...
domingo ,21 julho 2024
Home / Noticias do Mundo / Covid-19: governo britânico admite vacinação obrigatória nos hospitais

Covid-19: governo britânico admite vacinação obrigatória nos hospitais

Repro­dução: © Reuters/John Sibley/Direitos Reser­va­dos

Número de casos e mortes aumentam no país


Pub­li­ca­do em 25/10/2021 — 08:58 Por RTP — Lon­dres

RTP - Rádio e Televisão de Portugal

O gov­er­no britâni­co já admite tornar obri­gatória a vaci­nação para todos os fun­cionários do Serviço Nacional de Saúde. O número de casos e mortes con­tin­ua a aumen­tar na Grã-Bre­tan­ha. O cresci­men­to está próx­i­mo dos 15% e voltou a colo­car sob pressão os hos­pi­tais.

Ain­da não há uma decisão final, mas o gov­er­no britâni­co avalia a pos­si­bil­i­dade de tornar obri­gatória a vaci­nação para qual­quer tra­bal­hador no Serviço Nacional de Saúde.

Sajid David, respon­sáv­el pela pas­ta da Saúde, afir­mou à Sky News que a vaci­nação obri­gatória iria pro­te­ger os doentes. “Esta­mos con­sideran­do isso”, disse David, do gov­er­no Boris John­son. “Ain­da ter­e­mos que tomar uma decisão final, mas esta­mos incli­na­dos nesse sen­ti­do”.

A declar­ação foi dada no momen­to em que o número de casos na Grã-Bre­tan­ha con­tin­ua a crescer. Nesse domin­go (24) foram mais 39,96 mil casos e 72 mortes. Foi o domin­go com mais casos de morte des­de o iní­cio de março.

Nos últi­mos sete dias, na Grã-Bre­tan­ha, 333,46 mil pes­soas tes­taram pos­i­ti­vo para a covid-19, um aumen­to de 15%, em com­para­ção com a sem­ana ante­ri­or e a pior des­de a sem­ana de 21 de jul­ho.

Ape­sar de a vaci­nação e o maior con­hec­i­men­to da doença terem reduzi­do o número de mortes, em com­para­ção com out­ras ondas, não deixa tam­bém de ser ver­dade que os hos­pi­tais britâni­cos voltaram, nos últi­mos dias, a sen­tir a pressão de out­ros tem­pos, com muitas pes­soas que acabam por ocu­par um leito.

Os britâni­cos, que começaram o proces­so de vaci­nação com força, ago­ra sen­tem difi­cul­dades em chegar aos 85% da pop­u­lação com a vaci­nação com­ple­ta.

Dados ofi­ci­ais indicam que até ago­ra 79,2% da pop­u­lação britâni­ca rece­ber­am as duas dos­es da vaci­na.

Con­sel­heiros de saúde do gov­er­no britâni­co aler­taram para a pos­si­bil­i­dade de, nos próx­i­mos dias, serem rein­tro­duzi­das medi­das de con­t­role da pan­demia, como o tele­tra­bal­ho ou out­ras mais sev­eras.

Ape­sar da situ­ação cada vez mais difí­cil, o primeiro-min­istro britâni­co, Boris John­son con­tin­ua a rejeitar a pos­si­bil­i­dade de novo con­fi­na­men­to. “Não vemos nada que indique essa neces­si­dade ago­ra”, disse ele.

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasil pede esforço internacional para conter tensão no Oriente Médio

Repro­dução: © REUTERS/Amir Cohen País manifesta preocupação com intensificação do conflito Publicado em 14/04/2024 — …