...
quinta-feira ,22 fevereiro 2024
Home / Economia / Novas regras do Pix passam a valer a partir de hoje

Novas regras do Pix passam a valer a partir de hoje

Repro­du­ção: © Mar­cel­lo Casal Jr / Agên­cia Bra­sil

Limite de transação deixa de existir e horário noturno é flexibilizado


Publi­ca­do em 02/01/2023 — 07:02 Por Well­ton Máxi­mo – Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

Sis­te­ma de trans­fe­rên­ci­as ins­tan­tâ­ne­as em vigor des­de novem­bro de 2020, o Pix entra em 2023 com novas regras. A par­tir de hoje (2), o limi­te indi­vi­du­al por tran­sa­ção dei­xa de exis­tir, o horá­rio notur­no pas­sa­rá a ser per­so­na­li­za­do e os valo­res das moda­li­da­des Pix Saque e Pix Tro­co aumen­ta­rão.

As mudan­ças havi­am sido anun­ci­a­das pelo Ban­co Cen­tral (BC) no iní­cio de dezem­bro. Segun­do a auto­ri­da­de mone­tá­ria, as novas regras ofe­re­ce­rão mais segu­ran­ça e fle­xi­bi­li­da­de ao meca­nis­mo de paga­men­to, que bateu recor­de de 104,1 milhões de tran­sa­ções por dia com o paga­men­to da segun­da par­ce­la do déci­mo ter­cei­ro, em 20 de dezem­bro.

Segun­do o BC, a suges­tão para abo­lir o limi­te por ope­ra­ção foi fei­ta em setem­bro pelo Fórum Pix, gru­po de tra­ba­lho coor­de­na­do pelo órgão e secre­ta­ri­a­do pela Fede­ra­ção Bra­si­lei­ra de Ban­cos (Febra­ban), que reú­ne as ins­ti­tui­ções par­ti­ci­pan­tes do Pix. Segun­do o gru­po, o valor máxi­mo por tran­sa­ção era pou­co efe­ti­vo por­que o usuá­rio pode fazer diver­sas ope­ra­ções pelo valor do limi­te, des­de que res­pei­te a quan­tia fixa­da para o perío­do diur­no ou notur­no.

Confira as mudanças

Fim do limi­te por tran­sa­ção
•   A par­tir de hoje, o Pix dei­xa de ter um limi­te indi­vi­du­al por tran­sa­ção, pas­san­do a valer ape­nas os limi­tes diá­ri­os por perío­do (diur­no ou notur­no). Des­sa for­ma, o cli­en­te pode­rá trans­fe­rir de uma vez todo o limi­te do perío­do ou fazê-lo em diver­sas vezes. As regras para o cli­en­te per­so­na­li­zar os limi­tes do Pix não muda­ram. As ins­ti­tui­ções finan­cei­ras terão de 24 a 48 horas para aca­tar a ampli­a­ção dos limi­tes e deve­rão acei­tar ime­di­a­ta­men­te os pedi­dos de redu­ção.

Fle­xi­bi­li­za­ção do limi­te notur­no
•   Até ago­ra, o perío­do notur­no, em que os limi­tes de trans­fe­rên­cia são mais bai­xos, come­ça­vam às 20h e iam até as 6h do dia seguin­te. Com a mudan­ça, o cor­ren­tis­ta pode esco­lher se o perío­do notur­no come­ça­rá às 22h, ter­mi­nan­do às 6h.

Pix Saque e Tro­co
•   Aumen­to dos valo­res dis­po­ní­veis nas moda­li­da­des. Até ago­ra, era pos­sí­vel sacar ou rece­ber como tro­co R$ 500 via Pix duran­te o dia e R$ 100 à noi­te. As quan­ti­as pas­sa­ram para R$ 3 mil no perío­do diur­no e R$ 1 mil no perío­do notur­no.

Trans­fe­rên­ci­as a empre­sas
•   BC reti­rou limi­te para trans­fe­rên­ci­as a con­tas de pes­so­as jurí­di­cas pelo Pix. Cabe­rá a cada ins­ti­tui­ção finan­cei­ra deter­mi­nar o valor máxi­mo.

Com­pras
•   Os limi­tes das ope­ra­ções Pix com fina­li­da­de de com­pra pas­sa­rão a ser iguais aos da Trans­fe­rên­cia Ele­trô­ni­ca Dis­po­ní­vel (TED). Antes, eram atre­la­dos aos limi­tes dos car­tões de débi­to.

Apo­sen­ta­do­ri­as e pen­sões
•   Tesou­ro Naci­o­nal pode­rá pagar apo­sen­ta­do­ri­as, pen­sões e salá­ri­os ao fun­ci­o­na­lis­mo por meio de con­ta-salá­rio asso­ci­a­da ao Pix. Até ago­ra, o Pag­Te­sou­ro, sis­te­ma da Secre­ta­ria do Tesou­ro Naci­o­nal que per­mi­te paga­men­tos pelo Pix, esta­va dis­po­ní­vel ape­nas para  rece­ber taxas e mul­tas, subs­ti­tuin­do a Guia de Reco­lhi­men­to à União (GRU).

Cor­res­pon­den­tes ban­cá­ri­os
•   O BC faci­li­ta­rá o rece­bi­men­to de recur­sos por cor­res­pon­den­tes ban­cá­ri­os por meio do Pix. Cada cor­res­pon­den­te ban­cá­rio pode­rá ter uma con­ta em seu nome para movi­men­ta­ção de valo­res rela­ti­vos à pres­ta­ção de ser­vi­ços, des­de que usa­da ape­nas para rece­ber recur­sos.

Todas essas regras valem a par­tir de hoje (2). Na ins­tru­ção nor­ma­ti­va edi­ta­da em dezem­bro, o BC esta­be­le­ceu que, a par­tir de 3 de julho de 2023, as ins­ti­tui­ções finan­cei­ras esta­rão obri­ga­das a ofe­re­cer, no apli­ca­ti­vo asso­ci­a­do ao Pix, uma fun­ci­o­na­li­da­de para o cli­en­te gerir os limi­tes e per­so­na­li­zar o iní­cio do horá­rio notur­no. A mai­o­ria das ins­ti­tui­ções já ofe­re­ce o recur­so aos usuá­ri­os, de for­ma facul­ta­ti­va.

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Termina dia 29 prazo para empresas enviarem relatórios salariais

Repro­du­ção Documento é obrigatório para empresas com até 100 funcionários Publi­ca­do em 19/02/2024 — 08:47 …