...
quarta-feira ,17 abril 2024
Home / Direitos Humanos / Moradores da Baixada Fluminense começam a receber o Cartão Recomeçar

Moradores da Baixada Fluminense começam a receber o Cartão Recomeçar

Repro­du­ção: © Fer­nan­do Frazão/Agência Bra­sil

No valor de R$ 3 mil, benefício ajuda a superar prejuízos das chuvas


Publicado em 02/04/2024 — 19:25 Por Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil — Rio de Janeiro

ouvir:

Mais de 13 mil mora­do­res da Bai­xa­da Flu­mi­nen­se que per­de­ram tudo em suas casas com os tem­po­rais do iní­cio do ano nos muni­cí­pi­os de Mes­qui­ta, Niló­po­lis, São João de Meri­ti e Duque de Caxi­as come­ça­ram a rece­ber nes­ta ter­ça-fei­ra (2) o Car­tão Reco­me­çar. O bene­fí­cio, no valor de R$ 3 mil, aju­da a popu­la­ção em vul­ne­ra­bi­li­da­de a supe­rar os pre­juí­zos cau­sa­dos pelas for­tes chu­vas.

Nos últi­mos dois anos, o gover­no do esta­do des­ti­nou ao bene­fí­cio R$ 87,4 milhões e aten­deu a mais de 29 mil famí­li­as em mais de 30 muni­cí­pi­os. 

O gover­na­dor do Rio de Janei­ro, Cláu­dio Cas­tro, des­ta­cou a reto­ma­da do cará­ter soci­al, par­ti­ci­pa­ti­vo e par­cei­ro pela admi­nis­tra­ção esta­du­al. “Essa par­ce­ria com as pre­fei­tu­ras, a Assem­bleia Legis­la­ti­va, as Câma­ras de Vere­a­do­res, é fun­da­men­tal para que a gen­te pos­sa aju­dar as pes­so­as a reto­mar as suas vidas”, afir­mou.

A dis­tri­bui­ção do car­tão Reco­me­çar teve iní­cio no muni­cí­pio de Niló­po­lis.

Esta eta­pa mar­ca o iní­cio do cro­no­gra­ma de entre­gas do bene­fí­cio, que será con­ti­nu­a­do pelas pre­fei­tu­ras. As cida­des de Nova Igua­çu e Bel­ford Roxo, por exem­plo, come­çam a rece­ber os car­tões nes­ta quar­ta-fei­ra (3). O bene­fí­cio, em par­ce­la úni­ca, pode ser usa­do para com­prar ⁠mate­ri­al de cons­tru­ção, ele­tro­do­més­ti­cos e móveis.

Segun­do a secre­tá­ria de Desen­vol­vi­men­to Soci­al e Direi­tos Huma­nos, Rosan­ge­la Gomes, o Reco­me­çar é um pro­gra­ma mui­to impor­tan­te para a popu­la­ção da Bai­xa­da Flu­mi­nen­se, que sofre com as chu­vas. “Sou de Nova Igua­çu e sei da difi­cul­da­de que é rei­ni­ci­ar a vida depois de uma situ­a­ção de cala­mi­da­de. Então, o Reco­me­çar cum­pre um papel fun­da­men­tal para a nos­sa popu­la­ção.”

Edi­ção: Nádia Fran­co

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Caminhada em São Paulo homenageia vítimas da ditadura

Repro­du­ção: © Joéd­son Alves/Agência Bra­sil Concentração será às 16h do domingo, no antigo DOI-Codi Publicado …