...
sábado ,20 julho 2024
Home / Noticias / Emocionado, Rodrigo Maia se despede da presidência da Câmara

Emocionado, Rodrigo Maia se despede da presidência da Câmara

O deputado Rodrigo Maia se emociona em discurso durante sessão para eleição dos membros da mesa diretora da Câmara dos Deputados.
© Marce­lo Camargo/Agência Brasil (Repro­dução)

Parlamentar comandou a Câmara por três vezes seguidas


Pub­li­ca­do em 01/02/2021 — 22:48 Por Heloisa Cristal­do — Repórter da Agên­cia Brasil  — Brasília

Em meio às lágri­mas, o dep­uta­do Rodri­go Maia (DEM-RJ) fez seu últi­mo dis­cur­so após 4 anos e 7 meses como pres­i­dente da Câmara. Essa foi a primeira vez na história que um par­la­men­tar coman­dou a Câmara por três vezes seguidas.

“Eu me pre­parei para não chorar. Hon­ra que tive pelos últi­mos 4 anos e 7 meses. Onde eu tive a opor­tu­nidade de con­hecer o meu país, através de cada um de vocês. Através de diál­o­gos, vis­i­tas, con­ver­sas na Câmara. Através dos dep­uta­dos, con­heci mel­hor a nos­sa real­i­dade e os nos­sos desafios”, disse.

Maia afir­mou que 2020 foi o ano mais difí­cil de sua gestão em vir­tude da pan­demia de covid-19. Des­de março do ano pas­sa­do, as ativi­dades leg­isla­ti­vas têm sido real­izadas de for­ma vir­tu­al. Nas votações, ape­nas líderes par­tidários são autor­iza­dos a per­manecer no plenário.

“De todos os anos, o que foi mais desafi­ador para todos nós foi o ano pas­sa­do, o ano da pan­demia. Onde em uma sem­ana se con­stru­iu um sis­tema de votação remo­ta para que a Câmara dos Dep­uta­dos tivesse a condição de lid­er­ar e con­stru­ir em con­jun­to os pro­je­tos que garan­ti­ram as condições para o enfrenta­men­to da pan­demia”, afir­mou.

O par­la­men­tar ressaltou ain­da o desen­tendi­men­to com o dep­uta­do Arthur Lira, um dos can­didatos à presidên­cia da Câmara, durante reunião de líderes nes­ta segun­da-feira (1º).

“As brigas pas­saram, vamos eleger o novo pres­i­dente. Tive­mos um momen­to de mais atri­to, no meu caso com a can­di­datu­ra do Arthur Lira. A ele e àque­les que se sen­ti­ram ofen­di­dos com algo que falei, não foi min­ha intenção”, disse.

Para Maia, o enfrenta­men­to à covid-19 per­manece entre os desafios da Câmara dos Dep­uta­dos nes­ta leg­is­latu­ra que se ini­cia nes­ta segun­da.

“Estes são nos­sos desafios: a vaci­na, o enfrenta­men­to à segun­da onda da pan­demia e, mais do que isso, a ger­ação de condições para que os brasileiros sejam mais iguais, para que a esco­la públi­ca seja tão boa quan­to a esco­la pri­va­da, para que a UTI públi­ca ten­ha a mes­ma chance de sal­var uma vida que a UTI de um hos­pi­tal pri­va­do. Hoje, 70% das pes­soas que entram com Covid numa UTI de hos­pi­tal pri­va­do são sal­vas; na UTI do setor públi­co, ape­nas 35%. É isso que pre­cisamos tratar e enfrentar”, desta­cou.

Presidência

Rodri­go Maia assum­iu o car­go de pres­i­dente da Câmara em jul­ho de 2016, após a renún­cia do dep­uta­do Eduar­do Cun­ha (MDB-RJ). Em fevereiro de 2017 foi recon­duzi­do ao car­go, em uma vitória por 293 votos. Em 2019, Maia foi reeleito com uma votação expres­si­va, obten­do 334 votos.

A reeleição de Maia ao car­go foi pos­sív­el pela mudança de leg­is­latu­ra. A Con­sti­tu­ição e o Reg­i­men­to Inter­no da Câmara impe­dem a recon­dução de mem­bros da Mesa Dire­to­ra na mes­ma leg­is­latu­ra. O últi­mo dep­uta­do reeleito em leg­is­lat­uras difer­entes foi Michel Temer, que ocupou o car­go de pres­i­dente da Casa nos biênios de 1997–1999 e 1999 a 2001.

Edição: Fábio Mas­sal­li

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Número de motoristas com problema de visão cresce quase 80% em 10 anos

Repro­dução: © Joéd­son Alves/Agência Brasil Total passou de 14,4 milhões, em 2014, para 25,4 milhões, …