...
sexta-feira ,19 abril 2024
Home / Noticias / Galeão responde por um em cada cinco embarques domésticos no Rio

Galeão responde por um em cada cinco embarques domésticos no Rio

Repro­du­ção: © Tânia Rêgo/Agência Bra­sil

Dado é da Anac e se refere aos primeiros sete meses do ano


Publi­ca­do em 20/08/2023 — 09:21 Por Vitor Abda­la — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

ouvir:

O Aero­por­to Inter­na­ci­o­nal do Rio Janei­ro (Galeão/Tom Jobim) res­pon­deu, nos sete pri­mei­ros meses des­te ano, por ape­nas 22,4% dos embar­ques domés­ti­cos do Rio de Janei­ro. Isso repre­sen­ta cer­ca de um em cada cin­co pas­sa­gei­ros que saem do Rio com des­ti­no a outras cida­des bra­si­lei­ras.

Os dados da Agên­cia Naci­o­nal de Avi­a­ção Civil (Anac) mos­tram que, de janei­ro a julho des­te ano, o aero­por­to loca­li­za­do na Ilha do Gover­na­dor, na zona nor­te, rea­li­zou 994 mil embar­ques domés­ti­cos.

Já o San­tos Dumont, loca­li­za­do no cen­tro da cida­de, movi­men­tou 3,44 milhões pas­sa­gei­ros, todos domés­ti­cos (já que o aero­por­to não ope­ra voos inter­na­ci­o­nais), ou seja, 77,5% do total. O Aero­por­to de Jaca­re­pa­guá, na zona oes­te, movi­men­tou o 0,1% res­tan­te (5 mil pas­sa­gei­ros).

Mes­mo incluin­do seus 965 mil embar­ques inter­na­ci­o­nais, o Galeão não con­se­gue supe­rar o San­tos Dumont.

O pano­ra­ma é bem dife­ren­te daque­le do fim da déca­da de 2000, quan­do o Galeão res­pon­dia por cer­ca de 70% dos pas­sa­gei­ros que saíam da cida­de em voos domés­ti­cos. Nos anos de 2007 e 2008, o per­cen­tu­al che­gou a 73%.

Movimento de passageiros no Aeroporto Santos Dumont no primeiro dia de greve dos aeronautas.
Repro­du­ção: Movi­men­to de pas­sa­gei­ros no Aero­por­to San­tos Dumont — Fer­nan­do Frazão/Agência Bra­sil

O San­tos Dumont ampli­ou sua par­ti­ci­pa­ção no mer­ca­do a par­tir de 2010, mas sem­pre repre­sen­tan­do meta­de do total de embar­ques domés­ti­cos na cida­de. E, des­de 2017, a fatia do Galeão vem dimi­nuin­do, pas­san­do de 56,8% em 2016 para 51% em 2019.

Pandemia

A par­tir de 2020, com a pan­de­mia de covid-19, o aero­por­to inter­na­ci­o­nal foi supe­ra­do pelo San­tos Dumont, pas­san­do a res­pon­der por menos da meta­de dos pas­sa­gei­ros domés­ti­cos: 40,4% em 2020, 33,1% em 2021 e 25,2% em 2022.

Arte Aeroportos
Repro­du­ção: Arte/Agência Bra­sil

O Galeão foi bas­tan­te afe­ta­do com as res­tri­ções de cir­cu­la­ção de via­jan­tes, devi­do ao coro­na­ví­rus, assim como vári­os aero­por­tos do mun­do. A per­da de pas­sa­gei­ros domés­ti­cos che­gou a 64,1% de 2019 para 2020, enquan­to o movi­men­to inter­na­ci­o­nal des­pen­cou 73,2%.

O ter­mi­nal cari­o­ca pas­sou de 6,9 milhões de embar­ques domés­ti­cos e inter­na­ci­o­nais em 2019, para 2,3 milhões, no ano seguin­te.

O San­tos Dumont tam­bém sofreu, mas em uma pro­por­ção menor, per­den­do 44,8% de pas­sa­gei­ros de um ano (4,5 milhões) para outro (2,5 milhões).

“Com a pan­de­mia, as com­pa­nhi­as aére­as tinham que man­ter uma malha aérea míni­ma para garan­tir que exis­tis­se conec­ti­vi­da­de no Bra­sil e elas aca­bam dan­do pre­fe­rên­cia para man­ter essa malha aérea míni­ma mui­to mais con­cen­tra­da no San­tos Dumont do que no Galeão, em fun­ção da pre­fe­rên­cia da gran­de mai­o­ria dos pas­sa­gei­ros [já que é um aero­por­to mais pró­xi­mo do cen­tro e da zona sul da cida­de]”, expli­ca Rafa­el Cas­tro, espe­ci­a­lis­ta em aero­por­tos e pro­fes­sor do cur­so de gra­du­a­ção em turis­mo do Cen­tro Fede­ral de Edu­ca­ção Tec­no­ló­gi­ca do Rio de Janei­ro (Cefet-RJ).

No ano seguin­te, enquan­to o San­tos Dumont já mos­tra­va recu­pe­ra­ção, cres­cen­do 34,4% em rela­ção ao ano ante­ri­or e pas­san­do a embar­car 3,3 milhões de pes­so­as, o Galeão con­ti­nu­a­va per­den­do pas­sa­gei­ros: ‑1,9% nos voos domés­ti­cos e ‑49,9% nos inter­na­ci­o­nais.

A recu­pe­ra­ção do Galeão viria ape­nas no ano seguin­te, com cres­ci­men­to de 316,9% no movi­men­to inter­na­ci­o­nal, ape­sar de ain­da apre­sen­tar um tími­do aumen­to nos pas­sa­gei­ros domés­ti­cos (1,7%).

Ain­da assim ficou lon­ge de recu­pe­rar suas ope­ra­ções pré-pan­de­mia, com uma movi­men­ta­ção de 2,9 milhões de embar­ques: 1,2 milhão inter­na­ci­o­nais e 1,7 milhão domés­ti­cos.

O San­tos Dumont, por sua vez, em 2022, já supe­ra­va sua movi­men­ta­ção pré-pan­de­mia, com 5 milhões de embar­ques, um núme­ro recor­de na série his­tó­ri­ca da Anac (ini­ci­a­da em 2000).

Rio de Janeiro (RJ) - Transferência de voos do Santos Dumont para Galeão - Professor Rafael CastroFoto: Divulgação
Repro­du­ção: Com o fim do iso­la­men­to soci­al, empre­sas deci­di­ram man­ter ope­ra­ções no San­tos Dumont, afir­ma o pro­fes­sor Rafa­el Cas­tro — Divul­ga­ção

Rafa­el Cas­tro, tam­bém conhe­ci­do como Dr. Aero­por­to nas redes soci­ais, expli­ca que, com o fim das medi­das de iso­la­men­to soci­al, as empre­sas deci­di­ram man­ter suas ope­ra­ções no San­tos Dumont.

“No pós-pan­de­mia, as com­pa­nhi­as aére­as per­ce­bem que, para elas, é mui­to mais negó­cio man­te­rem o espa­ço dos seus voos no San­tos Dumont. É como se hou­ves­se mes­mo um abo­ca­nha­men­to dos voos do Galeão pelo San­tos Dumont. Isso é pre­ju­di­ci­al por­que, além de esva­zi­ar o Galeão, faz com que o Rio de Janei­ro per­ca todo seu poten­ci­al como por­tão de entra­da para turis­tas inter­na­ci­o­nais que sem­pre teve”, afir­ma Cas­tro.

Por meio de nota, a Asso­ci­a­ção Bra­si­lei­ra das Empre­sas Aére­as (Abe­ar) des­ta­cou que a legis­la­ção vigen­te pre­vê liber­da­de de rotas e iso­no­mia entre as empre­sas aére­as. Tam­bém infor­mou que suas empre­sas asso­ci­a­das cum­prem “o limi­te esta­be­le­ci­do para a capa­ci­da­de do Aero­por­to San­tos Dumont”.

Uma por­ta­ria assi­na­da pelo minis­tro dos Por­tos e Aero­por­tos, Már­cio Fran­ça, no dia 10 des­te mês, pre­vê a migra­ção de voos do San­tos Dumont para o Galeão. A medi­da entra­rá em vigor no dia 2 de janei­ro de 2024.

Edi­ção: Juli­a­na Andra­de

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasil deve recuperar 25 milhões de hectares de vegetação nativa

Repro­du­ção: © Symbiosis/ Divul­ga­ção Meta deve ser cumprida até 2030 Publicado em 15/04/2024 — 10:39 …