...
sábado ,15 junho 2024
Home / Esportes / Flamengo aplica 6 a 1 no Vasco e vira líder provisório do Brasileirão

Flamengo aplica 6 a 1 no Vasco e vira líder provisório do Brasileirão

Repro­du­ção: © Repro­du­ção Instagram/Flamengo

Goleada é a maior da história do Rubro-Negro no Clássico dos Milhões


Publicado em 02/06/2024 — 19:08 Por Agência Brasil — Rio de Janeiro

O Fla­men­go foi implá­ca­vel no pri­mei­ro Clás­si­co dos Milhões no Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro ao der­ro­tar o arquir­ri­val Vas­co por 6 a 1 no Mara­ca­nã, pela séti­ma roda­da. Os cruz­mal­ti­nos come­ça­ram na fren­te, abrin­do o pla­car com um gola­ço do argen­ti­no Veget­ti. Depois virou pas­seio: o Rubro-Negro virou o pla­car ain­da no pri­mei­ro tem­po, com gols de Ever­ton Cebo­li­nha, Pedro e David Luiz. Na eta­pa final, a rede balan­çou mais três vezes, com gols de Arras­ca­e­ta, Bru­no Hen­ri­que e Gabi­gol.

Foi a mai­or goe­la­da do Rubro-Negro no Clás­si­co dos Milhões, que mar­cou a estreia do téc­ni­co por­tu­guês Álva­ro Pache­co no coman­do do Vas­co. Com o triun­fo, o Fla­men­go assu­miu, pro­vi­so­ri­a­men­te, a lide­ran­ça do Bra­si­lei­rão com 14 pon­tos. O time cari­o­ca ain­da pode ser ultra­pas­sa­do pelo Ath­le­ti­co-PR, que joga no momen­to con­tra o For­ta­le­za, no Cas­te­lão. Já o Vas­co segue na 13ª posi­ção com seis pon­tos.

O jogo come­çou inten­so como o Vas­co abrin­do o pla­car aos oito minu­tos, com gol de volei­ro de Veget­ti, apro­vei­tan­do a bola levan­ta­da por Gal­da­més. Mas o ímpe­to cruz­mal­ti­no parou por aí. O Rubro-Negro colo­cou pres­são em bus­ca do empa­te, que saiu aos 27 minu­tos. Após bobe­a­da do zaguei­ro Mai­con, a bola sobrou para De la Cruz que tocou para Arras­ca­e­ta, e o meia rolou pra Ever­ton Cebo­li­nha mar­car um gola­ço de fora da área.

Na sequên­cia, Cebo­li­nha cobrou escan­teio cur­to, foi para a gran­de área, se livrou da mar­ca­ção e cru­zou para Pedro empur­rar de pei­to para o fun­do da rede, viran­do o pla­car para 2 a 1. Aba­ti­do, o Cruz­mal­ti­no assi­tia o rival jogar, sem rea­ção. Aos 41 minu­tos, Ger­son qua­se fez o ter­cei­ro, cara a cara com o golei­ro Léo Jar­dim, mas a bola bateu na cabe­ça do arquei­ro e fora para fora.m Mas não teve jei­to: o ter­cei­ro gol saiu no minu­to seguin­te, após Cebo­li­nha cobrar escan­teio na medi­da para David Luiz acer­tou de pri­mei­ra para o fun­do do gol. Já nos acrés­ci­mos, João Vic­tor deu um car­ri­nho em De la Cruz e, após inter­ven­ção do VAR.

Com um homem a menos, o Vas­co seguiu apá­ti­co na segun­da eta­pa. Logo aos cin­co minu­tos, Pedro domi­nou a bola den­tro da área e tocou por cima da defe­sa para Arras­ca­e­ta empur­rar para o fun­do do gol, ampli­an­do para 4 a 1 o triun­fo rubro-negro. Livre de mar­ca­ção, o Rubro-Negro seguia todo no ata­que. Bas­ta­ram cin­co minu­tos em cam­po, para Bru­no Hen­ri­que – que entrou no lugar de Cebo­li­nha – mar­car o dele. A joga­da come­çou com  Arras­ca­e­ta que se livrou de dois mar­ca­do­res antes de rolar para Bru­no estu­far as redes e ampli­ar o mar­ca­dor. E ain­da deu tem­po de Gabi­gol mar­car, qua­se 15 minu­tos após dei­xar o ban­co de reser­vas. Com nova cami­sa, de núme­ro 99, o ata­can­te apro­vei­tou o cru­za­men­to de Wes­ley pela direi­ta, chu­tou cer­tei­ro para o fun­do da rede, selan­do a gole­a­da his­tó­ria por 6 a 1.

Outro resultados

Outros dois con­fron­tos movi­men­ta­ram o Bra­si­lei­rão na tar­de des­te domin­go (2).  Em San­ta Cata­ri­na, o Pal­mei­ras der­ro­tou o Cri­ciú­ma por 2 a 1, com gols do para­guaio Gus­ta­vo Gómez e de Láza­ro que defi­niu a par­ti­da nos acrés­ci­mos. Matheu­si­nho des­con­tou para os donos da casa.

Em Belo Hori­zon­te, o due­lo Atle­ti­co-MG x Bahia ter­mi­nou em 1 a 1. Hulk mar­cou para os minei­ros e Ade­mir igua­lou o pla­car na Are­na MRV.

Edi­ção: Cláu­dia Soa­res Rodri­gues

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Renovada, seleção feminina goleia Jamaica na Arena Pernambuco

Repro­du­ção: © Lívia Vil­las Boas/CBF/Direitos Reser­va­dos Em noite inspirada, Marta marca duas vezes na vitória …