...
sexta-feira ,19 abril 2024
Home / Saúde / Maioria dos homens reconhece que precisa tratar melhor da saúde

Maioria dos homens reconhece que precisa tratar melhor da saúde

Repro­du­ção: © Val­ter Campanato/Agência Bra­sil

Dado é da pesquisa A Saúde do Brasileiro


Publi­ca­do em 04/11/2023 — 11:21 Por Lety­cia Bond — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — São Pau­lo

ouvir:

De cada dez homens, oito (83%) reco­nhe­cem que pre­ci­sam cui­dar mais da pró­pria saú­de, mas par­ce­las sig­ni­fi­ca­ti­vas ain­da iden­ti­fi­cam, no dia a dia, empe­ci­lhos. De acor­do com a pes­qui­sa A Saú­de do Bra­si­lei­ro, do Ins­ti­tu­to Lado a Lado pela Vida, em par­ce­ria com o Qua­li­Best, 51% deles apon­tam a roti­na estres­san­te como o prin­ci­pal obs­tá­cu­lo e 32%, o aces­so à saú­de. Ao todo, 63% dis­se­ram que se pre­o­cu­pam mui­to com a pró­pria saú­de.

Para conhe­cer a per­cep­ção do gru­po, a enti­da­de entre­vis­tou 815 pes­so­as, dos quais mais da meta­de (52%) é usuá­ria do Sis­te­ma Úni­co de Saú­de (SUS), pou­co mais de um quar­to (27%) uti­li­za o sis­te­ma suple­men­tar (pla­nos e segu­ros de saú­de) e cer­ca de um quin­to (21%) usa ambos os sis­te­mas de saú­de.

A equi­pe de son­da­gem apu­rou, ain­da, que a pro­por­ção de homens que dizem ir ao médi­co ao menos uma vez ao ano é sig­ni­fi­ca­ti­va, de 88%. Um pon­to que se des­ta­ca é o fato de que 84% dos entre­vis­ta­dos dis­se­ram que quem agen­da as pró­pri­as con­sul­tas médi­cas são eles mes­mos, res­tan­do 10% que ain­da depen­dem das com­pa­nhei­ras para rea­li­zar essa tare­fa em seu lugar.

Embo­ra haja os que per­ma­ne­cem dele­gan­do a res­pon­sa­bi­li­da­de, a pre­si­den­te do Ins­ti­tu­to Lado a Lado pela Vida, Mar­le­ne Oli­vei­ra, ava­lia que o que se viu, ao lon­go dos anos, foi pro­gres­so em rela­ção a isso. “É que a gen­te fala do Bra­sil, que tem dimen­são con­ti­nen­tal. Tem regiões em que o homem ain­da tem pre­con­cei­to mui­to for­te e ele não se cui­da. Mas a cam­pa­nha Novem­bro Azul tem cum­pri­do seu papel, que é de ori­en­ta­ção”, expli­cou.

Mui­tas vezes, como res­sal­ta Mar­le­ne, os homens aca­bam agra­van­do qua­dros de saú­de que pode­ri­am ter sido diag­nos­ti­ca­dos pre­co­ce­men­te, o que, inclu­si­ve, one­ra as redes de saú­de, já que os tra­ta­men­tos aca­bam cus­tan­do mais em fases mais avan­ça­das.

“Nós temos um dado do ano pas­sa­do, de uma pes­qui­sa que fize­mos, que é o de que 62% dos homens só pro­cu­ram o sis­te­ma de saú­de se estão sen­tin­do algo insu­por­tá­vel”, reve­lou.

Dos homens que par­ti­ci­pa­ram da pes­qui­sa e demons­tra­ram pre­o­cu­pa­ção com o cor­po, 42% deles assu­mi­ram estar aci­ma do peso indi­ca­do. Des­se total, 31% têm sobre­pe­so de 6 qui­los a 10 qui­los, enquan­to um quar­to dos entre­vis­ta­dos (25%) pesa, atu­al­men­te, 15 qui­los a mais do que o ide­al.

A pes­qui­sa iden­ti­fi­cou ain­da alguns tipos de tra­ta­men­to que os homens têm fei­to. No total, 16% dos res­pon­den­tes infor­ma­ram tra­ta­men­to de doen­ças do cora­ção rea­li­za­do nos últi­mos 5 anos; 15% tra­ta­ram a obe­si­da­de e 14% as doen­ças res­pi­ra­tó­ri­as. Uma por­cen­ta­gem bas­tan­te infe­ri­or, de ape­nas 3%, tra­tou algum tipo de cân­cer.

Mar­le­ne Oli­vei­ra defen­de que, por con­ta dos pro­ble­mas rela­ci­o­na­dos ao mode­lo de viri­li­da­de que a soci­e­da­de ali­men­ta, que refor­ça a ideia de que homens não podem ter fra­gi­li­da­des, as famí­li­as fomen­tem dis­cus­sões sobre a saú­de do homem des­de cedo com os meni­nos, da mes­ma for­ma como fazem a edu­ca­ção das meni­nas nes­se âmbi­to, além de cam­pa­nhas pro­mo­vi­das pelo poder públi­co.

“As meni­nas, a par­tir de 12, 13 anos, a gen­te já edu­ca que vai ter que acom­pa­nhar sua saú­de gine­co­ló­gi­ca e outras coi­sas. E a gen­te, mulher, se toca e acen­de um aler­ta quan­do per­ce­be algu­ma coi­sa dife­ren­te. O homem, não, vai con­vi­ven­do com aqui­lo, por­que acha que é nor­mal”.

Edi­ção: Fer­nan­do Fra­ga

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Entenda o que é o transtorno do espectro autista

Repro­du­ção: © Michal Parzuchowski/Pixabay Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo é celebrado neste dia …