...
quarta-feira ,28 fevereiro 2024
Home / Noticias / Edital do Concurso Público Nacional Unificado será publicado na quarta

Edital do Concurso Público Nacional Unificado será publicado na quarta

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil

Serão selecionados 6.640 servidores para 21 órgãos públicos


Publi­ca­do em 08/01/2024 — 10:44 Por Pedro Peduz­zi — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

Será publi­ca­do no Diá­rio Ofi­ci­al da União des­ta quar­ta-fei­ra (10) o edi­tal com as regras para o Con­cur­so Públi­co Naci­o­nal Uni­fi­ca­do (CPNU), que sele­ci­o­na­rá 6.640 ser­vi­do­res para 21 órgãos públi­cos.

A pre­vi­são é de que as ins­cri­ções este­jam aber­tas entre os dias 19 de janei­ro e 9 de feve­rei­ro e que a pro­va seja apli­ca­da no dia 5 de maio.

De acor­do com o Minis­té­rio da Ges­tão e da Ino­va­ção em Ser­vi­ços Públi­cos, o edi­tal apre­sen­ta­rá “infor­ma­ções sobre os blo­cos temá­ti­cos, con­teú­dos das pro­vas, cri­té­ri­os de clas­si­fi­ca­ção e des­clas­si­fi­ca­ção, lis­ta de espe­ra, cadas­tro de reser­va, vali­da­de do cer­ta­me e com­po­si­ção das notas finais”.

Em nota divul­ga­da pela pas­ta, a secre­tá­ria adjun­ta de Ges­tão de Pes­so­as, Regi­na Camar­gos, adi­an­tou que a meto­do­lo­gia a ser ado­ta­da no con­cur­so é ino­va­do­ra, e que as pro­vas serão apli­ca­das em 220 cida­des de todo o país por meio de par­ce­ria com o Ces­gran­rio.

“É um fei­to iné­di­to que exi­ge pre­pa­ra­ção iné­di­ta tam­bém”, infor­mou a secre­tá­ria ao expli­car que a ampli­a­ção do núme­ro de cida­des tem por objetivo,garantir que regiões metro­po­li­ta­nas tenham pro­vas em mais de uma cida­de.

Inovações

Entre as ino­va­ções a serem ado­ta­das está a pre­vi­são de que uma ins­cri­ção valha para o pro­ces­so sele­ti­vo de mais de um órgão. Outra novi­da­de é a bus­ca pela “igual­da­de de opor­tu­ni­da­des de aces­so” aos car­gos públi­cos efe­ti­vos.

“Que­re­mos demo­cra­ti­zar o aces­so a essas vagas. Mui­tas pes­so­as sequer con­se­gui­am pres­tar con­cur­sos por­que pre­ci­sa­vam se des­lo­car para outros esta­dos, o que mui­tas vezes é mui­to dis­pen­di­o­so”, jus­ti­fi­cou a secre­tá­ria.

Ao anun­ci­ar, em setem­bro de 2023, o novo pro­ces­so sele­ti­vo, o Minis­té­rio da Ges­tão expli­cou que, no momen­to da ins­cri­ção, os can­di­da­tos deve­rão optar por um dos blo­cos das áre­as de atu­a­ção gover­na­men­tal dis­po­ní­veis.

Provas e áreas de atuação

Na sequên­cia, indi­ca­rão car­go ou car­rei­ra por ordem de pre­fe­rên­cia, entre as vagas dis­po­ní­veis no blo­co de sua esco­lha. A ideia apre­sen­ta­da ini­ci­al­men­te é de que a pri­mei­ra eta­pa do con­cur­so uni­fi­ca­do seja em um úni­co dia, divi­di­da em dois momen­tos: pri­mei­ro será apli­ca­da uma pro­va obje­ti­va, com con­teú­do comum a todos os can­di­da­tos. Depois, no mes­mo dia, serão apli­ca­das pro­vas dis­ser­ta­ti­vas e com con­teú­dos espe­cí­fi­cos, de acor­do com cada blo­co temá­ti­co.

As áre­as de atu­a­ção anun­ci­a­das até o momen­to são: admi­nis­tra­ção e finan­ças; seto­res econô­mi­cos, infra­es­tru­tu­ra e regu­la­ção; agri­cul­tu­ra, meio ambi­en­te e desen­vol­vi­men­to agrá­rio; edu­ca­ção, ciên­cia, tec­no­lo­gia e ino­va­ção; polí­ti­cas soci­ais, jus­ti­ça e saú­de; tra­ba­lho e pre­vi­dên­cia; dados, tec­no­lo­gia e infor­ma­ção públi­ca, além do nível inter­me­diá­rio.

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Mais de 1,5 mil organizações sociais vão elaborar sugestões ao G20

Repro­du­ção: © Fer­nan­do Frazão/Agência Bra­sil Grupo chamado de C20 preparará documento até junho Publi­ca­do em …