...
domingo ,21 julho 2024
Home / Noticias do Mundo / EUA vão abrir fronteiras com Canadá e México a viajantes vacinados

EUA vão abrir fronteiras com Canadá e México a viajantes vacinados

Repro­dução: © REUTERS/Jeenah Moon/File Pho­to

Medida deve entrar em vigor no início de novembro


Pub­li­ca­do em 13/10/2021 — 06:30 Por RTP — Wash­ing­ton

RTP - Rádio e Televisão de Portugal

Os Esta­dos Unidos (EUA) vão abrir, no iní­cio de novem­bro, as fron­teiras ter­restres com o Méx­i­co e o Canadá aos via­jantes vaci­na­dos con­tra a covid-19, em deslo­cações con­sid­er­adas não essen­ci­ais, anun­ciou a Casa Bran­ca.

O secretário para a Segu­rança Inter­na dos Esta­dos Unidos, Ale­jan­dro May­orkas, disse que a data pre­cisa será con­heci­da em breve, quer para as via­gens por via ter­restre e marí­ti­ma, quer para as via­gens inter­na­cionais por avião, de acor­do com um comu­ni­ca­do ofi­cial.

Em março do ano pas­sa­do, os Esta­dos Unidos, o país mais atingi­do no mun­do pela covid-19 em número de mor­tos e casos, fecharam as fron­teiras a mil­hões de vis­i­tantes proce­dentes da União Europeia (UE), do Reino Unido e da Chi­na, pos­te­ri­or­mente da Índia e do Brasil e tam­bém a quem entra­va por via ter­restre do Méx­i­co e do Canadá.

A aber­tu­ra das fron­teiras vai ter duas fas­es. Ini­cial­mente, as vaci­nas serão obri­gatórias para via­gens não essen­ci­ais, como tur­is­mo ou vis­i­tas a famil­iares, mas essa obri­gação não será apli­ca­da às via­gens con­sid­er­adas essen­ci­ais, que foram sem­pre autor­izadas.

Depois, a par­tir do iní­cio de janeiro, todos os via­jantes, inde­pen­den­te­mente do moti­vo do deslo­ca­men­to, terão de estar total­mente vaci­na­dos.

Os cen­tros de pre­venção e con­t­role de doenças norte-amer­i­canos já comu­nicaram às com­pan­hias aéreas que “todas as vaci­nas aprovadas pela agên­cia reg­u­lado­ra de medica­men­tos norte-amer­i­cana (FDA) e pela Orga­ni­za­ção Mundi­al da Saúde (OMS) serão aceites para as via­gens de avião”.

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasil pede esforço internacional para conter tensão no Oriente Médio

Repro­dução: © REUTERS/Amir Cohen País manifesta preocupação com intensificação do conflito Publicado em 14/04/2024 — …