...
quinta-feira ,20 junho 2024
Home / Esportes / Isaquias Queiroz é campeão mundial no C1 500 metros no Canadá

Isaquias Queiroz é campeão mundial no C1 500 metros no Canadá

Repro­du­ção: © Fábio Canhete/CBCa/Direitos Reser­va­dos

Também teve ouro e prata do Brasil no Mundial de Paracanoagem


Publi­ca­do em 06/08/2022 — 16:59 Por Igor San­tos — Repór­ter da EBC — Rio de Janei­ro

Ouça a maté­ria:

O bai­a­no Isa­qui­as Quei­roz aumen­tou sua cole­ção de títu­los mun­di­ais na cano­a­gem nes­te sába­do (6), em Hali­fax (Cana­dá). O canoís­ta che­gou à sua séti­ma meda­lha de ouro ao ven­cer a pro­va do C1 500 metros. Isa­qui­as, dono de um ouro, duas pra­tas e um bron­ze olím­pi­cos (Rio 2016 e Tóquio 2020), já soma­va seis ouros e seis bron­zes em Mun­di­ais. 

Na pro­va des­te sába­do (6), o bra­si­lei­ro, de 28 anos, sim­ples­men­te não deu chan­ces aos adver­sá­ri­os. Ele con­cluiu em 1min54s49, 2s02 à fren­te do meda­lhis­ta de pra­ta, o romen­to Cata­lin Chi­ri­la. O bron­ze ficou com o tche­co Mar­tin Fuk­sa, com o tem­po de 1min56s79. Isa­qui­as lide­rou a pro­va de pon­ta a pon­ta.

O bai­a­no ain­da pode ampli­ar a con­ta­gem de meda­lhas em mun­di­ais nes­te domin­go (7). Ele dis­pu­ta­rá a final do C1 1000m, a par­tir das 11h33 (horá­rio de Bra­sí­lia). Isa­qui­as é o atu­al cam­peão olím­pi­co des­ta pro­va.

Dobradinha do Brasil no Mundial de Paracanoagem

Este sába­do foi o últi­mo dia de dis­pu­tas do Mun­di­al de Para­ca­no­a­gem, tam­bém em Hali­fax. O Bra­sil teve cin­co atle­tas na água e dois subi­ram ao pódio na mes­ma pro­va. No VL 200m, Igor Tofa­li­ni e Fer­nan­do Rufi­no fize­ram dobra­di­nha para o país, com ouro e pra­ta, res­pec­ti­va­men­te.

Tofa­li­ni ven­ceu de for­ma emo­ci­o­nan­te, com o tem­po de 51s67, ape­nas 33 cen­té­si­mos à fren­te de Rufi­no, atu­al cam­peão para­lím­pi­co da pro­va.

O Bra­sil encer­rou a com­pe­ti­ção no ter­cei­ro lugar no qua­dro geral de meda­lhas. Além dos dois pódi­os nes­te sába­do, o país já con­quis­ta­ra uma uma pra­ta (com Luis Car­los Car­do­so, no KL1 200m) e um bron­ze (com Mari San­til­li, no VL3 200m).

Edi­ção: Cláu­dia Soa­res Rodri­gues

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Franca derrota Flamengo e fica a uma vitória do título do NBB

Repro­du­ção: © Mar­cos Limonti/Sesi Fran­ca Basquete/Direitos Reser­va­dos Equipe do interior de São Paulo triunfou por …