...
segunda-feira ,17 junho 2024
Home / Noticias / Hacker apresenta à PF áudio de conversa com assessora de Zambelli

Hacker apresenta à PF áudio de conversa com assessora de Zambelli

Repro­du­ção: © Lula Marques/ Agên­cia Brasil

Delgatti diz que recebeu R$ 40 mil da deputada


Publi­ca­do em 18/08/2023 — 13:52 Por Alex Rodri­gues — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

O hac­ker Wal­ter Del­gat­ti Net­to apre­sen­tou à Polí­cia Fede­ral (PF), nes­ta sex­ta-fei­ra (18), um áudio que afir­ma ter rece­bi­do de uma asses­so­ra da depu­ta­da fede­ral Car­la Zam­bel­li (PL-SP). Segun­do o advo­ga­do de Del­gat­ti, Ari­o­val­do Morei­ra, na men­sa­gem de voz, envi­a­da por What­sApp, a asses­so­ra tra­ta do paga­men­to para que o hac­ker inva­dis­se o sis­te­ma do Con­se­lho Naci­o­nal de Jus­ti­ça (CNJ).

“Ele [Del­gat­ti] apre­sen­tou ao dele­ga­do que pre­si­de a inves­ti­ga­ção um áudio onde esta pes­soa, asses­so­ra da Zam­bel­li, faz pro­mes­sa de paga­men­to”, dis­se Morei­ra a jor­na­lis­tas após a con­clu­são do novo depoi­men­to de Del­gat­ti à PF.

Del­gat­ti já tinha pres­ta­do depoi­men­to à PF na quar­ta-fei­ra (16). Na oca­sião, o hac­ker afir­mou ter rece­bi­do R$ 40 mil da depu­ta­da fede­ral Car­la Zam­bel­li para inva­dir o sis­te­ma do CNJ e inse­rir fal­sos docu­men­tos no Ban­co Naci­o­nal de Man­da­dos de Pri­são, entre eles, um fal­so man­da­do de pri­são con­tra o minis­tro Ale­xan­dre de Mora­es, do Supre­mo Tri­bu­nal Fede­ral (STF). A depu­ta­da nega as acu­sa­ções.

De acor­do com o advo­ga­do Ari­o­val­do Morei­ra, Del­gat­ti já tinha men­ci­o­na­do aos poli­ci­ais fede­rais a con­ver­sa com a asses­so­ra da depu­ta­da, mas só hoje ele lem­brou o nome da asses­so­ra, que Morei­ra não reve­lou aos jor­na­lis­tas.

Ain­da segun­do o advo­ga­do, no depoi­men­to que pres­tou à PF na quar­ta-fei­ra, Del­gat­ti dei­xou de fora infor­ma­ções que reve­lou à Comis­são Par­la­men­tar Mis­ta de Inqué­ri­to (CPMI), nes­ta quin­ta-fei­ra (17), por­que o dele­ga­do fede­ral que o inqui­riu “enten­deu que não eram infor­ma­ções rele­van­tes para o inqué­ri­to que inves­ti­ga a inva­são do sis­te­ma do CNJ”.

“Hoje, [à PF] ele rei­te­rou o que foi dito ontem, na CPMI”, dis­se o advo­ga­do, que, mais cedo, já tinha dito a jor­na­lis­tas que Del­gat­ti não des­car­ta a pos­si­bi­li­da­de de fazer um acor­do de dela­ção pre­mi­a­da. Per­gun­ta­do sobre o que seu cli­en­te teria a ofe­re­cer em tro­ca de van­ta­gens após for­ne­cer tan­tas infor­ma­ções à PF e à CPMI, Morei­ra dis­se que Del­gat­ti tem cola­bo­ra­do para as auto­ri­da­des obte­rem “indí­ci­os de pro­vas”.

“Enten­do quan­do vocês [jor­na­lis­tas] per­gun­tam se há pro­vas [do que Del­gat­ti afir­ma]. Há indí­ci­os de pro­vas. Por­que não há dúvi­das de que o Wal­ter este­ve com Jair Bol­so­na­ro. Ontem, o filho do Bol­so­na­ro [o sena­dor Flá­vio Bol­so­na­ro] con­fes­sou isso. E há, com cer­te­za, no Minis­té­rio da Defe­sa, câme­ras e ima­gens. Com o Wal­ter [infor­man­do as] datas e horá­ri­os [em que afir­ma ter esta­do no pré­dio do minis­té­rio], mui­to pro­va­vel­men­te será pos­sí­vel obter estas pro­vas”, dis­se Morei­ra.

Agên­cia Bra­sil entrou em con­ta­to com a asses­so­ria da depu­ta­da Car­la Zam­bel­li e aguar­da a mani­fes­ta­ção da par­la­men­tar. A depu­ta­da está inter­na­da em um hos­pi­tal par­ti­cu­lar em Bra­sí­lia des­de ter­ça-fei­ra (15), devi­do a uma diver­ti­cu­li­te — infla­ma­ção que cos­tu­ma afe­tar par­tes do tra­to gas­troin­tes­ti­nal.

Ouça na Radi­o­a­gên­cia Naci­o­nal

 

Edi­ção: Fer­nan­do Fra­ga

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Sobe para 175 o número de mortos no RS após enchentes

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil Dois corpos foram encontrados em Teutônia e Agudo Publicado em …