...
terça-feira ,27 fevereiro 2024
Home / Noticias / INSS: pedidos de benefícios devem ser atendidos em até 30 dias em 2024

INSS: pedidos de benefícios devem ser atendidos em até 30 dias em 2024

Repro­du­ção: © Joéd­son Alves/Agência Bra­sil

Informação é do minsitro Carlos Lupi durante programa de TV da EBC


Publi­ca­do em 22/11/2023 — 09:03 Por Pau­la Labois­siè­re – Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

O minis­tro da Pre­vi­dên­cia Soci­al, Car­los Lupi, dis­se nes­ta quar­ta-fei­ra (21) que, até dezem­bro de 2024, a pas­ta pre­ten­de aten­der a todos os pedi­dos de bene­fí­ci­os em um pra­zo máxi­mo de 30 dias. A legis­la­ção bra­si­lei­ra pre­vê que o aten­di­men­to acon­te­ça em até 45 dias. Entre­tan­to, segun­do o pró­prio Lupi, atu­al­men­te, ape­nas 55% das pes­so­as são aten­di­das nes­se pra­zo. 

“Até dezem­bro, nos­sa inten­ção é colo­car todo mun­do em 45 dias de espe­ra. Para que, no ano que vem, come­ce­mos a pen­sar em um novo mode­lo, um mode­lo mais ágil, mais rápi­do. Esta­mos tra­ba­lhan­do para isso”, afir­mou, ao par­ti­ci­par de entre­vis­ta a emis­so­ras de rádio duran­te o pro­gra­ma Bom Dia, Minis­tro, da Empre­sa Bra­sil de Comu­ni­ca­ção (EBC).

De acor­do com o minis­tro, em janei­ro des­te ano, quan­do o pre­si­den­te Luiz Iná­cio Lula da Sil­va assu­miu o gover­no, o per­cen­tu­al de pedi­dos de bene­fí­ci­os aten­di­dos em até 45 dias era de cer­ca de 30%. “Esta­mos afu­ni­lan­do”, dis­se.

“Nos­sa inten­ção é colo­car todo mun­do em 45 dias até dezem­bro. Cla­ro que você só tem o balan­ço de dezem­bro em janei­ro, por­que tem que espe­rar o mês ter­mi­nar. Mas a nos­sa inten­ção é essa. E eu sou um pou­co ousa­do: pre­ten­do que, no ano de 2024, tenha­mos todos numa fila de 30 dias. Até o final do ano que vem. Para isso, a gen­te está fazen­do uma série de medi­das.”

Atestmed

Lupi lem­brou que segu­ra­dos do INSS que pre­ci­sam soli­ci­tar o bene­fí­cio por inca­pa­ci­da­de tem­po­rá­ria (anti­go auxí­lio-doen­ça) podem fazer o reque­ri­men­to por meio de aná­li­se docu­men­tal e ter o bene­fí­cio con­ce­di­do de for­ma mais rápi­da, sem pas­sar pela perí­cia médi­ca. O pro­ces­so, que rece­beu o nome de Atest­med, pode ser fei­to por meio do site ou do app MeuINSS.

“O ates­ta­do que você tem como cida­dão, par­ti­cu­lar, com CRM, ou do SUS ou de qual­quer hos­pi­tal públi­co, ser­ve como ates­ta­do para você tirar a sua licen­ça até 90 dias, pro­vi­só­ria, e rece­ber pela pre­vi­dên­cia soci­al”, dis­se. “Não pre­ci­sa ter que ir pra perí­cia pra fazer um novo exa­me. Já está o exa­me ali, já está cons­ta­ta­do pelo médi­co, nós con­fi­a­mos nos médi­cos bra­si­lei­ros. Isso já melho­ra bas­tan­te o flu­xo da fila. A perí­cia só vai entrar quan­do esse pra­zo é mai­or, quan­do é uma coi­sa mais gra­ve,” expli­cou o minis­tro.

Edi­ção: Valé­ria Agui­ar

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Temporal no estado do Rio deixou pelo menos nove mortos

Repro­du­ção: © Fer­nan­do Frazão/Agência Bra­sil Secretários discutiram com prefeitos medidas para reduzir impactos Publi­ca­do em …