...
quinta-feira ,25 julho 2024
Home / Noticias do Mundo / EUA vão exigir teste negativo de covid para entrada a partir do dia 26

EUA vão exigir teste negativo de covid para entrada a partir do dia 26

Times Square, permanece relativamente tranquilas devido ao surto contínuo da doença por coronavírus (COVID-19) no bairro de Manhattan em Nova York
© REUTERS/Lucas Jackson/Direitos Reser­va­dos (Repro­dução)

Exame deve ser feito três dias antes da viagem

Pub­li­ca­do em 13/01/2021 — 09:48 Por RTP — Wash­ing­ton

RTP - Rádio e Televisão de Portugal

A entra­da nos Esta­dos Unidos (EUA) só será per­mi­ti­da, a par­tir de 26 de janeiro, a pas­sageiros que apre­sen­tem um teste de covid-19 neg­a­ti­vo, anun­cia­ram as autori­dades.

De acor­do com o Cen­tro para o Con­t­role de Doenças (CDC, na sigla em inglês), o teste só será aceito se tiv­er sido real­iza­do nos três dias ante­ri­ores à par­ti­da do voo para os Esta­dos Unidos.

As com­pan­hias aéreas serão obri­gadas a impedir o embar­que de pas­sageiros que não pos­suam teste neg­a­ti­vo ou, em alter­na­ti­va, pro­va de que ten­ham se recu­per­a­do de uma infeção do novo coro­n­avírus.

Em comu­ni­ca­do divul­ga­do pelo CDC, o dire­tor do Cen­tro, Robert R. Red­field, admite que os testes “não elim­i­nam todos os riscos” de propa­gação do vírus, mas “quan­do com­bi­na­dos com um perío­do de iso­la­men­to e pre­cauções cotid­i­anas, como o uso de más­caras e dis­tan­ci­a­men­to social, podem tornar as via­gens mais seguras, saudáveis e respon­sáveis, con­tendo a propa­gação nos aviões, aero­por­tos e locais de des­ti­no”.

A deter­mi­nação do CDC vem na sequên­cia de medi­das ante­ri­ores para pas­sageiros prove­nientes do Reino Unido, depois de ter sido detec­ta­da no país uma nova estirpe de covid-19, mais infec­ciosa do que a con­heci­da.

Até hoje, os Esta­dos Unidos reg­is­travam mais de 22 mil­hões de casos de covid-19 e um total de mais de 375 mil mortes.

A pan­demia provo­cou pelo menos 1.945.437 mortes resul­tantes de mais de 90,8 mil­hões de casos de infeção em todo o mun­do, segun­do bal­anço da AFP.

Em Por­tu­gal, mor­reram 8.080 pes­soas dos 496.552 casos de infeção con­fir­ma­dos, de acor­do com o bole­tim mais recente da Direção-Ger­al da Saúde.

O esta­do de emergên­cia dec­re­ta­do em 9 de novem­bro para com­bat­er a pan­demia foi ren­o­va­do com efeitos des­de a 0h de 8 de janeiro, até o dia 15.

A doença é trans­mi­ti­da pelo novo coro­n­avírus, detec­ta­do no fim de dezem­bro de 2019 em Wuhan, cidade do cen­tro da Chi­na.

Você pode Gostar de:

Guerra Mundial: entenda riscos de conflito entre Israel e Irã

Repro­dução: © REUTERS/Ronen Zvu­lun Cenário de instabilidade pode levar à guerra global, diz especialista Publicado …