...
domingo ,21 julho 2024
Home / Noticias do Mundo / Ex-presidentes da FCC pedem resolução para disputa entre aviação e 5G

Ex-presidentes da FCC pedem resolução para disputa entre aviação e 5G

Repro­dução: © Reuters/Andrew Kelly/Direitos reser­va­dos

Uso do 5G representa um risco para a segurança aérea, diz indústria


Pub­li­ca­do em 14/12/2021 — 16:12 Por David Shep­ard­son — Reuters — Wash­ing­ton

logo_reuters

Seis ex-pres­i­dentes da Comis­são Fed­er­al de Comu­ni­cações dos EUA (FCC) instaram o gov­er­no Joe Biden na segun­da-feira (13) a resolver logo uma dis­pu­ta sobre o uso do espec­tro 5G que, segun­do a indús­tria da avi­ação, rep­re­sen­ta um risco para a segu­rança aérea.

Os ex-pres­i­dentes da FCC Ajit Pai, Tom Wheel­er, Julius Gena­chows­ki, Michael Copps, Michael Pow­ell e Mignon Clyburn dis­ser­am em car­ta con­jun­ta estarem “pre­ocu­pa­dos” com os recentes esforços da Fed­er­al Avi­a­tion Admin­is­tra­tion (FAA) para rev­er a decisão da FCC de 2020 de per­mi­tir o uso de o espec­tro da ban­da C para uso sem fio.

Os ex-fun­cionários dis­ser­am que as agên­cias dev­e­ri­am tra­bal­har para “resolver as pre­ocu­pações da FAA rap­i­da­mente, mas este debate não deve ser trava­do pub­li­ca­mente de uma for­ma que enfraque­ça a con­fi­ança do con­sum­i­dor no proces­so”.

Ques­tion­a­do sobre a car­ta dos ex-pres­i­dentes da FCC, a FAA disse que con­tin­ua “a tra­bal­har com agên­cias fed­erais e empre­sas para que a ban­da C do 5G e a avi­ação pos­sam coex­i­s­tir com segu­rança”.

A indús­tria da avi­ação e a FAA lev­an­taram pre­ocu­pações sobre a poten­cial inter­fer­ên­cia do 5G em com­po­nentes eletrôni­cos sen­síveis de aeron­aves, como altímet­ros de rádio. AT&T e Ver­i­zon con­cor­daram em novem­bro em atrasar o lança­men­to com­er­cial do serviço sem fio de ban­da C até 5 de janeiro, após a FAA lev­an­tar questões e emi­tir dire­trizes de aeron­ave­g­a­bil­i­dade, orde­nan­do a revisão dos man­u­ais de voo de aviões e helicópteros para proibir algu­mas oper­ações que requerem dados de rádio-altímetro quan­do na pre­sença de sinais de ban­da larga 5G.

A FAA con­tin­ua em dis­cussões com a FCC, a Casa Bran­ca e fun­cionários da indús­tria sobre os con­tornos pre­cisos de quais­quer lim­i­tações, que devem ser descritas nas próx­i­mas sem­anas em uma série de avi­sos.

AT&T e Ver­i­zon dis­ser­am que iri­am ado­tar medi­das de pre­caução por seis meses para lim­i­tar a inter­fer­ên­cia. Mas gru­pos da indús­tria da avi­ação dis­ser­am que elas eram insu­fi­cientes para lidar com as questões de segu­rança aérea.

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasil pede esforço internacional para conter tensão no Oriente Médio

Repro­dução: © REUTERS/Amir Cohen País manifesta preocupação com intensificação do conflito Publicado em 14/04/2024 — …