...
domingo ,21 julho 2024
Home / Noticias do Mundo / Governo australiano vai manter fronteiras fechadas até 2022

Governo australiano vai manter fronteiras fechadas até 2022

2018-11-29t101546z_1_lynxnpeeas0oi_rtroptp_4_australia-economy-unemployment Repro­dução: © REUTERS/Steven Saphor

Informação é do ministro das Finanças, Simon Birmingham


Pub­li­ca­do em 06/05/2021 — 08:41 Por RTP — Cam­ber­ra

RTP - Rádio e Televisão de Portugal

O gov­er­no aus­traliano vai man­ter as fron­teiras inter­na­cionais fechadas até 2022 dev­i­do a incertezas sobre vaci­nas e novas vari­antes do novo coro­n­avírus, disse o min­istro das Finanças do país, Simon Birm­ing­ham, em entre­vista pub­li­ca­da nes­ta quin­ta-feira (6).

“As incertezas sobre a veloci­dade da vaci­nação e sua eficá­cia con­tra difer­entes vari­antes são con­sid­er­ações que sig­nifi­cam que não vamos abrir as fron­teiras de uma só vez no iní­cio do próx­i­mo ano muito facil­mente”, disse Simon Birm­ing­ham, ao jor­nal The Aus­tralian.

A Aus­trália, que fechou as fron­teiras inter­na­cionais em março de 2020, vive há meses uma rel­a­ti­va nor­mal­i­dade, inter­romp­i­da ape­nas por con­fi­na­men­tos rápi­dos e abrup­tos na sequên­cia de sur­tos cau­sa­dos por fal­has nos pro­to­co­los de quar­ente­na em cen­tros para moradores que regres­sam ao país.

O gov­er­no aus­traliano tam­bém proibiu, des­de a sem­ana pas­sa­da, a entra­da de cidadãos da Índia e des­de segun­da-feira (3) ameaçou impor mul­tas e penas de prisão aos que ten­tem regres­sar daque­le país, o que deu iní­cio a uma batal­ha judi­cial para provar a ile­gal­i­dade da medi­da.

A aber­tu­ra das fron­teiras inter­na­cionais é uma das pre­ocu­pações dos imi­grantes na Aus­trália, onde, segun­do o últi­mo cen­so nacional em 2016, metade dos 25 mil­hões de pes­soas do país nasceu no estrangeiro ou tem pelo menos os pais de out­ros país­es.

Por enquan­to, a Aus­trália tem uma bol­ha de viagem com a Nova Zelân­dia, que tem per­mi­ti­do via­gens nos dois sen­ti­dos sem quar­ente­na des­de 18 de abril, e anal­isa acor­dos semel­hantes com Sin­ga­pu­ra e Hong Kong.

Um dos maiores prob­le­mas do gov­er­no aus­traliano, no entan­to, são os atra­sos na vaci­nação, dev­i­do a prob­le­mas como as expor­tações ou efeitos secundários, o que resul­tou na dis­tribuição até ago­ra de cer­ca de 2,5 mil­hões de dos­es, muito aquém dos 4 mil­hões pre­vis­tos até o fim de março.

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasil pede esforço internacional para conter tensão no Oriente Médio

Repro­dução: © REUTERS/Amir Cohen País manifesta preocupação com intensificação do conflito Publicado em 14/04/2024 — …