sexta-feira ,5 março 2021
Home / Saúde / MS confirma primeiro caso de reinfecção por covid-19 no país

MS confirma primeiro caso de reinfecção por covid-19 no país

Teste Covid

Um profissional de saúde realiza um teste finalizado em um local de testes de coronavírus fora dos Serviços Comunitários de Saúde Internacionais no Distrito Internacional de Chinatown durante o surto de doença por coronavírus (COVID-19) em Seattle, Washington, EUA, em 26 de março de 2020. REUTERS / Lindsey Wasson (Reprodução)

 

Diagnóstico ocorreu em uma profissional da área de saúde, de 37 anos


Publicado em 10/12/2020 – 09:56 Por Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O Ministério da Saúde (MS) confirmou hoje (10) o primeiro caso de reinfecção por covid-19. Segundo a pasta, o diagnóstico ocorreu em uma profissional da área de saúde, de 37 anos, residente em Natal. Ela teve a doença em junho, se curou e teve o resultado positivo novamente diagnosticado em outubro, 116 dias após o primeiro diagnóstico.

Em nota, o MS disse que recebeu, no último dia 9, um relatório do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo da Fiocruz/RJ, referência nacional para a covid-19 no Brasil, com os resultados laboratoriais de duas amostras clínicas de, até então, um caso suspeito de reinfecção da doença pelo coronavírus.

Após análise das duas amostras enviadas ao laboratório houve a confirmação dos resultados via metodologia de RT-PCR em tempo real.

“As análises realizadas permitem confirmar a reinfecção pelo vírus SARS-CoV-2, após sequenciamento do genoma completo viral que identificou duas linhagens distintas”, disse o MS por meio de nota.

O ministério disse ainda que o resultado reforça a necessidade da adoção do uso contínuo de máscaras, higienização constante das mãos e o uso de álcool em gel.

 

Edição: Valéria Aguiar

Agência Brasil / EBC


Você pode Gostar de:

2020-04-28t175636z_323150297_rc2tdg9nkarv_rtrmadp_3_health-coronavirus-brazil-amazon

Covid-19: mortes somam mais de 257 mil e casos passam dos 10,6 milhões

© Reuters / Bruno Kelly / Direitos Reservados (Reprodução) São Paulo tem maior número de mortes …