...
quarta-feira ,28 fevereiro 2024
Home / Entretenimento / Festival Latinidades tem início em SP com homenagem a Helena Theodoro

Festival Latinidades tem início em SP com homenagem a Helena Theodoro

Repro­du­ção: © Pau­lo Pinto/Agência Bra­sil

Depois da capital paulista, evento seguirá para Salvador


Publi­ca­do em 21/07/2023 — 18:47 Por Elai­ne Patri­cia Cruz – Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — São Pau­lo

ouvir:

banner latinidades 2023

Foi com um sam­ba-enre­do em home­na­gem à escri­to­ra, pes­qui­sa­do­ra, pro­fes­so­ra e inte­lec­tu­al Hele­na The­o­do­ro (foto de des­ta­que) que teve iní­cio a edi­ção da capi­tal pau­lis­ta do Fes­ti­val Lati­ni­da­des. O sam­ba, cha­ma­do de Oyá Hele­na, foi can­ta­do e dan­ça­do por inte­gran­tes da Esco­la de Sam­ba Moci­da­de Uni­da da Moo­ca, que se apre­sen­tou na tar­de des­ta sex­ta-fei­ra (21) no Cen­tro Cul­tu­ral São Pau­lo (CCSP).

“É pre­ta no san­gue, na raça e na cor”, can­tou a esco­la de sam­ba, que vai home­na­ge­ar Hele­na The­o­do­ro no car­na­val de 2024. Ao final da apre­sen­ta­ção, a sam­bis­ta e inte­lec­tu­al agra­de­ceu. “Virei enre­do. Mais impor­tan­te que nome de rua”, dis­se ela, arran­can­do risos da pla­teia.

São Paulo (SP) 21/07/2023 - Abertura do Festival Latinidades no Centro Cultural São Paulo.Foto:Paulo Pinto/Agência Brasil
Repro­du­ção: “É pre­ta no san­gue, na raça e na cor”, can­tou a esco­la de sam­ba em home­na­gem a Hele­na The­o­do­ro– Pau­lo Pinto/Agência Bra­sil

Hele­na The­o­do­ro não é ape­nas a home­na­ge­a­da pela Moci­da­de Uni­da da Moo­ca. Nes­te ano, seu nome é cele­bra­do pelo Fes­ti­val Lati­ni­da­des, o mai­or even­to de mulhe­res negras da Amé­ri­ca Lati­na e que é rea­li­za­do em São Pau­lo até domin­go (23).

“É uma emo­ção enor­me. Qua­se mor­ri do cora­ção por­que eu já nas­ci qua­se den­tro de uma esco­la de sam­ba por­que minha famí­lia qua­se toda é Sal­guei­ren­se. E o enre­do de 2022 da Sal­guei­ro foi de minha auto­ria. Ser home­na­ge­a­da por uma esco­la de sam­ba é o mai­or reco­nhe­ci­men­to da comu­ni­da­de para um de seus mem­bros. E isso, para mim, é o que há de mais impor­tan­te: é a mai­or home­na­gem que alguém da comu­ni­da­de negra pode rece­ber”, dis­se Hele­na, em entre­vis­ta à Agên­cia Bra­sil e à TV Bra­sil.

“E é por isso que fico tão feliz de estar nes­te Fes­ti­val Lati­ni­da­des. Em Bei­jing [capi­tal da Chi­na], quan­do hou­ve o Encon­tro Mun­di­al de Mulhe­res Negras, vimos que os pro­ble­mas eram mui­to dife­ren­tes. As mulhe­res negras asiá­ti­cas tinham um pro­ble­ma. As da Ingla­ter­ra, outro pro­ble­ma. E as mulhe­res das Amé­ri­cas e do Cari­be tinham vivi­do pro­ces­sos mui­to mais cruéis e dis­cri­mi­na­tó­ri­os do que as outras mulhe­res, por con­ta da escra­vi­dão nas Amé­ri­cas”, acres­cen­tou a home­na­ge­a­da.

São Paulo (SP) 21/07/2023 - Abertura do Festival Latinidades no Centro Cultural São Paulo. Foto:Paulo Pinto/Agência Brasil
Repro­du­ção: Aber­tu­ra do Fes­ti­val Lati­ni­da­des no Cen­tro Cul­tu­ral São Pau­lo– Pau­lo Pinto/Agência Bra­sil

Festival

O Fes­ti­val Lati­ni­da­des é um espa­ço de arti­cu­la­ção polí­ti­ca e cul­tu­ral em tor­no do 25 de julho, Dia Inter­na­ci­o­nal da Mulher Negra Lati­no-Ame­ri­ca­na e Cari­be­nha. Com uma pro­gra­ma­ção mul­ti­lin­gua­gem, que envol­ve ofi­ci­nas, pales­tras, deba­tes, rodas de negó­ci­os e músi­ca, esta edi­ção do even­to explo­ra como tema o Bem-Viver, con­cei­to que encon­tra res­so­nân­cia nos modos de viver dos povos da flo­res­ta e povos tra­di­ci­o­nais da Amé­ri­ca Lati­na.

“O Lati­ni­da­des é um fes­ti­val mul­ti­lin­gua­gem, um fes­ti­val de mulhe­res negras, que foi cri­a­do no Dis­tri­to Fede­ral para cele­brar o Dia da Mulher Afro Lati­no-Ame­ri­ca­na e Cari­be­nha. É um pro­je­to que par­te das artes e da cul­tu­ra para denun­ci­ar os indi­ca­do­res soci­ais rela­ci­o­na­dos às mulhe­res negras como a fal­ta de aces­so a polí­ti­cas públi­cas e os índi­ces de vio­lên­cia con­tra mulhe­res negras. Ao mes­mo tem­po, mos­tra­mos as potên­ci­as das mulhe­res negras e a con­tri­bui­ção delas para a soci­e­da­de”, dis­se Jaque­li­ne Fer­nan­des, dire­to­ra-geral do Fes­ti­val Lati­ni­da­des.

São Paulo (SP) 21/07/2023 - Abertura do Festival Latinidades no Centro Cultural São Paulo. Foto:Paulo Pinto/Agência Brasil
Repro­du­ção: Depois de São Pau­lo, Fes­ti­val Lati­ni­da­des segue para Sal­va­dor– Pau­lo Pinto/Agência Bra­sil

Nes­te ano, o fes­ti­val já este­ve nas capi­tais Rio de Janei­ro e Bra­sí­lia. Depois de São Pau­lo, o even­to segui­rá para Sal­va­dor.

“Cada cida­de tem uma pro­gra­ma­ção dife­ren­te e iné­di­ta. São Pau­lo é uma cida­de que his­to­ri­ca­men­te se arti­cu­lou em cara­va­nas para ir para [ao even­to em] Bra­sí­lia duran­te vári­os anos. E a gen­te que­ria devol­ver isso para São Pau­lo. Acho que aqui é uma capi­tal mui­to inten­sa de cul­tu­ra e de arte e onde temos uma popu­la­ção negra gigan­te. É mui­to espe­ci­al dia­lo­gar com todo o Bra­sil atra­vés de São Pau­lo com essa pro­gra­ma­ção que tem pales­tras, shows, ofi­ci­nas e fei­ra de empre­en­de­do­ris­mo. É uma pro­gra­ma­ção diver­sa, como diver­sa é a popu­la­ção negra de São Pau­lo”.

A pro­gra­ma­ção com­ple­ta do fes­ti­val em São Pau­lo, além da dis­tri­bui­ção de ingres­sos, pode ser con­fe­ri­da no site

Empre­sa Bra­sil de Comu­ni­ca­ção (EBC) apoia a edi­ção 2023 do Fes­ti­val Lati­ni­da­des.

Edi­ção: Ali­ne Leal

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Temporal no estado do Rio deixou pelo menos nove mortos

Repro­du­ção: © Fer­nan­do Frazão/Agência Bra­sil Secretários discutiram com prefeitos medidas para reduzir impactos Publi­ca­do em …