...
sábado ,15 junho 2024
Home / Saúde / Em 24 horas, país registra 18.622 casos e 49 mortes por covid-19

Em 24 horas, país registra 18.622 casos e 49 mortes por covid-19

Repro­du­ção: © Rove­na Rosa/Agência Bra­sil

São Paulo lidera número de casos, seguido por Minas Gerais


Publi­ca­do em 11/11/2022 — 20:21 Por Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

Dados divul­ga­dos pelo Minis­té­rio da Saú­de nes­ta sex­ta-fei­ra (11) mos­tram que o Bra­sil regis­trou, des­de o iní­cio da pan­de­mia, 688.656 mor­tes por covid-19. Segun­do o bole­tim epi­de­mi­o­ló­gi­co, núme­ro total de casos con­fir­ma­dos da doen­ça é de 34.889.576.

Em 24 horas, foram regis­tra­dos 18.622 novos casos. No mes­mo perío­do, foram con­fir­ma­das 49 mor­tes de víti­mas do vírus. Ain­da segun­do o bole­tim, 34.115.188 pes­so­as se recu­pe­ra­ram da doen­ça e 104.354 casos estão em acom­pa­nha­men­to.

Estados

De acor­do com os dados divul­ga­dos, São Pau­lo lide­ra o núme­ro de casos, com 6,16 milhões, segui­do por Minas Gerais (3,88 milhões) e Para­ná (2,75 milhões). O menor núme­ro de casos é regis­tra­do no Acre (150 mil). Em segui­da, apa­re­ce Rorai­ma (175,9 mil) e Ama­pá (178,7 mil).

Em rela­ção às mor­tes, de acor­do com os dados mais recen­tes, São Pau­lo apre­sen­ta o mai­or núme­ro (175.825), segui­do de Rio de Janei­ro (75.908) e Minas Gerais (63.897). O menor núme­ro de mor­tes está no Acre (2.029), Ama­pá (2.164) e Rorai­ma (2.175).

Vacinação

Até hoje, foram apli­ca­das 488,7 milhões de doses de vaci­nas con­tra a covid-19, sen­do 180,3 milhões com a pri­mei­ra dose e 162,8 milhões com a segun­da dose. A dose úni­ca foi apli­ca­da em mais de 5 milhões de pes­so­as.

Nes­ta sex­ta-fei­ra, o minis­té­rio infor­mou que mais de 68 milhões de pes­so­as ain­da não toma­ram a dose de refor­ço con­tra a covid-19. Ain­da segun­do a pas­ta, 32,8 milhões de pes­so­as pode­ri­am ter rece­bi­do a segun­da dose de refor­ço con­tra a doen­ça, mas ain­da não se vaci­na­ram. Os imu­ni­zan­tes estão dis­po­ní­veis em mais de 38 mil pos­tos de vaci­na­ção em todo o país. Estu­dos mos­tram que a estra­té­gia de refor­çar o calen­dá­rio vaci­nal con­tra o novo coro­na­ví­rus aumen­ta em mais de cin­co vezes a pro­te­ção con­tra casos gra­ves e óbi­tos pela covid-19.

Edi­ção: Maria Clau­dia

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

IBGE: quase 94% da população brasileira se vacinou contra covid-19

Repro­du­ção: © Rove­na Rosa/Agência Brasil/Arquivo PNAD Contínua Covid-19 mostra que mulheres se vacinaram mais Publicado …