...
quarta-feira ,24 julho 2024
Home / Noticias / PF apura nova joia ofertada ao Brasil e desviada no governo Bolsonaro

PF apura nova joia ofertada ao Brasil e desviada no governo Bolsonaro

Repro­dução: © Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

Peça teria sido negociada em loja nos Estados Unidos


Publicado em 11/06/2024 — 14:02 Por Glauco de Queiroz — Repórter da TV Brasil* — Brasília

ouvir:

A Polí­cia Fed­er­al (PF) iden­ti­fi­cou a ten­ta­ti­va irreg­u­lar da ven­da de mais uma joia ofer­ta­da pelo gov­er­no sau­di­ta como pre­sente ao Brasil durante o gov­er­no de Jair Bol­sonaro.

A nova peça foi iden­ti­fi­ca­da em diligên­cias feitas em parce­ria entre a PF e o depar­ta­men­to de inves­ti­gação dos Esta­dos Unidos, o FBI. A joia estaria na mes­ma loja que foram reg­istradas ven­das de out­ros pre­sentes à União, mas não se sabe se chegou a ser ven­di­da.

O dire­tor-ger­al da PF, Andrei Rodrigues, disse nes­ta terça-feira (11), em entre­vista à impren­sa, que o fato pode agravar a situ­ação dos inves­ti­ga­dos, entre eles, o ex-pres­i­dente Jair Bol­sonaro.

Presentes

Brasília (DF), 24/07/2023 - O diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues, durante coletiva de imprensa sobre ação da Polícia Federal em torno do inquérito que investiga a morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Repro­dução: Dire­tor-ger­al da Polí­cia Fed­er­al, Andrei Rodrigues, afir­mou que três inves­ti­gações que envolvem Bol­sonaro devem ser con­cluí­das em jul­ho. Foto: Marce­lo Camargo/Arquivo Agên­cia Brasil
Bol­sonaro é inves­ti­ga­do por supos­to uso da estru­tu­ra do Esta­do para o desvio de joias ofer­tadas como pre­sentes ofi­ci­ais pelo gov­er­no sau­di­ta e pos­te­ri­or ven­da e ocul­tação de val­ores com o obje­ti­vo de enriquec­i­men­to ilíc­i­to.

Andrei Rodrigues reforçou que, até o próx­i­mo mês, três inves­ti­gações que envolvem Bol­sonaro devem ser con­cluí­das pela PF.

“A nos­sa expec­ta­ti­va é que no mês de jun­ho a gente final­ize as duas inves­ti­gações, sobre joias e [cartões] vaci­nas [fal­sos], e no mês de jul­ho, a gente final­ize a inves­ti­gação sobre o golpe [8 de janeiro]”, afir­mou.

Bol­sonaro, que sem­pre negou envolvi­men­to nos crimes, está inelegív­el até 2030 após ter sido con­de­na­do pelo Tri­bunal Supe­ri­or Eleitoral por abu­so de poder políti­co e uso inde­v­i­do dos meios de comu­ni­cação na cam­pan­ha pres­i­den­cial de 2022.

Golpe

O dire­tor-ger­al da PF tam­bém infor­mou que cer­ca de 180 pes­soas que par­tic­i­param dos ataques de 8 de janeiro de 2023 aos pré­dios dos Três Poderes, em Brasília, estão for­agi­dos e que entre 50 e 100 devem estar na Argenti­na. Segun­do Rodrigues, a coop­er­ação com a polí­cia argenti­na é pos­i­ti­va, mas as prisões vão depen­der de con­ver­sas entre as justiças dos dois país­es

 

*Com infor­mações da Reuters

Edição: Aline Leal

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Dia do Amigo: relação é fundamental para a saúde mental, diz psicóloga

Repro­dução: © Marce­lo Camargo/Agência Brasil Especialistas ressaltam que ter amizades é importante desde a infância …