...
sexta-feira ,1 março 2024
Home / Noticias / Engenheiros têm oportunidades em oito órgãos no concurso unificado

Engenheiros têm oportunidades em oito órgãos no concurso unificado

Repro­du­ção: © Antô­nio Cruz/ Agên­cia Brasil/Arquivo

Inscrições começam na sexta-feira (19) e vão até 6 de fevereiro


Publi­ca­do em 17/01/2024 — 08:02 Por Flá­via Albu­quer­que — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — São Pau­lo

ouvir:

O Con­cur­so Naci­o­nal Uni­fi­ca­do ofe­re­ce aos for­ma­dos em enge­nha­ria 384 vagas em oito órgãos do gover­no fede­ral. Na Advo­ca­cia-Geral da União (AGU), há dez vagas para enge­nha­ria civil, qua­tro para enge­nha­ria elé­tri­ca, duas para enge­nha­ria agronô­mi­ca e duas para enge­nha­ria de pro­du­ção. O salá­rio ini­ci­al é de R$ 7.736,77, para 40 horas sema­nais, com vagas em nível naci­o­nal. 

No Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Geo­gra­fia e Esta­tís­ti­ca (IBGE), o car­go é de ana­lis­ta de pla­ne­ja­men­to, ges­tão e infra­es­tru­tu­ra em infor­ma­ções geo­grá­fi­cas e esta­tís­ti­ca, com seis vagas para enge­nhei­ro civil, elé­tri­co e mecâ­ni­co. Outras duas vagas são para o car­go de tec­no­lo­gis­ta em infor­ma­ções geo­grá­fi­cas e esta­tís­ti­cas, no qual o apro­va­do rea­li­za­rá ati­vi­da­des espe­ci­a­li­za­das de pro­du­ção, aná­li­se e dis­se­mi­na­ção de dados e infor­ma­ções de natu­re­za esta­tís­ti­ca, geo­grá­fi­ca, car­to­grá­fi­ca, geo­dé­si­ca e ambi­en­tal. Para os dois car­gos, a jor­na­da sema­nal é de 40 horas e salá­rio de R$ 8.453, no Rio de Janei­ro.

Na Fun­da­ção Naci­o­nal dos Povos Indí­ge­nas (Funai), enge­nhei­ros podem atu­ar no car­go de espe­ci­a­lis­ta em indi­ge­nis­mo, com salá­rio de R$ 7.697,02, para 40 horas sema­nais em Bra­sí­lia ou no Rio. As ati­vi­da­des da fun­ção são desen­vol­ver pro­je­tos de enge­nha­ria; pla­ne­jar, coor­de­nar a ope­ra­ção e a manu­ten­ção, orçar, emi­tir lau­do téc­ni­co, vis­to­ri­ar, fis­ca­li­zar exe­cu­ção de con­tra­tos de obras; con­tro­lar a qua­li­da­de dos supri­men­tos e ser­vi­ços com­pra­dos e exe­cu­ta­dos; super­vi­si­o­nar, pla­ne­jar e coor­de­nar a exe­cu­ção de obras; ela­bo­rar nor­mas e docu­men­tos; pres­tar asses­so­ria e assis­tên­cia téc­ni­co-geren­ci­al em sua área de atu­a­ção.

No Minis­té­rio da Ges­tão e da Ino­va­ção em Ser­vi­ços Públi­cos (MGI), o car­go é o de ana­lis­ta de infra­es­tru­tu­ra, para as espe­ci­a­li­da­des de enge­nha­ria civil (142), enge­nha­ria elé­tri­ca, ele­trô­ni­ca, tele­co­mu­ni­ca­ções, ele­tro­téc­ni­ca ou ener­gia (73), enge­nhei­ro (68). O salá­rio ini­ci­al é de R$ 12.982,20, para tra­ba­lhar em Bra­sí­lia, com jor­na­da sema­nal de 40 horas.

No Minis­té­rio da Ciên­cia Tec­no­lo­gia e Ino­va­ção (MCTI), há vagas para o car­go de ana­lis­ta em ciên­cia e tec­no­lo­gia, para o for­ma­do em enge­nha­ria coor­de­nar, exe­cu­tar, fis­ca­li­zar, pro­mo­ver, espe­ci­fi­car ati­vi­da­des rela­ci­o­na­das à ges­tão em segu­ran­ça do tra­ba­lho, visan­do ao cum­pri­men­to da legis­la­ção e nor­mas vigen­tes; atu­ar na defi­ni­ção dos méto­dos, pro­ces­sos, pro­ce­di­men­tos e meca­nis­mos para rea­li­zar as ati­vi­da­des rela­ci­o­na­das à segu­ran­ça do tra­ba­lho; rea­li­zar perí­ci­as in loco sobre grau de expo­si­ção a agen­tes agres­si­vos físi­cos, quí­mi­cos e bio­ló­gi­cos. O salá­rio ini­ci­al é de R$ 6.662,68, para 40 horas sema­nais, com vagas para São José dos Cam­pos (SP), no Ins­ti­tu­to Naci­o­nal de Pes­qui­sas Espa­ci­ais (Inpe), e Manaus, no Ins­ti­tu­to Naci­o­nal de Pes­qui­sas da Amazô­nia (Inpa).

O Minis­té­rio da Saú­de ofe­re­ce duas vagas para tec­no­lo­gis­ta, para enge­nhei­ro e com a atri­bui­ção de exer­cer ati­vi­da­des espe­cí­fi­cas de pes­qui­sa e desen­vol­vi­men­to tec­no­ló­gi­co ou neces­sá­ri­as à atu­a­ção téc­ni­ca da pas­ta. A remu­ne­ra­ção ini­ci­al é de R$ 6.662,68, para 40 horas sema­nais em Bra­sí­lia.

Para o car­go de ana­lis­ta em ciên­cia e tec­no­lo­gia no Minis­té­rio da Agri­cul­tu­ra e Pecuá­ria, que ofe­re­ce 13 vagas, é pre­ci­so ser espe­ci­a­lis­ta em enge­nha­ria ele­trô­ni­ca ou elé­tri­ca. As ati­vi­da­des desen­vol­vi­das são o apoio à dire­ção, coor­de­na­ção, orga­ni­za­ção, pla­ne­ja­men­to, con­tro­le e ava­li­a­ção de pro­je­tos e de supor­te admi­nis­tra­ti­vo do órgão, com remu­ne­ra­ção ini­ci­al de R$ 6.662,68, por 40 horas sema­nais, em Bra­sí­lia.

No Ins­ti­tu­to Naci­o­nal de Colo­ni­za­ção e Refor­ma Agrá­ria (Incra), for­ma­dos em enge­nha­ria civil, elé­tri­ca, de agri­men­su­ra ou car­to­grá­fi­ca podem con­cor­rer ao car­go de ana­lis­ta em refor­ma e desen­vol­vi­men­to agrá­rio, que ofe­re­ce 128 vagas, com salá­rio ini­ci­al de R$ 5.212,29, para jor­na­da de tra­ba­lho de 40 horas sema­nais. Os can­di­da­tos sele­ci­o­na­dos pode­rão ser alo­ca­dos para tra­ba­lhar em Rio Bran­co, Maceió, Manaus, Maca­pá, For­ta­le­za, Bra­sí­lia, Vitó­ria, Goi­â­nia, Belo Hori­zon­te, Cam­po Gran­de, San­ta­rém (PA), Mara­bá (PA), João Pes­soa, Curi­ti­ba, Rio de Janei­ro, Natal, Por­to Velho, Por­to Ale­gre, Flo­ri­a­nó­po­lis, Ara­ca­ju e São Pau­lo.

No Blo­co 1, há ain­da órgãos nos quais podem se ins­cre­ver can­di­da­tos em qual­quer área de conhe­ci­men­to. O edi­tal com todos os deta­lhes está dis­po­ní­vel aqui.

O can­di­da­to pode­rá con­cor­rer a todos os car­gos den­tro do mes­mo blo­co temá­ti­co. As ins­cri­ções come­çam na pró­xi­ma sex­ta-fei­ra (19), vão até 6 de feve­rei­ro e serão fei­tas exclu­si­va­men­te pelo Por­tal Gov.br. As taxas cus­tam R$ 60 (nível médio) e R$ 90 (nível supe­ri­or). Estão isen­tos de paga­men­to os ins­cri­tos no CadÚ­ni­co; doa­do­res de medu­la óssea; bol­sis­tas ou ex-bol­sis­tas do ProU­ni; bol­sis­tas ou ex-bol­sis­tas do Fun­do de Finan­ci­a­men­to Estu­dan­til (Fies).

Arte Enem dos Concursos. Inscrições, taxa, escolhas das vagas. Foto: Arte/EBC
Repro­du­ção

 

Edi­ção: Juli­a­na Andra­de

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Bolsonaro volta a pedir afastamento de Moraes de inquérito sobre golpe

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil Recurso deverá ser apreciado pelo presidente do STF Publi­ca­do em …