...
sábado ,22 junho 2024
Home / Educação / Desafio tecnológico para ensino médio recebe inscrições em 14 estados

Desafio tecnológico para ensino médio recebe inscrições em 14 estados

Repro­du­ção: © KACPER PEMPEL

Foram selecionados 31 jogos para avaliação


Publi­ca­do em 10/08/2023 — 07:15 Por Ala­na Gan­dra — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

ouvir:

A pri­mei­ra edi­ção do GamethONS, desa­fio tec­no­ló­gi­co dire­ci­o­na­do a estu­dan­tes e pro­fes­so­res do ensi­no médio de esco­las públi­cas de todo o Bra­sil, pro­mo­vi­do pelo Ope­ra­dor Naci­o­nal do Sis­te­ma Elé­tri­co (ONS), rece­beu 122 ins­cri­ções de equi­pes de 49 cida­des de 14 esta­dos bra­si­lei­ros, de todas as regiões do país. No final, foram sele­ci­o­na­dos 31 jogos para ava­li­a­ção. “O GamethONS teve uma repre­sen­ta­ti­vi­da­de mui­to gran­de”, dis­se à Agên­cia Bra­sil o dire­tor de Tec­no­lo­gia da Infor­ma­ção (TI), Rela­ci­o­na­men­to com Agen­tes e Assun­tos Regu­la­tó­ri­os do ONS, Mar­ce­lo Prais. A ini­ci­a­ti­va esti­mu­la­va a cri­a­ção de um game (jogo) iné­di­to digi­tal abor­dan­do os desa­fi­os do setor elé­tri­co e visan­do as prá­ti­cas sus­ten­tá­veis.

O pro­je­to foi lan­ça­do em mar­ço des­te ano e con­tou com apoio da Sin­cro­ni­za Edu­ca­ção, que deu supor­te peda­gó­gi­co e ope­ra­ci­o­nal na orga­ni­za­ção de todo o pro­gra­ma. Os três jogos ven­ce­do­res da com­pe­ti­ção foram Sus­ten­pa­ta: uma aven­tu­ra ele­tri­zan­te, desen­vol­vi­do por equi­pe de Cam­po Gran­de (MS); Elec­tri­cal Con­duc­tor, cri­a­do por equi­pe de Nova Fri­bur­go (RJ); e Blown Fuse, cri­a­do por gru­po de Belo Hori­zon­te (MG).

Todos os par­ti­ci­pan­tes dos gru­pos que ocu­pam as três pri­mei­ras colo­ca­ções ganha­ram note­bo­oks, kit ONS, uma assi­na­tu­ra anu­al da Pla­ta­for­ma Head Ener­gia e um cer­ti­fi­ca­do de men­ção hon­ro­sa. Os estu­dan­tes par­ti­ci­pan­tes das dez pri­mei­ras equi­pes têm ain­da a pos­si­bi­li­da­de de con­cor­rer a uma opor­tu­ni­da­de de está­gio de cur­ta dura­ção na área de tec­no­lo­gia da infor­ma­ção do Ope­ra­dor. As vagas são para seis meses e estão sujei­tas ao inte­res­se dos par­ti­ci­pan­tes, à apro­va­ção dos repre­sen­tan­tes legais, já que são meno­res de ida­de, e à apro­va­ção da esco­la.

Uso gratuito

Mar­ce­lo Prais des­ta­cou que todos os jogos cri­a­dos estão dis­po­ní­veis para uso gra­tui­to da soci­e­da­de no site do pro­gra­ma. “São de uso comum. Podem ser aces­sa­dos por qual­quer pes­soa”. Na ava­li­a­ção do dire­tor, o jogo clas­si­fi­ca­do em pri­mei­ro lugar, o Sus­ten­pa­ta, “con­se­guiu jun­tar, sur­pre­en­den­te­men­te, vári­os ele­men­tos: sis­te­ma elé­tri­co, efi­ci­ên­cia ener­gé­ti­ca e sus­ten­ta­bi­li­da­de”. De acor­do com infor­ma­ção da enge­nhei­ra de Pro­ce­di­men­tos de Rede e Assun­tos Regu­la­tó­ri­os do ONS, Isa­bel­la Mar­chet­ti, um dos esta­dos mais ati­vos no desa­fio foi o Ama­zo­nas, que che­gou a ins­cre­ver 30 equi­pes.

Prais lem­brou que ao cri­ar o GamethONS, o ONS visou per­mi­tir a apren­di­za­gem de for­ma lúdi­ca atra­vés do uso da tec­no­lo­gia; des­per­tar o inte­res­se dos alu­nos pelo tema para que eles pos­sam bus­car, já na pri­mei­ra gra­du­a­ção, algu­ma área vol­ta­da para tec­no­lo­gia ou para o setor elé­tri­co; e auxi­li­ar o ingres­so des­ses jovens no mer­ca­do de tra­ba­lho, ofe­re­cen­do opor­tu­ni­da­des de está­gio no ONS. Sali­en­tou tam­bém que essa pri­mei­ra edi­ção da com­pe­ti­ção come­mo­ra os 25 anos do ONS. O Ope­ra­dor con­se­guiu auto­ri­za­ção espe­ci­al da Agên­cia Naci­o­nal de Ener­gia Elé­tri­ca (Ane­el) para doar 10 com­pu­ta­do­res para cada esco­la dos três pri­mei­ros gru­pos colo­ca­dos, tota­li­zan­do 30 com­pu­ta­dor, para mon­ta­gem de labo­ra­tó­ri­os para os estu­dan­tes das ins­ti­tui­ções.

Voto popular

Além da pre­mi­a­ção ofi­ci­al, o públi­co teve a opor­tu­ni­da­de de votar, entre os dias 1° e 8 de agos­to, no seu game pre­fe­ri­do. Foi elei­to “que­ri­di­nho do públi­co” o jogo A Jor­na­da de Tuc­son, de equi­pe da cida­de de Bom­bi­nhas (SC). A vota­ção popu­lar teve um total de 4.059 votos. O jogo ven­ce­dor rece­beu 463 votos.

O asses­sor exe­cu­ti­vo da Dire­to­ria de TI, Rela­ci­o­na­men­to com Agen­tes e Assun­tos Regu­la­tó­ri­os do ONS, Car­los Ale­xan­dre da Sil­va Pra­do, infor­mou que ain­da não há deci­são do Ope­ra­dor em rela­ção ao lan­ça­men­to de uma segun­da edi­ção do GamethONS. O mais pro­vá­vel é que no pri­mei­ro semes­tre de 2024 seja lan­ça­da uma nova ini­ci­a­ti­va, embo­ra ain­da liga­da ao tema da sus­ten­ta­bi­li­da­de. No segun­do semes­tre de cada ano, o Ope­ra­dor pro­mo­ve um hac­kathon deno­mi­na­do DatathONS (mara­to­na de dados) que, em 2023, terá sua quin­ta edi­ção. Esse desa­fio é vol­ta­do somen­te para estu­dan­tes uni­ver­si­tá­ri­os.

O ONS é o órgão res­pon­sá­vel pela coor­de­na­ção e con­tro­le da ope­ra­ção das ins­ta­la­ções de gera­ção e trans­mis­são de ener­gia elé­tri­ca no Sis­te­ma Inter­li­ga­do Naci­o­nal (SIN) e pelo pla­ne­ja­men­to da ope­ra­ção dos sis­te­mas iso­la­dos do país, sob a fis­ca­li­za­ção e regu­la­ção da Agên­cia Naci­o­nal de Ener­gia Elé­tri­ca (Ane­el).

Edi­ção: Valé­ria Agui­ar

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Inmet: Região Sul tem cinco alertas para temporais nesta segunda-feira

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil Chuvas podem chegar a 60 mm/h, acompanhadas de ventos intensos …