...
sexta-feira ,14 junho 2024
Home / Cultura / No Rio, Theatro Municipal tem espetáculos por R$ 2 na hora do almoço

No Rio, Theatro Municipal tem espetáculos por R$ 2 na hora do almoço

Repro­du­ção: © Arte The­a­tro Muni­ci­pal Rio de Janeiro/Divulgação

Sexta-feira as doações vão para a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre


Publicado em 05/06/2024 — 10:00 Por Bruno de Freitas Moura — Repórter da Agência Brasil — Rio de Janeiro

Con­cer­tos bem na hora do inter­va­lo para o almo­ço, em ple­no cen­tro do Rio de Janei­ro, e com pre­ços a par­tir de R$ 2. Essas são estra­té­gi­as do The­a­tro Muni­ci­pal do Rio de Janei­ro para atrair novos públi­cos e fide­li­zar quem não tem mui­to tem­po e dinhei­ro para assis­tir a espe­tá­cu­los. O pro­je­to Muni­ci­pal ao Meio-Dia está de vol­ta ao cen­te­ná­rio pré­dio que é uma atra­ção turís­ti­ca na região da Cine­lân­dia, uma das mais movi­men­ta­das da região.

A apre­sen­ta­ção nes­ta quin­ta-fei­ra (6) leva para o públi­co o espe­tá­cu­lo O Sin­fo­nis­mo de Ouro da Músi­ca Bra­si­lei­ra de Con­cer­to dos Sécu­los XIX e XX. A pro­gra­ma­ção dá des­ta­que a obras de gran­des nomes da músi­ca sinfô­ni­ca bra­si­lei­ra, com par­ti­ci­pa­ção do Coro e Orques­tra Sinfô­ni­ca do Muni­ci­pal.

São cri­a­ções dos con­sa­gra­dos Fran­cis­co Bra­ga, Alber­to Nepo­mu­ce­no, Leo­pol­do Miguez e Hei­tor Vil­la-Lobos, con­si­de­ra­do por mui­tos o mai­or músi­co do país.

“É a opor­tu­ni­da­de de o públi­co assis­tir a um con­cer­to de músi­ca bra­si­lei­ra, de alto nível, por ape­nas R$ 2”, res­sal­ta a pre­si­den­te da fun­da­ção que admi­nis­tra o The­a­tro Muni­ci­pal, Cla­ra Pau­li­no.

O dire­tor artís­ti­co do Muni­ci­pal, Eric Her­re­ro, des­ta­ca que o pro­gra­ma ofe­re­ci­do é um res­ga­te de obras que por mui­to tem­po não eram apre­sen­ta­das ao públi­co, seja em con­cer­tos ou ópe­ras.

“É o caso de Arthe­mis, de Alber­to Nepo­mu­ce­no, além de Jupy­ra, de Fran­cis­co Bra­ga”, elen­ca.

Ingressos solidários

Na sex­ta-fei­ra (7), as apre­sen­ta­ções acon­te­cem à noi­te, a par­tir das 19h, com ingres­sos que vari­am de R$ 15 a R$ 60. Esse segun­do espe­tá­cu­lo arre­ca­da­rá doa­ções em bene­fí­cio à Orques­tra Sinfô­ni­ca de Por­to Ale­gre (Ospa). Todos os que com­pa­re­ce­rem à bilhe­te­ria do The­a­tro Muni­ci­pal com ali­men­tos não pere­cí­veis ou pro­du­tos de lim­pe­za terão direi­to a ingres­sos soli­dá­ri­os, equi­va­len­tes à meia-entra­da.

“O The­a­tro Muni­ci­pal do Rio de Janei­ro tem mui­ta hon­ra em aju­dar os ami­gos sulis­tas nes­se momen­to tão difí­cil. Alguns músi­cos e seus fami­li­a­res per­de­ram tudo o que tinham, e a for­ma que encon­tra­mos de dar o nos­so apoio foi pen­san­do em ações como essas, onde uni­mos for­ças com a con­tri­bui­ção de nos­so públi­co tam­bém. Espe­ra­mos a casa cheia e a cola­bo­ra­ção de todos”, dis­se à Agên­cia Bra­sil Cla­ra Pau­li­no.

Riqueza cultural

A regên­cia dos con­cer­tos é do maes­tro Ricar­do Rocha, que além de exten­sa car­rei­ra no país, foi um des­bra­va­dor da músi­ca bra­si­lei­ra no exte­ri­or.

“Este pro­gra­ma, dedi­ca­do à nos­sa músi­ca bra­si­lei­ra de con­cer­to, atua como o cená­rio que abre uma jane­la impor­tan­te para um públi­co mais amplo, incluin­do mui­tos dos que des­co­nhe­cem a exis­tên­cia de um patrimô­nio naci­o­nal que não é menos que a expres­são sofis­ti­ca­da do espí­ri­to de nos­so povo”, dis­se o maes­tro, que cri­ou e diri­giu por 11 anos na Ale­ma­nha o ciclo Bra­si­li­a­nis­che Musik im Kon­zert, para a difu­são da músi­ca sinfô­ni­ca bra­si­lei­ra, regen­do gran­des orques­tras estran­gei­ras.

Rocha dis­se que o pro­gra­ma a ser apre­sen­ta­do reú­ne nomes res­pon­sá­veis pela “pon­te entre a músi­ca euro­peia e a bra­si­lei­ra”. Ele con­si­de­ra que há 300 anos o Bra­sil é dono de “uma músi­ca cul­ta e eru­di­ta de gran­de enver­ga­du­ra, patrimô­nio que ain­da não foi cor­re­ta­men­te cata­lo­ga­do e mape­a­do, não pas­san­do, até hoje, de uma ilus­tre e des­co­nhe­ci­da fon­te de rique­za cul­tu­ral”.

Ser­vi­ço

Músi­ca Bra­si­lei­ra em Foco

O Sin­fo­nis­mo de Ouro da Músi­ca Bra­si­lei­ra de Con­cer­to dos sécu­los XIX e XX

6 de junho, às 12h

7 de junho, às 19h

Local: The­a­tro Muni­ci­pal do Rio de Janei­ro, Pra­ça Flo­ri­a­no, s/n° — Cen­tro, Rio de Janei­ro

Clas­si­fi­ca­ção: Livre

Dura­ção: 70 minu­tos + 15 de inter­va­lo

Pro­gra­ma:

Fran­cis­co Bra­ga – Aber­tu­ra da ópe­ra Jupy­ra

Alber­to Nepo­mu­ce­no – Sin­fo­nia em Sol menor

Inter­va­lo

Leo­pol­do Miguez – poe­ma sinfô­ni­co Ave Liber­tas

Hei­tor Vil­la- Lobos — Cho­ros n.10 — Ras­ga Cora­ção

Ingres­sos para sex­ta-fei­ra:

Fri­sas e Cama­ro­tes – R$ 60 (ingres­so indi­vi­du­al) ou R$ 360 (6 luga­res)

Pla­teia e Bal­cão Nobre – R$ 40

Bal­cão Supe­ri­or – R$ 30

Bal­cão Supe­ri­or Late­ral – R$ 30

Gale­ria Cen­tral – R$ 15

Gale­ria Late­ral – R$ 15

Edi­ção: Fer­nan­do Fra­ga

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Capa do livro

Daniela Arbex destaca livro Longe do Ninho, no Trilha de Letras

Repro­du­ção: © Reprodução/TV Bra­sil Renomada autora conversa sobre sua nova obra com Eliana Alves Cruz …