...
sexta-feira ,23 fevereiro 2024
Home / Noticias do Mundo / Lula: planeta está farto de acordos climáticos não cumpridos

Lula: planeta está farto de acordos climáticos não cumpridos

Repro­du­ção: © Ricar­do Stuc­kert

Presidente está em Dubai, onde participa da COP28


Publi­ca­do em 01/12/2023 — 08:58 Por Pau­la Labois­siè­re – Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

Em seu pri­mei­ro dis­cur­so na aber­tu­ra da Con­fe­rên­cia das Nações Uni­das sobre Mudan­ças Cli­má­ti­cas (COP28), em Dubai, o pre­si­den­te Luiz Iná­cio Lula da Sil­va dis­se nes­ta sex­ta-fei­ra (1º) que o pla­ne­ta está far­to de acor­dos cli­má­ti­cos não cum­pri­dos, de metas de redu­ção de emis­são de car­bo­no negli­gen­ci­a­das, de dis­cur­sos elo­quen­tes e vazi­os e do auxí­lio finan­cei­ro aos paí­ses pobres que não che­ga. “O pla­ne­ta já não espe­ra para cobrar da pró­xi­ma gera­ção”.

Duran­te a sole­ni­da­de, lula citou que a huma­ni­da­de sofre com secas, enchen­tes e ondas de calor cada vez mais extre­mas e fre­quen­tes e lem­brou a seca no Nor­te do Bra­sil e as enchen­tes no Sul. “A Amazô­nia amar­ga uma das mais trá­gi­cas secas de sua his­tó­ria. No Sul, tem­pes­ta­des e ciclo­nes dei­xam um ras­tro iné­di­to de des­trui­ção e mor­te”, des­ta­cou. “A ciên­cia e a rea­li­da­de nos mos­tram que des­ta vez a con­ta che­gou antes”.

“Quan­tos líde­res mun­di­ais estão de fato com­pro­me­ti­dos em sal­var o pla­ne­ta? Somen­te no ano pas­sa­do, o mun­do gas­tou mais de US$ 2 tri­lhões em armas. Quan­tia que pode­ria ser inves­ti­da no com­ba­te à fome e no enfren­ta­men­to da mudan­ça cli­má­ti­ca. Quan­tas tone­la­das de car­bo­no são emi­ti­das pelos mís­seis que cru­zam o céu e desa­bam sobre civis ino­cen­tes, sobre­tu­do cri­an­ças e mulhe­res famin­tas?”

Segun­do o pre­si­den­te, a con­ta das mudan­ças cli­má­ti­cas não é a mes­ma para todos e che­gou pri­mei­ro para as popu­la­ções mais pobres. Ele lem­brou que o 1% mais rico do pla­ne­ta emi­te o mes­mo volu­me de car­bo­no que 66% de toda a popu­la­ção mun­di­al. “O mun­do natu­ra­li­zou dis­pa­ri­da­des ina­cei­tá­veis de ren­da, gêne­ro e raça.”

“Tra­ba­lha­do­res do cam­po, que têm suas lavou­ras de sub­sis­tên­cia devas­ta­das pela seca, e já não podem ali­men­tar suas famí­li­as. Mora­do­res das peri­fe­ri­as das gran­des cida­des, que per­dem o pou­co que têm quan­do a enchen­te arras­ta tudo: casas, móveis, ani­mais de esti­ma­ção e seus pró­pri­os filhos. A injus­ti­ça que pena­li­za as gera­ções mais jovens é ape­nas uma das faces das desi­gual­da­des que nos afli­gem”.

Para Lula, não é pos­sí­vel enfren­tar as mudan­ças do cli­ma sem com­ba­ter as desi­gual­da­des. “Quem pas­sa fome tem sua exis­tên­cia apri­si­o­na­da na dor do pre­sen­te. E tor­na-se inca­paz de pen­sar no ama­nhã. Redu­zir vul­ne­ra­bi­li­da­des soci­o­e­conô­mi­cas sig­ni­fi­ca cons­truir resi­li­ên­cia fren­te a even­tos extre­mos. Sig­ni­fi­ca tam­bém ter con­di­ções de redi­re­ci­o­nar esfor­ços para a luta con­tra o aque­ci­men­to glo­bal.”

“O não cum­pri­men­to dos com­pro­mis­sos assu­mi­dos cor­rói a cre­di­bi­li­da­de do regi­me. É pre­ci­so res­ga­tar a cren­ça no mul­ti­la­te­ra­lis­mo. É inex­pli­cá­vel que a ONU [Orga­ni­za­ção das Nações Uni­das], ape­sar de seus esfor­ços, se mos­tre inca­paz de man­ter a paz, sim­ples­men­te por­que alguns dos seus mem­bros lucram com a guer­ra. É lamen­tá­vel que acor­dos como o Pro­to­co­lo de Kyo­to ou os Acor­dos de Paris não sejam imple­men­ta­dos”.

“Gover­nan­tes não podem se exi­mir de suas res­pon­sa­bi­li­da­des. Nenhum país resol­ve­rá seus pro­ble­mas sozi­nho. Esta­mos todos obri­ga­dos a atu­ar jun­tos além de nos­sas fron­tei­ras. O Bra­sil está dis­pos­to a lide­rar pelo exem­plo”, con­cluiu, ao citar os ajus­tes das metas cli­má­ti­cas bra­si­lei­ras, a redu­ção do des­ma­ta­men­to na Amazô­nia e o que cha­mou de indus­tri­a­li­za­ção ver­de, agri­cul­tu­ra de bai­xo car­bo­no e bio­e­co­no­mia.

Edi­ção: Valé­ria Agui­ar

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasília (DF) 11/12/2023 – Yasmeen Rabee conversa com jornalistas após pouso do avião KC-30 . A Operação Voltando em Paz, do Governo Federal, cumpre mais uma missão de repatriação de brasileiros, tinha a bordo, 48 passageiros repatriados da Faixa de Gaza. Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Mais um grupo de repatriados de Gaza chega ao Brasil

Repro­du­ção: © Anto­nio Cruz/Agência Bra­sil Avião da FAB pousou em Brasília às 3h47 com 48 …