...
terça-feira ,18 junho 2024
Home / Esportes / Em clássico candango, Brasiliense e Gama miram reabilitação na Série D

Em clássico candango, Brasiliense e Gama miram reabilitação na Série D

Brasiliense-DF e Gama-DF, se enfrentam no Estádio Elmo Serejo Farias - Serejão,pela 13º rodada do Campeonato Brasileiro de futebol da Série D
Repro­du­ção: © Mar­cel­lo Casal Jr / Agên­cia Bra­sil

Partida deste sábado terá transmissão ao vivo da TV Brasil, às 15h


Publi­ca­do em 03/07/2021 — 07:00 Por Lin­coln Cha­ves — Repór­ter da TV Bra­sil e da Rádio Naci­o­nal — São Pau­lo

A edi­ção 68 do clás­si­co can­dan­go entre Bra­si­li­en­se e Gama será nes­te sába­do (2), às 15h (horá­rio de Bra­sí­lia), na Boca do Jaca­ré, em Tagua­tin­ga (DF). O due­lo pela quin­ta roda­da da Série D do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro será trans­mi­ti­do ao vivo pela TV Bra­sil, com a nar­ra­ção de Rodri­go Cam­pos e comen­tá­ri­os de Wal­dir Luiz e Rafa­el Mon­tei­ro.

Três pon­tos sepa­ram os rivais na clas­si­fi­ca­ção do Gru­po 5. O Jaca­ré ocu­pa o ter­cei­ro lugar, com sete pon­tos, enquan­to o Peri­qui­to apa­re­ce em sex­to, com qua­tro pon­tos. As equi­pes vêm de der­ro­tas na roda­da pas­sa­da, ambas para times do Mato Gros­so, no sába­do pas­sa­do (26). O Bra­si­li­en­se foi supe­ra­do pelo União, por 2 a 1, no está­dio Luthe­ro Lopes, em Ron­do­nó­po­lis (MT). O Gama per­deu para o Nova Mutum no Aba­dião, em Cei­lân­dia (DF), por 3 a 0.

No Jaca­ré, o téc­ni­co Vil­son Tadei tem qua­tro des­fal­ques cer­tos para o con­fron­to. O zaguei­ro Badhu­ga e o ata­can­te Zé Love estão sus­pen­sos pelo ter­cei­ro car­tão ama­re­lo e devem dar lugar, res­pec­ti­va­men­te, a Pre­to Cos­ta e Vic­tor Ran­gel. Os ata­can­tes Jefer­son Mara­nhão e Bru­no Nunes seguem no depar­ta­men­to médi­co.

O trei­na­dor — que diri­giu o Gama na fase de gru­pos da Série D do ano pas­sa­do — deve esca­lar o Bra­si­li­en­se com Edmar Sucu­ri; Dio­go, Gus­ta­vo Hen­ri­que, Pre­to Cos­ta e Godu­xo; Lídio, Zot­ti, Alan Minei­ro e Luqui­nhas; Peni­nha e Vic­tor Ran­gel.

“Clás­si­co é clás­si­co, por­tan­to, é sem­pre mui­to difí­cil. Conhe­ço bem lá, mas mudou mui­to, é pra­ti­ca­men­te outra equi­pe. O mais impor­tan­te é estar­mos aten­to no tra­ba­lho, fazer o melhor, ver o que pode­mos pas­sar ao gru­po para fazer uma gran­de par­ti­da e bus­car o resul­ta­do posi­ti­vo”, dis­se Tadei, em depoi­men­to à impren­sa.

No Gama, o clás­si­co mar­ca a estreia de Mar­ce­lo Cara­nha­to no coman­do da equi­pe. Tra­ta-se do ter­cei­ro téc­ni­co a assu­mir o Ver­dão em qua­tro roda­das da Série D. O time ini­ci­ou o cam­pe­o­na­to com Ricar­do Col­ba­chi­ni, que dei­xou o clu­be após a pri­mei­ra roda­da para inte­grar a comis­são téc­ni­ca de Abel Bra­ga no Luga­no (Suí­ça). Nos três jogos seguin­te, o elen­co ficou a car­go de Adail­ton Bol­zan, que não resis­tiu às der­ro­tas para União (2 a 1, fora de casa, na ter­cei­ra roda­da) e Nova Mutum.

“Todos os clás­si­cos con­di­ci­o­nam uma com­pe­ti­ção. Quem ven­cer esse jogo sai mui­to for­te. Será um gran­de jogo, dis­pu­ta­do, com duas equi­pes que tem qua­li­da­de para jogar. Inde­pen­den­te do adver­sá­rio, só a vitó­ria nos inte­res­sa, por­que isso nos con­di­ci­o­na a entrar na bri­ga na par­te de cima da tabe­la”, afir­mou Cara­nha­to, à asses­so­ria de impren­sa do Gama.

O meia Eli­as, con­tun­di­do, é des­fal­que cer­to no Peri­qui­to. O zaguei­ro Viní­cius, com des­con­for­to mus­cu­lar, é dúvi­da. Por outro lado, o ata­can­te Vitor Xavi­er está recu­pe­ra­do de uma lesão que o tirou de cam­po nas últi­mas três roda­das e retor­na ao time titu­lar. A pro­vá­vel esca­la­ção terá: Dou­glas; Gabri­el, Ele­nil­son, Wen­del e Gabi­ga; Car­ri­lho, Ger­ma­no e Fer­nan­di­nho; Rober­ti­nho, Vitor Xavi­er e Hugo Almei­da.

Será o quar­to emba­te entre Bra­si­li­en­se e Gama em 2021. Os ante­ri­o­res ocor­re­ram no Cam­pe­o­na­to Can­dan­go, todos ven­ci­dos pelo Jaca­ré — no últi­mo deles, por gole­a­da de 4 a 0, com gols dos mei­as Luqui­nhas (dois) e Didi­ra e do ata­can­te Car­los Edu­ar­do, em 12 de maio.

Os anfi­triões ven­ce­ram os últi­mos qua­tro jogos con­tra o Peri­qui­to e abri­ram van­ta­gem no his­tó­ri­co de con­fron­tos. Em 67 par­ti­das, são 25 triun­fos do Bra­si­li­en­se con­tra 21 do Gama e 21 empa­tes. A últi­ma vitó­ria do Ver­dão foi em 26 de setem­bro do ano pas­sa­do: 2 a 1 pela fase de gru­pos da Série D, no Bezer­rão, no Gama (DF).

Edi­ção: Gus­ta­vo Faria

 LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Franca derrota Flamengo e fica a uma vitória do título do NBB

Repro­du­ção: © Mar­cos Limonti/Sesi Fran­ca Basquete/Direitos Reser­va­dos Equipe do interior de São Paulo triunfou por …