...
sexta-feira ,1 março 2024
Home / Esportes / Fluminense estreia no Mundial de Clubes contra o Al Ahly, do Egito

Fluminense estreia no Mundial de Clubes contra o Al Ahly, do Egito

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Goncalves/Fluminense FC/Direitos Reser­va­dos

Se vencer, Tricolor disputará final com Manchester City ou Urawa Red


Publi­ca­do em 18/12/2023 — 07:00 Por Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

ouvir:

Após a con­quis­ta do pri­mei­ro títu­lo da Copa Liber­ta­do­res da Amé­ri­ca há 44 dias, o Flu­mi­nen­se dá o pon­ta­pé ini­ci­al nes­ta segun­da-fei­ra (18) rumo a outra con­quis­ta his­tó­ri­ca para o clu­be: o tíu­lo do Mun­di­al de Clu­bes da Fifa. Ás 15h (horá­rio de Bra­sí­lia), a equi­pe coman­da pelo téc­ni­co Fer­nan­do Diniz entra em cam­po con­tra o Al Ahly (Egi­to), cam­peão da Cham­pi­ons Lea­gue da Áfri­ca, pelas semi­fi­nais do Mun­di­al, no Está­dio King Abdul­lah, em Jed­dah (Ará­bia Sau­di­ta).

Debu­tan­te na com­pe­ti­ção, o Tri­co­lor medi­rá for­ças con­tra um velho conhe­ci­do no Mun­di­al. O Al Ahly já par­ti­ci­pou de nove edi­ções e, ape­sar de não tenha ven­ci­do nenhu­ma, obte­ve o ter­cei­ro lugar em 2006, 2020 e 2021. O time egíp­cio asse­gu­rou pre­sen­ça na semi con­tra o Flu ao eli­mi­nar na últi­ma sex­ta (15), por 3 a 1, o anfi­trião Al-Ittihad, cujo elen­co con­ta com estre­las como Ben­ze­ma e Kan­té.

Só a vitó­ria inte­res­sa à equi­pe cari­o­ca nes­ta segun­da (18). Se ganhar, o Flu­mi­nen­se se clas­si­fi­ca para a dis­pu­ta do títu­lo mun­di­al con­tra o ven­ce­dor da outra semi, entre Man­ches­ter City e Urawa Red Dia­monds, às 15h de ter­ça (19). A final do Mun­di­al de Clu­bes ocor­re­rá na pró­xi­ma sex­ta (22), às 15h.

Cien­te do desa­fio que o Flu tem pela fren­te, Diniz afir­mou duran­te cole­ti­va no domin­go (17) que o time conhe­ce bem o adver­sá­rio egíp­cio e está pre­pa­ra­do para dar o seu  melhor em cam­po.

“A gen­te assis­tiu sete jogos do Al Ahly, não foi só o últi­mo, e tam­bém sete jogos do Al-Ittihad. Eles [o Al Ahly] têm uma base mui­to for­te, é um time que mexe pou­co, um jei­to de jogar mui­to con­sis­ten­te, joga­do­res mui­to bons, um time extre­ma­men­te  popu­lar, com uma tor­ci­da gigan­te. É um time que che­ga com todo o méri­to e tem todo nos­so res­pei­to”.

A tem­po­ra­da do Tri­co­lor nes­te ano foi coro­a­da com o títu­lo da Liber­ta­do­res após triun­fo sobre o Boca Juni­ons (Argen­ti­na) por 2 a 1 no Mara­ca­nã. Ago­ra, o Flu está a dois jogos de, quem sabe, fatu­rar outro títu­lo iné­di­to para sua cole­ção na sede das Laran­jei­ras, bair­ro na zona sul do Rio de Janei­ro.

“Dis­pu­tar o Mun­di­al de Clu­bes para nós foi todos os dias, des­de que eu che­guei ao Flu­mi­nen­se. Era um sonho que a gen­te nutria. Não foi algo que acon­te­ceu na casu­a­li­da­de, mui­to pelo con­trá­rio, foi mui­to tra­ba­lho. Obvi­a­men­te, não é por­que você tra­ba­lha mui­to que você vai ganhar, mas tra­ba­lhar mui­to e sonhar todos os dias que é pos­sí­vel te apro­xi­ma das con­quis­tas e foi o que nos trou­xe até aqui”, pon­tu­ou Diniz, que retor­nou ao Tri­co­lor em abril de 2022.

Possíveis escalações

Flu­mi­nen­se: Fábio; Samu­el Xavi­er (Guga), Nino, Feli­pe Melo e Mar­ce­lo; André, Matheus Mar­ti­nel­li e Gan­so; Ari­as, Keno e Cano.

Al Ahly — El Sha­nawy; M. Hany, El Hana­fi, Abdel­mo­nem e Maâ­loul (El Debes); Attia, Ashour e Koka (Fou­ad); Tau, El Shahat e Kah­ra­ba.

Edi­ção: Cláu­dia Soa­res Rodri­gues

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Botafogo e Vasco fazem clássico decisivo pelo Campeonato Carioca

Repro­du­ção: © Vitor Silva/Botafogo/Direitos Reser­va­dos Rádio Nacional transmite o confronto a partir das 16h deste …