...
sábado ,15 junho 2024
Home / Saúde / Covid-19: polícia investiga empresa por fraude em oferta de vacina

Covid-19: polícia investiga empresa por fraude em oferta de vacina

Servidor da Fiocruz prepara vacina de Oxford/AstraZeneca para a primeira aplicação no Brasil.
Repro­du­ção: © Tomaz Silva/Agência Bra­sil

Cada dose era oferecida por US$ 7,90


Publi­ca­do em 22/04/2021 — 07:38 Por Vitor Abda­la — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

A Polí­cia Civil do Rio de Janei­ro cum­pre hoje (22) oito man­da­dos de bus­ca e apre­en­são con­tra sus­pei­tos de frau­des em ofer­ta de vaci­na con­tra a covid-19. A empre­sa e seus repre­sen­tan­tes são inves­ti­ga­dos por ven­de­rem lotes de imu­ni­zan­te Oxford/AstraZeneca a pre­fei­tu­ras sem garan­tir a entre­ga do pro­du­to.

Segun­do a Polí­cia Civil, a empre­sa ofe­re­cia cada dose por US$ 7,90 para muni­cí­pi­os. No entan­to, como as doses de Astra­Ze­ne­ca estão todas des­ti­na­das a con­sór­ci­os inter­na­ci­o­nais e a gover­nos de paí­ses, não há doses rema­nes­cen­tes para serem comer­ci­a­li­za­das com empre­sas ou mes­mo com esta­dos e muni­cí­pi­os.

Entre os muni­cí­pi­os que rece­be­ram ofer­ta da empre­sa, sedi­a­da em Reci­fe, estão Duque de Caxi­as e Bar­ra do Piraí, no Rio; e Por­to Velho, em Rondô­nia. A capi­tal ron­do­ni­en­se, por exem­plo, já teria, segun­do a Polí­cia Civil, fei­to o paga­men­to, mas ain­da não rece­beu as doses.

A ope­ra­ção está sen­do fei­ta em par­ce­ria com a Polí­cia Civil de Per­nam­bu­co e a Polí­cia Rodo­viá­ria Fede­ral.

Edi­ção: Kle­ber Sam­paio

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

IBGE: quase 94% da população brasileira se vacinou contra covid-19

Repro­du­ção: © Rove­na Rosa/Agência Brasil/Arquivo PNAD Contínua Covid-19 mostra que mulheres se vacinaram mais Publicado …