...
quarta-feira ,24 julho 2024
Home / Noticias / Microexplosão atinge município gaúcho de São Luiz Gonzaga

Microexplosão atinge município gaúcho de São Luiz Gonzaga

Repro­dução: © Casa Civ­il RS/Divulgação

Fenômeno se dá quando há intensa instabilidade associada a frente fria


Publicado em 16/06/2024 — 15:40 Por Cristina Índio do Brasil — Repórter da Agência Brasil — Rio de Janeiro

ouvir:

O fenô­meno que atingiu o municí­pio de São Luiz Gon­za­ga, na região das Mis­sões, no noroeste do Rio Grande do Sul, por vol­ta de 22h30 desse sába­do (15), foi clas­si­fi­ca­do pela Sala de Situ­ação da Defe­sa Civ­il do esta­do, que acom­pan­ha os efeitos das enchentes, como “microex­plosão”. O fenô­meno é decor­rente de inten­sa insta­bil­i­dade asso­ci­a­da a uma frente fria esta­cionária, jun­ta­mente com o fluxo de umi­dade do norte do país”.

Segun­do a Defe­sa Civ­il, uma pes­soa ficou feri­da. “Foi reg­istra­do que uma pes­soa se feriu enquan­to ten­ta­va colo­car lonas em sua residên­cia, mas não há maiores infor­mações a respeito da condição atu­al, no momen­to”.

No iní­cio da madru­ga­da de hoje, uma equipe do órgão foi para lá apoiar a admin­is­tração da cidade, con­heci­da como cap­i­tal estad­ual da Músi­ca Mis­sioneira e cap­i­tal gaúcha do arroz car­reteiro.

“De acor­do com lev­an­ta­men­to da prefeitu­ra, cer­ca de 1.200 residên­cias, qua­tro esco­las, dois pos­tos de saúde, o pré­dio da Sec­re­taria munic­i­pal de Saúde, o Museu Arque­ológi­co e diver­sos esta­b­elec­i­men­tos com­er­ci­ais foram destel­ha­dos por ven­tos fortes e que­da de grani­zo”, infor­mou, em nota, a Defe­sa Civ­il.

Brasília (DF) 16/06/2024 - No sábado, 15 de junho, por volta de 22h30, ocorreu, na cidade de São Luiz Gonzaga, um fenômeno classificado pela Sala de Situação do Estado como uma microexplosão, decorrente de uma intensa instabilidade associada a uma frente-fria estacionária, juntamente com o fluxo de umidade do norte do país. Foto: Casa Civil RS/Divulgação
Repro­dução: São Luiz Gon­za­ga (RS) — Fenô­meno em municí­pio gaú­cho foi clas­si­fi­ca­do pela Defe­sa Civ­il como microex­plosão, decor­rente de inten­sa insta­bil­i­dade climáti­ca — Foto Casa Civ­il RS/Divulgação

O min­istro extra­ordinário de Apoio à Recon­strução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimen­ta, disse que con­ver­sou com o prefeito de São Luiz Gon­za­ga, Sid­ney Bron­dani, e com a vereado­ra Ana Bar­ros para infor­mar que acom­pan­ha des­de cedo o tem­po­ral que ocor­reu na cidade, onde cer­ca de 15 mil pes­soas foram atingi­das

Pimen­ta acres­cen­tou que a situ­ação merece toda a atenção e acom­pan­hamen­to neste momen­to difí­cil em que vive o esta­do.

“Já estou com uma cópia do decre­to de emergên­cia e fiz con­ta­to com a Defe­sa Civ­il Nacional. O gov­er­no do pres­i­dente Lula, como sem­pre, estará pre­sente, dan­do apoio a São Luiz Gon­za­ga. Eu, par­tic­u­lar­mente, como min­istro de Apoio à Recon­strução, estou total­mente à dis­posição e pre­sente para aju­dar em tudo que for necessário a São Luiz Gon­za­ga neste momen­to”, disse por meio de áudio.

Fenômeno

A Defe­sa Civ­il estad­ual infor­mou que a microex­plosão é um fenô­meno que pode ocor­rer quan­do exis­tem tem­pes­tades inten­sas com muitas descar­gas elétri­c­as, grani­zo e mui­ta água na sua base.

“Quan­do a nuvem não supor­ta mais a quan­ti­dade de água, ela ‘despe­ja’ todo esse vol­ume sig­ni­fica­ti­vo em direção ao solo, fazen­do com que ocor­ra mui­ta pre­cip­i­tação em pouco tem­po, geral­mente sendo acom­pan­ha­da de rajadas de ven­to que podem chegar a 150 km por hora”

A con­clusão sobre o tipo do fenô­meno, de acor­do com a Defe­sa Civ­il estad­ual, foi basea­da nos danos ocor­ri­dos em São Luiz Gon­za­ga e nas ima­gens cap­tadas do local pela Briga­da Mil­i­tar. “A Sala de Situ­ação do RS con­cluiu que foi um fenô­meno dessa natureza que ocor­reu na cidade”, rela­tou.

As oper­ações no municí­pio con­tam com o tra­bal­ho de guarnições da Briga­da Mil­i­tar, do Cor­po de Bombeiros Mil­i­tar, equipes da admin­is­tração munic­i­pal, além das equipes da Defe­sa Civ­il estad­ual e munic­i­pal.

Previsão

No fim da man­hã deste domin­go (16), a Defe­sa Civ­il do esta­do pub­li­cou em sua pági­na na inter­net um aler­ta de chu­va inten­sa com risco de alaga­men­tos, ven­tos fortes e descar­gas elétri­c­as, váli­do até as 19h de hoje. Recomen­dou que, em caso de emergên­cia, a pop­u­lação ligue para 190/193.

“Caso seja sur­preen­di­do pelo tem­po severo, busque abri­go e não atrav­es­se alaga­men­tos a pé ou mes­mo de car­ro. Pro­cure infor­mações jun­to à Defe­sa Civ­il da sua cidade, con­heça os planos de con­tingên­cia munic­i­pais para saber quais os riscos e como agir em caso de desas­tre no seu municí­pio”, com­ple­tou.

Edição: Graça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Dia do Amigo: relação é fundamental para a saúde mental, diz psicóloga

Repro­dução: © Marce­lo Camargo/Agência Brasil Especialistas ressaltam que ter amizades é importante desde a infância …