho 2024
Home / Esportes / Copa América: Brasil encara Colômbia de olho na liderança do Grupo D

Copa América: Brasil encara Colômbia de olho na liderança do Grupo D

Repro­dução: © Rafael Ribeiro/CBF/Direitos Reser­va­dos

Seleção joga às 22h desta terça e depende de empate para ir às quartas


Publicado em 02/07/2024 — 07:00 Por Agência Brasil — Rio de Janeiro

ouvir:

A seleção brasileira de fute­bol entra em cam­po con­tra a Colôm­bia, na noite des­ta terça-feira (23), de olho na clas­si­fi­cação às quar­tas de final da Copa Améri­ca, nos Esta­dos Unidos. O Brasil depende ape­nas de um empate no últi­mo due­lo da fase de gru­pos para avançar na com­petição. Em caso de vitória, a seleção vira líder da chave D e terá o Panamá (segun­do lugar no grupo C) como adver­sário nas quar­tas, escapan­do do Uruguai, primeiro colocado..Brasileiros e colom­bianos se enfrentam a par­tir das 22h (horário de Brasília), no Levi’s Sta­di­um, na cidade de San­ta Clara, na Cal­ifór­nia.

Se por um lado a equipe coman­da­da pelo téc­ni­co Dori­val Júnior chega embal­a­da para a ter­ceira par­ti­da da Copa Améri­ca, após des­en­can­tar com placar de 4 a 1 sobre o Paraguai na últi­ma sex­ta (28), do out­ro lado do cam­po estará a Colôm­bia, que osten­ta uma inven­ci­bil­i­dade de 25 jogos. Atu­al líder do Grupo D, a Colôm­bia tem seis pon­tos, obti­dos com vitórias sobre o Paraguai (2 a 1 ) e Cos­ta Rica (3 a 0). Já o Brasil soma qua­tro pon­tos (um empate sem gols con­tra a Cos­ta Rica e a golea­da con­tra o Paraguai).

O embate de hoje pode ter cli­ma de revanche, após o revés brasileiro (2 a 1), em par­ti­da das Elim­i­natórias Sul-Amer­i­canas da Copa do Mun­do de 2026, em novem­bro do ano passado..Na ocasião, a seleção esta­va sob coman­do do téc­ni­co interi­no Fer­nan­do Diniz.

Ciente do desafio que tem pela frente, o téc­ni­co Dori­val Júnior fez sus­pense sobre os rela­ciona­dos para o jogo des­ta noite, mas adiantou que não descar­ta­da mudanças no time.

“Tem alter­ações den­tro da neces­si­dade da par­ti­da. Nós esta­mos estu­dan­do bas­tante a equipe colom­biana, aliás uma exce­lente equipe, vem ten­do uma reg­u­lar­i­dade muito boa e alcançan­do resul­ta­dos muito inter­es­santes”, elo­giou Dori­val, durante cole­ti­va de impren­sa na segun­da-feira (1º).

Qua­tro jogadores da seleção – Wen­dell, Éder Mil­itão, Vini­cius Júnior e Lucas Paque­tá — não podem cor­rer o risco de rece­ber o segun­do cartão amare­lo na par­ti­da de hoje, caso con­trário ficarão fora da par­ti­da das quar­tas de final.

“Não serão lev­a­dos em con­ta [os cartões], vamos entrar com mel­hor for­mação pos­sív­el para essa par­ti­da, inde­pen­dente da situ­ação de cada um, quer­e­mos faz­er nos­so mel­hor e con­quis­tar o mel­hor resul­ta­do pos­sív­el”, garan­tiu o téc­ni­co.

Na últi­ma sex­ta (28),  Dori­val lev­ou a cam­po  Alis­son; Dani­lo, Éder Mil­itão (Gabriel Mag­a­l­hães), Mar­quin­hos e Wen­dell; João Gomes, Bruno Guimarães (Dou­glas Luiz) e Lucas Paque­tá (Andreas Pereira); Vini­cius Júnior., Sav­in­ho (Raphin­ha) e Rodry­go (Endrick).

Edição: Cláu­dia Soares Rodrigues

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Bia Haddad cai para Danielle Collins na terceira rodada de Wimbledon

Repro­dução: © Matthew Childs/Reuters/Proibida a Repro­dução Tenista brasileira cai de produção após paralisações por chuva …