...
sexta-feira ,23 fevereiro 2024
Home / Noticias / General defendeu rompimento institucional para manter Bolsonaro

General defendeu rompimento institucional para manter Bolsonaro

Repro­du­ção: © Lula Marques/ Agên­cia Bra­sil

Bolsonaro interrompeu fala de Heleno com receio de vazamento


Publi­ca­do em 09/02/2024 — 16:53 Por Pedro Peduz­zi e Alex Rodri­gues — Repór­te­res da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

O gene­ral Augus­to Hele­no defen­deu, duran­te a reu­nião da cúpu­la de gover­no do então pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro, rom­pi­men­tos ins­ti­tu­ci­o­nais e uma “vira­da de mesa” antes das elei­ções de 2022. Na mes­ma reu­nião, o ex-che­fe do Gabi­ne­te de Segu­ran­ça Ins­ti­tu­ci­o­nal (GSI) mani­fes­tou pre­o­cu­pa­ção com o ris­co de haver vaza­men­tos sobre a atu­a­ção de agen­tes da Agên­cia Bra­si­lei­ra de Inte­li­gên­cia (Abin).

A reu­nião está regis­tra­da em um vídeo divul­ga­do nes­ta sex­ta-fei­ra (9) pelo Supre­mo Tri­bu­nal Fede­ral (STF), no âmbi­to da Ope­ra­ção Tem­pus Veri­ta­tis. A ope­ra­ção foi defla­gra­da na quin­ta-fei­ra (8) pela Polí­cia Fede­ral para inves­ti­gar uma supos­ta orga­ni­za­ção cri­mi­no­sa cuja atu­a­ção teria resul­ta­do na ten­ta­ti­va mal­su­ce­di­da de gol­pe de Esta­do no 8 de janei­ro de 2023.

Ao mani­fes­tar pre­o­cu­pa­ção com a pos­si­bi­li­da­de de agen­tes da Abin que esta­ri­am sen­do estra­te­gi­ca­men­te infil­tra­dos naque­le ano elei­to­ral, Augus­to Hele­no foi inter­rom­pi­do por Bol­so­na­ro, sob o argu­men­to de que o assun­to teria de ser dis­cu­ti­do no par­ti­cu­lar.

“Dois pon­tos que eu que­ro colo­car aqui, pre­si­den­te. Pri­mei­ro, o pro­ble­ma da inte­li­gên­cia. Eu já con­ver­sei ontem com o Vitor, que é o novo pre­si­den­te da Abin [Vic­tor Felis­mi­no Car­nei­ro, então dire­tor-adjun­to da Abin]. Nós vamos mon­tar um esque­ma para acom­pa­nhar o que os dois lados estão fazen­do. O pro­ble­ma todo dis­so é que se vazar qual­quer coi­sa. A gen­te se conhe­ce nes­se meio. Qual­quer acu­sa­ção de infil­tra­ção des­ses ele­men­tos da Abin, em qual­quer…”.

Nes­se momen­to Augus­to Hele­no foi inter­rom­pi­do por Bol­so­na­ro. “Gene­ral, eu peço que o senhor não fale, por favor. Que não pros­si­ga na sua obser­va­ção aqui. Se a gen­te come­çar a falar [sobre] não vazar, esque­ce. Pode vazar. Então a gen­te con­ver­sa em par­ti­cu­lar na minha sala sobre esse assun­to, do que por­ven­tu­ra a Abin está fazen­do”, dis­se Bol­so­na­ro.

Rompimento institucional

O gene­ral Hele­no então reto­ma sua fala para mani­fes­tar a segun­da pre­o­cu­pa­ção. “Não tem VAR [juiz assis­ten­te de vídeo, uti­li­za­do no fute­bol] nas elei­ções. Não vai ter segun­da cha­ma­da das elei­ções. Não vai ter revi­são do VAR. Então o que tiver de ser fei­to tem de ser fei­to antes das elei­ções”, dis­se o gene­ral.

“Se tiver de dar soco na mesa é antes das elei­ções; se tiver de virar a mesa é antes das elei­ções. Depois das elei­ções será mui­to difí­cil que tenha­mos algu­ma nova pers­pec­ti­va. Até por­que eles vão fazer tão bem fei­to, que essa con­ver­sa do Fachin [minis­tro Edson Fachin, do STF] com os embai­xa­do­res, vai eli­mi­nar a pos­si­bi­li­da­de do VAR acon­te­cer. No dia seguin­te todo mun­do reco­nhe­ce [o novo gover­no], e fim de papo”, acres­cen­tou.

Na sequên­cia, Hele­no pro­põe a Bol­so­na­ro que pro­mo­va um rom­pi­men­to ins­ti­tu­ci­o­nal para se man­ter no poder. “Isso tem de ficar bem cla­ro. Acho que as coi­sas têm de ser fei­tas antes das elei­ções. Vai che­gar em um pon­to em que não vamos poder falar. Vamos ter de agir. Agir con­tra deter­mi­na­das ins­ti­tui­ções e con­tra deter­mi­na­das pes­so­as. Isso pra mim é mui­to cla­ro”.

Outro lado

À Agên­cia Bra­sil, Augus­to Hele­no afir­mou que não se mani­fes­ta­rá sobre o caso por não ter tido aces­so aos autos do pro­ces­so.

Em comu­ni­ca­do à impren­sa, a defe­sa de Jair Bol­so­na­ro afir­mou que ele “jamais com­pac­tu­ou com qual­quer movi­men­to que visas­se a des­cons­tru­ção do Esta­do Demo­crá­ti­co de Direi­to ou as ins­ti­tui­ções que o pavi­men­tam”.

Edi­ção: Ali­ne Leal

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio vai a R$ 97 milhões

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil Veja os números sorteados: 09 – 28 – 33 – …