...
domingo ,21 julho 2024
Home / Ciência, Tecnologia, inteligência artificial / MCTI inaugura parque que demonstra tecnologias em internet das coisas

MCTI inaugura parque que demonstra tecnologias em internet das coisas

mcti_02

Repro­dução: © Min­istério da Ciên­cia

Centro fica no interior paulista e deve popularizar a ciência no país


Pub­li­ca­do em 30/04/2021 — 13:31 Por Pedro Peduzzi — Repórter da Agên­cia Brasil — Brasília

O Min­istério da Ciên­cia, Tec­nolo­gia e Ino­vações (MCTI) e o Cen­tro Uni­ver­sitário Facens inau­gu­raram hoje (30), em Soro­ca­ba, no inte­ri­or paulista, o Cen­tro de Refer­ên­cia IoT e Tec­nolo­gias 4.0. O espaço é des­ti­na­do a demon­strações práti­cas de tec­nolo­gias que fazem uso da chama­da inter­net das coisas (IoT), adven­to que, graças à quin­ta ger­ação da inter­net (5G), pos­si­bil­i­tará o uso coor­de­na­do e inteligente de apar­el­hos para con­tro­lar diver­sas ativi­dades.

Ao conec­tar obje­tos do cotid­i­ano – como eletrodomés­ti­cos, smart­phones, roupas e automóveis – à inter­net (e entre si), essa tec­nolo­gia per­mi­tirá até mes­mo a real­iza­ção de pro­ced­i­men­tos médi­cos del­i­ca­dos a dis­tân­cia, além de sis­temas de direção automáti­ca de car­ros e as mais diver­sas tec­nolo­gias de automação e inteligên­cia arti­fi­cial, inclu­sive para a agri­cul­tura, a indús­tria e as cidades.

O cen­tro de refer­ên­cia inau­gu­ra­do nes­ta sex­ta-feira tornará pos­sív­el a demon­stração de soluções em IoT em áreas con­sid­er­adas pri­or­itárias segun­do o Plano Nacional de Inter­net das Coisas, que abrange ações em frentes como o Cidades 4.0, Saúde 4.0, Agro 4.0, Indús­tria 4.0, Tur­is­mo 4.0 e Edu­cação 4.0.

“A ideia é que o cen­tro ofer­eça pro­gra­mas para a pro­moção do ensi­no, for­mação, pop­u­lar­iza­ção e divul­gação da ciên­cia e tec­nolo­gia no país, pro­moven­do o ensi­no ino­vador, empreende­doris­mo e desen­volvi­men­to das deman­das locais, com o enga­ja­men­to da indús­tria, acad­e­mia e gov­er­no”, infor­ma o min­istério.

Em nota, o min­istro da Ciên­cia, Tec­nolo­gia e Ino­vações, Mar­cos Pontes, diz que é papel da pas­ta dire­cionar o uso da inter­net das coisas e preparar a pop­u­lação para lidar com as tec­nolo­gias do futuro.

Enquan­to o avanço das tec­nolo­gias vai tor­nan­do muitas tare­fas mais efi­cientes e pre­cisas, é pre­ciso lem­brar que é necessário cri­ar empre­gos alin­hados a esse pro­gres­so para as pes­soas, afir­ma Pontes. “Nós não podemos parar a tec­nolo­gia para man­ter os pos­tos de tra­bal­ho, mas podemos preparar e requal­i­ficar os profis­sion­ais, assim como for­mar as novas ger­ações já adap­tadas para esse novo cenário.”

Segun­do o MCTI, o cen­tro de refer­ên­cia de Soro­ca­ba estará inte­gra­do ao Smart Cam­pus Facens – lab­o­ratório volta­do para a solução de “prob­le­mas reais, conectan­do a comu­nidade acadêmi­ca, mer­ca­do, empre­sas e sociedade, por meio de pro­je­tos que tornem as cidades mais humanas, inteligentes e sus­ten­táveis”.

Edição: Nádia Fran­co

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Jornalista da TV Brasil Luciana Barreto é finalista do Prêmio Jabuti

Repro­dução: © Tânia Rêgo/Agência Brasil Tema do livro é o ódio nas redes sociais Publicado …