...
sábado ,15 junho 2024
Home / Esportes / Hamilton é vítima de ofensas racistas nas redes após GP da Inglaterra

Hamilton é vítima de ofensas racistas nas redes após GP da Inglaterra

lewis_hamilton_gp_inglaterra_2021

Repro­du­ção: © Pool via REUTERS/Lars Baron/Direitos Reser­va­dos

Ataques começaram horas após a vitória do heptacampeão em casa


Publi­ca­do em 19/07/2021 — 11:41 Por Shri­vath­sa Sridhar — Ben­ga­lu­ru (Índia)

logo_reuters

Hamil­ton foi víti­ma de ofen­sas racis­tas na inter­net após ven­cer o Gran­de Prê­mio da Ingla­ter­ra, em Sil­vers­to­ne, com o Face­bo­ok afir­man­do nes­ta segun­da-fei­ra (19) que havia remo­vi­do vári­os comen­tá­ri­os do Ins­ta­gram.

O hep­ta­cam­peão mun­di­al come­mo­rou sua oita­va vitó­ria em casa nes­te domin­go (18), após supe­rar uma puni­ção de 10 segun­dos por uma coli­são na pri­mei­ra vol­ta que ter­mi­nou com o rival Max Vers­tap­pen no hos­pi­tal.

O pilo­to de 36 anos da Mer­ce­des foi víti­ma de ofen­sas onli­ne horas depois da vitó­ria, com men­sa­gens racis­tas, incluin­do emo­jis de maca­cos, sen­do envi­a­das a uma publi­ca­ção da sua equi­pe Mer­ce­des no Ins­ta­gram.

“As ofen­sas racis­tas dire­ci­o­na­das a Hamil­ton duran­te e depois do Gran­de Prê­mio da Ingla­ter­ra são ina­cei­tá­veis e nós remo­ve­mos vári­os comen­tá­ri­os do Ins­ta­gram”, afir­mou um por­ta-voz do Face­bo­ok, pro­pri­e­tá­rio do Ins­ta­gram, em um comu­ni­ca­do.

Em um comu­ni­ca­do con­jun­to, Mer­ce­des, a Fór­mu­la 1 e a enti­da­de admi­nis­tra­ti­va dos espor­tes a motor, a FIA, con­de­na­ram as ofen­sas con­tra Hamil­ton e pedi­ram puni­ção aos cul­pa­dos.

“Essas pes­so­as não têm lugar no nos­so espor­te e pedi­mos que os auto­res sejam res­pon­sa­bi­li­za­dos pelas suas ações”, dis­se o comu­ni­ca­do.

A Red Bull, equi­pe de Vers­tap­pen, que havia cri­ti­ca­do enfa­ti­ca­men­te a pilo­ta­gem de Hamil­ton no domin­go (18), se jun­tou à con­de­na­ção.

“Embo­ra seja­mos fero­zes rivais na pis­ta, esta­mos todos uni­dos con­tra o racis­mo”, afir­mou a equi­pe, em um comu­ni­ca­do. “Nós con­de­na­mos as ofen­sas racis­tas de qual­quer tipo dire­ci­o­na­das ao nos­so time, aos nos­sos con­cor­ren­tes e aos nos­sos tor­ce­do­res.”

Hamil­ton tem sido um ati­vis­ta por jus­ti­ça soci­al e apoi­a­dor do movi­men­to “Black Lives Mat­ter” (Vidas Negras Impor­tam).

* Repor­ta­gem adi­ci­o­nal de Alan Baldwin

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Flamengo aplica 6 a 1 no Vasco e vira líder provisório do Brasileirão

Repro­du­ção: © Repro­du­ção Instagram/Flamengo Goleada é a maior da história do Rubro-Negro no Clássico dos …