...
domingo ,21 julho 2024
Home / Esportes / Inglaterra faz 6 a 1 na China e avança invicta às oitavas da Copa

Inglaterra faz 6 a 1 na China e avança invicta às oitavas da Copa

Repro­dução: © Reuters/Asanka Bren­don Ratnayake/Direitos Reser­va­dos

No outro jogo do Grupo D, Dinamarca garantiu 2ª vaga ao bater Haiti


Pub­li­ca­do em 01/08/2023 — 11:00 Por Igor San­tos — Repórter da EBC — Rio de Janeiro

ouvir:

Campeã europeia e cota­da como uma das prin­ci­pais can­di­datas ao títu­lo da Copa do Mun­do Fem­i­ni­na de Fute­bol, a Inglater­ra — após duas vitórias pelo placar mín­i­mo — ain­da não havia mostra­do o fute­bol que lhe deu tal sta­tus. Nes­ta terça (1), em Ade­laide (Aus­tráli), a equipe enfim con­seguiu isso. Goleou a Chi­na por 6 a 1, garan­tiu o primeiro lugar do grupo D e fechou a fase de grupo com 100% de aproveita­men­to. Ago­ra, a Inglater­ra enfrenta a Nigéria, na segun­da (7), em Bris­bane, pelas oitavas de final.

Antes de a bola rolar, ambas as equipes tin­ham chance tan­to de avançar quan­to de serem elim­i­nadas da com­petição. No entan­to, com ape­nas qua­tro min­u­tos de jogo, a Inglater­ra começou a mostrar que esta­va deter­mi­na­da a não deixar dúvi­das sobre a clas­si­fi­cação. Após joga­da tra­bal­ha­da pela esquer­da, Alessia Rus­so bateu rasteiro, no can­to dire­ito de Yu Zhu, para abrir o placar.

Muito à von­tade em cam­po, a Inglater­ra não teve difi­cul­dades para empil­har gols. Aos 26, Hemp foi lança­da na cara do gol e tocou na saí­da da goleira para ampli­ar. Aos 41, Lau­ren James com­ple­tou joga­da ensa­ia­da com um chute de primeira para mar­car o ter­ceiro. A própria James chegou a mar­car mais uma vez no primeiro tem­po, mas o gol foi anu­la­do por imped­i­men­to.

No segun­do tem­po, a Chi­na ensaiou uma reação ao mar­car com Shuang Wang, con­ver­tendo pênalti após toque de mão de Lucy Bronze den­tro da área. No entan­to, o que se viu na sequên­cia foi mais domínio inglês.

Aos 20 min­u­tos, Lau­ren James fez out­ro belo gol com­ple­tan­do de primeira um passe aéreo que rece­beu, pelo lado esquer­do. Aos 32, Yu Zhu saiu do gol de for­ma desas­trosa, perdeu o tem­po de bola e deixou Chloe Kel­ly com­ple­ta­mente à von­tade para mar­car com a meta escan­car­a­da. E aos 39, Rachel Daly fez o últi­mo gol com­ple­tan­do na peque­na área.

Dinamarca bate Haiti e também avança

Em Perth (Aus­trália), o cenário era o mes­mo que em Ade­laide. Dina­mar­ca e Haiti entraram em cam­po com o futuro indefinido. O tri­un­fo das europeias por 2 a 0 acabou por con­fir­mar a clas­si­fi­cação do país às oitavas. O próx­i­mo due­lo será diante da Aus­trália, dona da casa, na segun­da (7), em Syd­ney.

Assim como a Inglater­ra, a Dina­mar­ca começou em cima das adver­sárias. Simone Boye chegou a mar­car logo aos três min­u­tos, mas esta­va impe­di­da. Aos 20, a bola tocou no braço de Dayana Pierre-Louis den­tro da área e a arbi­tragem mar­cou pênalti. Pernille Hard­er cobrou e mar­cou.

Pre­cisan­do virar o placar para se clas­si­ficar, o Haiti ten­tou imprim­ir uma pressão e criou chances. Porém, a Dina­mar­ca sem­pre esteve mais próx­i­ma do segun­do gol. No segun­do tem­po, Hard­er chegou a mar­car o segun­do dela, mas a Dina­mar­ca nova­mente teve um gol anu­la­do após mar­cação de fal­ta na goleira Ker­ly Theus na origem da joga­da.

A equipe só respirou mais alivi­a­da aos 55 min­u­tos, quan­do Troels­gaard foi lança­da pela dire­i­ta em con­tra-ataque e chutou cruza­do para mar­car o segun­do.

Edição: Cláu­dia Soares Rodrigues

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Bia Haddad cai para Danielle Collins na terceira rodada de Wimbledon

Repro­dução: © Matthew Childs/Reuters/Proibida a Repro­dução Tenista brasileira cai de produção após paralisações por chuva …