...
segunda-feira ,22 julho 2024
Home / Justiça / Lewandowski ordena acesso a mensagens da Operação Spoofing

Lewandowski ordena acesso a mensagens da Operação Spoofing

Ministro Ricardo Lewandowski durante sessão da 2ª turma do STF.
Min­istro Ricar­do Lewandows­ki durante sessão da 2ª tur­ma do STF.

© Nel­son Jr./SCO/STF

Processo apura invasão de celulares de autoridades por hackers


Pub­li­ca­do em 28/12/2020 — 12:02 Por Felipe Pontes — Repórter da Agên­cia Brasil — Brasília

O min­istro Ricar­do Lewandows­ki, do Supre­mo Tri­bunal Fed­er­al (STF), deter­mi­nou hoje (28) que a 10ª Vara Fed­er­al de Brasília com­par­til­he com a defe­sa do ex-pres­i­dente Luiz Iná­cio Lula da Sil­va as men­sagens col­hi­das na Oper­ação Spoof­ing, que apu­ra a invasão de celu­lares de diver­sas autori­dades da Repúbli­ca por um grupo de hack­ers.

A defe­sa de Lula pediu aces­so às men­sagens ale­gan­do que nelas há difer­entes menções aos proces­sos con­tra o ex-pres­i­dente na Oper­ação Lava Jato, con­forme série de reporta­gens da impren­sa.

Nas con­ver­sas, há por exem­p­lo tro­cas de men­sagens entre o ex-coor­de­nador da Lava Jato no Paraná, o procu­rador Deltan Dal­lagnol, e o ex-juiz Ser­gio Moro, anti­go tit­u­lar da 13ª Vara Fed­er­al de Curiti­ba, respon­sáv­el pela oper­ação.

Os advo­ga­dos de Lula alegam ser necessário ter aces­so ao teor do inquéri­to da Spoof­ing para iden­ti­ficar a pos­sív­el par­cial­i­dade na con­dução dos proces­sos con­tra o ex-pres­i­dente.

“Diante da verossim­il­hança da ale­gação e ten­do em con­ta o dire­ito con­sti­tu­cional à ampla defe­sa, defiro, por enquan­to, sem pre­juí­zo de providên­cias ulte­ri­ores”, afir­mou Lewandows­ki.

O min­istro orde­nou o com­par­til­hamen­to, sob super­visão de per­i­tos da Polí­cia Fed­er­al (PF) e no pra­zo de 10 dias, das men­sagens arrecadadas pela Oper­ação Spoof­ing que digam respeito a Lula “dire­ta ou indi­re­ta­mente, bem assim as que ten­ham relação com inves­ti­gações e ações penais con­tra ele movi­das na 13ª Vara Fed­er­al Crim­i­nal de Curiti­ba ou em qual­quer out­ra juris­dição, ain­da que estrangeira”.

Edição: Valéria Aguiar

Agên­cia Brasil / EBC


Você pode Gostar de:

Samarco é alvo de ação que pede R$ 3,6 milhões por danos às mulheres

Repro­dução: © Tânia Rêgo/Agência Brasil Órgãos alegam que o processo reparatório fez diferença de gênero Publicado …