...
domingo ,14 julho 2024
Home / Justiça / MP do Rio nomeia integrantes para investigar morte de Marielle Franco

MP do Rio nomeia integrantes para investigar morte de Marielle Franco

Repro­dução: © Renan Olaz/Câmara Munic­i­pal do Rio

Orientação do procurador-geral de Justiça do Estado é dar prioridade


Pub­li­ca­do em 04/03/2023 — 17:43 Por Ana Cristi­na Cam­pos ‑Repórter da Agên­cia Brasil — Rio de Janeiro

ouvir:

O procu­rador-ger­al de Justiça do Esta­do do Rio, Luciano Mat­tos, nomeou os novos inte­grantes da força-tare­fa que acom­pan­harão as inves­ti­gações sobre os man­dantes dos assas­si­natos da vereado­ra Marielle Fran­co e do motorista Ander­son Gomes.

A equipe será com­pos­ta pelos pro­mo­tores de Justiça Eduar­do Morais Mar­tins, Paulo Rab­ha de Mat­tos, Patrí­cia Cos­ta San­tos, Glau­cia Rodrigues Tor­res de Oliveira Mel­lo, Pedro Eular­i­no Teix­eira Simão, Mario Jessen Lavare­da e Tatiana Kaziris de Lima Augus­to Pereira.

“A ori­en­tação do chefe do MP do Rio é dar pri­or­i­dade ao caso, que ago­ra dis­põe do auxílio do Min­istério da Justiça e da Polí­cia Fed­er­al”, diz a nota da procu­rado­ria.

No dia 22 de fevereiro, o min­istro da Justiça e Segu­rança Públi­ca, Flávio Dino, infor­mou que deter­mi­nou a instau­ração de um novo inquéri­to da Polí­cia Fed­er­al para ampli­ar a colab­o­ração com as inves­ti­gações sobre o assas­si­na­to da vereado­ra e de Ander­son Gomes, que con­duzia o veícu­lo em que ela esta­va.

O crime com­ple­ta cin­co anos no dia 14 de março e ain­da não hou­ve con­clusão sobre man­dantes e moti­vações.

As inves­ti­gações da Polí­cia Civ­il e do MPRJ apon­taram o sar­gen­to refor­ma­do e expul­so da Polí­cia Mil­i­tar do Rio de Janeiro (PMRJ) Ron­nie Lessa como o autor dos dis­paros, com colab­o­ração do ex-poli­cial mil­i­tar Élcio Queiroz.

Eles estão pre­sos pre­ven­ti­va­mente des­de 2019 e respon­dem por dup­lo homicí­dio tripla­mente qual­i­fi­ca­do (moti­vo tor­pe, embosca­da e recur­so que difi­cul­tou a defe­sa da víti­ma) e pela ten­ta­ti­va de homicí­dio con­tra uma asses­so­ra de Marielle, que tam­bém esta­va no veícu­lo e sobre­viveu.

Edição: Clau­dia Fel­czak

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Polícia faz operação contra facções que atuam no RJ e AM

Repro­dução: © Tânia Rêgo/Arquivo/Agência Brasil Agentes cumprem 26 mandados de prisão por venda ilícita de …