...
domingo ,21 julho 2024
Home / Noticias / Cristo Redentor ganha canção especial em comemoração aos 90 anos

Cristo Redentor ganha canção especial em comemoração aos 90 anos

Repro­dução: © Tomaz Silva/Agência Brasil

Alma Carioca, Cristo Redentor está disponível em plataformas digitais


Pub­li­ca­do em 27/09/2021 — 16:11 Por Alana Gan­dra — Repórter da Agên­cia Brasil — Rio de Janeiro

 “Uma cidade de beleza rara, braços aber­tos sobre a Gua­n­abara, pedra sabão, o coração Car­rara, que bate forte numa noite clara.” Ess­es são os primeiros ver­sos da canção Alma Car­i­o­ca, Cristo Reden­tor, do músi­co e com­pos­i­tor Moa­cyr Luz, em hom­e­nagem aos 90 anos do mon­u­men­to do Cristo Reden­tor, que serão com­ple­ta­dos em 12 de out­ubro.

Lança­men­to da União Brasileira de Com­pos­i­tores (UBC), em parce­ria com a Sony Music e o San­tuário do Cristo Reden­tor, a músi­ca já está disponív­el a par­tir de hoje (27) em todas as platafor­mas dig­i­tais e é can­ta­da por um time de artis­tas que inclui Zeca Pagod­in­ho, Maria Rita, Dio­go Nogueira, Mart’nália, Fag­n­er, Paula Toller, Xande de Pilares, Fer­nan­da Abreu, Padre Omar, San­dra de Sá, Jorge Aragão, Toni Gar­ri­do, Moa­cyr Luz e Bruno Gou­veia.

Repro­dução: Zeca Pagod­in­ho par­tic­i­pa da hom­e­nagem aos 90 anos do Cristo Reden­tor — Sony Music/Direitos reser­va­dos

O dire­tor exec­u­ti­vo da enti­dade, Marce­lo Castel­lo Bran­co, disse à Agên­cia Brasil que a ideia foi trazi­da por Adri­ano de Mar­ti­ni, que man­i­festou inter­esse da Arquid­io­cese do Rio de Janeiro em ter uma canção para comem­o­rar os 90 anos do mon­u­men­to sím­bo­lo do Rio de Janeiro e do Brasil.

“Como a União é a casa do com­pos­i­tor, pen­sei que a gente podia bus­car um com­pos­i­tor para faz­er essa músi­ca. Tive sorte. O primeiro nome que me veio à cabeça foi o de Moa­cyr Luz. Quan­do ouviu a história, ele enten­deu tudo muito rápi­do. Na ver­dade, ele entre­gou a músi­ca 24 horas depois, pare­cen­do um clás­si­co”. Castel­lo Bran­co desta­cou que Moa­cyr Luz é car­i­o­ca nato e tem uma con­vivên­cia diária com o Cristo Reden­tor. “Ele já sabia o que que­ria diz­er”.

Motivo para compor

Repro­dução: San­dra de Sá tam­bém can­ta Alma Car­i­o­ca, Cristo Reden­tor — Sony Music/Direitos reser­va­dos

A par­tir daí, começou-se a mon­tar a pro­dução. “Orga­ni­zou-se um cast (elen­co) e os artis­tas foram se jun­tan­do de maneira gen­erosa para colo­car voz no estú­dio. Seguimos todos os pro­to­co­los. Mas foi uma fes­ta de reen­con­tro de par­ceiros da músi­ca, que não se encon­travam há algum tem­po, por con­ta da pan­demia”, disse o dire­tor exec­u­ti­vo da UBC. Castel­lo Bran­co infor­mou ain­da que a músi­ca em hom­e­nagem ao Cristo Reden­tor é a primeira ini­cia­ti­va da cel­e­bração dos 80 anos da enti­dade, em 2022.

Repro­dução: Fer­nan­da Abreu faz parte do time dos can­tores — Sony Music/Direitos reser­va­dos

Falan­do à Agên­cia Brasil, Moa­cyr Luz con­fes­sou que lev­ou menos tem­po ain­da para com­por a canção. “Fiz em umas três horas. Faço isso sem­pre. Como sou com­pos­i­tor, eu gos­to de ter moti­vo para com­por. Quan­do ele (Castel­lo Bran­co) me falou do Cristo Reden­tor, eu achei fab­u­loso, porque é uma imagem que acom­pan­ha a gente o dia inteiro. É uma das coisas mais impor­tantes do Rio de Janeiro. Foi fácil de faz­er”.

Luz desta­cou que a pre­ocu­pação dele era “não int­elec­tu­alizar a história, mas que as pes­soas se sen­tis­sem felizes em can­tar, alivi­adas de tudo que esta­mos pas­san­do. O obje­ti­vo é traz­er esper­ança para o Rio de Janeiro, porque o Cristo Reden­tor olha a cidade inteira. É o cartão postal da letra (da canção)”. Ele disse que todos os artis­tas que par­tic­i­param da hom­e­nagem estão “aprovadís­si­mos”.

Afeto e alegria

Para o pres­i­dente da Sony Music Brasil, Paulo Jun­queiro, “o mon­u­men­to mais icôni­co do Rio de Janeiro e um dos grandes cartões postais do Brasil, con­heci­do em todo o mun­do, merece uma canção que cele­bre seus 90 anos com afe­to e ale­gria. Que esta músi­ca trans­mi­ta a alma car­i­o­ca e a importân­cia do Cristo Reden­tor para todos”, man­i­festou.

O reitor do San­tuário Cristo Reden­tor, padre Omar Raposo, desta­cou que, como sím­bo­lo nacional, o Cristo Reden­tor “é capaz de inte­grar todas as per­spec­ti­vas artís­ti­cas, fazen­do com que, de fato, a exper­iên­cia de nos­sa brasil­i­dade pos­sa ser evi­den­ci­a­da a par­tir dess­es braços aber­tos.

O San­tuário Cristo Reden­tor é um lugar de pro­fun­da espir­i­tu­al­i­dade e de encon­tro da real­i­dade turís­ti­ca, cul­tur­al e ambi­en­tal, uma per­fei­ta inte­gração que faz de nós, povo brasileiro, essa lin­da nação, esse grande altar para o Reden­tor poder esten­der a sua sol­i­dariedade, o seu amor. Por isso, essa músi­ca traz todos os val­ores pre­sentes em nos­sa cidade e, ao mes­mo tem­po, esse mon­u­men­to, que, mais do que nun­ca, é sím­bo­lo do Brasil, comu­ni­ca tan­ta fé e esper­ança para o povo brasileiro e o mun­do inteiro.”

Além da canção, a cel­e­bração musi­cal ao Reden­tor gan­hou um video­clipe, dirigi­do por Adri­ano de Mar­ti­ni. A músi­ca foi grava­da por Julio Teix­eira, respon­sáv­el pelo arran­jo, piano e tecla­dos; Mar­co Vas­con­cel­los, na gui­tar­ra e vio­lão; André Vas­con­cel­los, no baixo; Mil­ton Guedes, flau­tas e gai­ta solo; Cez­in­ha, na bate­ria e per­cussão; Waltis Zacarias e Jaguara, per­cussões; coro for­ma­do por Jus­sara Lourenço, Jure­ma de Can­dia, Mar­cio Lott e Mar­cel­lo Fur­ta­do; e Genil­son Bar­bosa, arreg­i­men­tação musi­cal. Pro­dução e direção musi­cal são de Max Pierre.

Edição: Maria Clau­dia

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Festival Vale do Café leva música e cultura a municípios do Sul do Rio

Repro­dução: © Prefeitu­ra Munic­i­pal de Vassouras/Direitos reser­va­dos Programação com eventos gratuitos vai até o fim …